CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Ano Novo (Ferreira Gullar)

Meia noite. Fim
de um ano, início
de outro. Olho o céu:
nenhum indício.

Olho o céu:
o abismo vence o
olhar. O mesmo
espantoso silêncio
da Via-Láctea feito
um ectoplasma
sobre a minha cabeça:
nada ali indica
que um ano novo começa.

E não começa
nem no céu nem no chão
do planeta:
começa no coração.

Começa como a esperança
de vida melhor
que entre os astros
não se escuta
nem se vê
nem pode haver:
que isso é coisa de homem
esse bicho
estelar
que sonha
(e luta)

Ferreira Gullar, em “Toda poesia”. Rio de Janeiro: José Olímpio, 1997.

Submited by

domingo, dezembro 31, 2017 - 18:13

Poesia :

No votes yet

AjAraujo

imagem de AjAraujo
Online
Título: Membro
Última vez online: há 40 minutos 18 segundos
Membro desde: 10/29/2009
Conteúdos:
Pontos: 15570

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of AjAraujo

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Dedicado Ano Novo (Ferreira Gullar) 0 111 12/31/2017 - 18:13 Português
Prosas/Drama Os ninguéns (Eduardo Galeano) 0 56 12/31/2017 - 18:09 Português
Poesia/Dedicado Passagem de ano (Carlos Drummond de Andrade) 0 78 12/31/2017 - 17:59 Português
Prosas/Contos Um conto de dor e neve (AjAraujo) 0 881 12/20/2016 - 10:42 Português
Prosas/Contos Conto de Natal (Rubem Braga) 0 413 12/20/2016 - 10:28 Português
Prosas/Contos A mensagem na garrafa - conto de Natal (AjAraujo) 0 1.174 12/04/2016 - 12:46 Português
Poesia/Intervenção Educar não é... castigar (AjAraujo) 0 340 07/07/2016 - 23:54 Português
Poesia/Intervenção Dois Anjos (Gabriela Mistral) 0 1.218 08/04/2015 - 22:50 Português
Poesia/Dedicado Fonte (Gabriela Mistral) 0 679 08/04/2015 - 21:58 Português
Poesia/Meditação O Hino Cotidiano (Gabriela Mistral) 0 663 08/04/2015 - 21:52 Português
Poesia/Pensamentos As portas não são obstáculos, mas diferentes passagens (Içami Tiba) 0 840 08/02/2015 - 22:48 Português
Poesia/Dedicado Pétalas sobre o ataúde - a história de Pâmela (microconto) 0 1.401 03/30/2015 - 10:56 Português
Poesia/Dedicado Ode para a rendição de uma infância perdida 0 879 03/30/2015 - 10:45 Português
Poesia/Tristeza Entre luzes e penumbras 0 1.027 03/30/2015 - 10:39 Português
Poesia/Tristeza No desfiladeiro 1 1.395 07/25/2014 - 23:09 Português
Poesia/Intervenção Sinais da história 0 939 07/16/2014 - 23:54 Português
Poesia/Fantasia E você ainda acha pouco? 0 1.673 07/16/2014 - 23:51 Português
Poesia/Aforismo Descanso eterno 2 2.151 07/03/2014 - 21:28 Português
Poesia/Intervenção Paisagem (Charles Baudelaire) 0 1.352 07/03/2014 - 02:16 Português
Poesia/Meditação Elevação (Charles Baudelaire) 0 1.327 07/03/2014 - 02:05 Português
Poesia/Intervenção A uma mendiga ruiva (Charles Baudelaire) 0 2.530 07/03/2014 - 01:55 Português
Poesia/Intervenção Coração avariado 1 1.079 06/25/2014 - 02:09 Português
Poesia/Fantasia Flores bonecas 2 1.207 06/24/2014 - 19:14 Português
Poesia/Intervenção Caminho de San Tiago 0 1.657 06/23/2014 - 23:31 Português
Poesia/Soneto Há em toda a beleza uma amargura (Walter Benjamin) 1 1.550 06/20/2014 - 20:04 Português