EU QUERIA FALAR A LÍNGUA DOS POETAS

eu queria falar a língua dos poetas
ir ao céu e ao inferno
roubar-lhes os pensares
e todos os seus versos
balançar na corda-bamba
viajar nos seus mares

eu queria falar a língua dos poetas
do poeta universal
que vive e morre num poema
à beira do sistema
no submundo que ele cria
e recria pra manter-se vivo

eu queria saber rimar
a língua dos poetas
e na solidão dos dias
desejar o calor humano
de quem sofre
ao sentir tantas almas frias

eu queria
dos poetas
a língua
pra falar por mim
o quanto hei de versejar
em qualquer idioma
sem dizer que sou
o poeta da vida
o poeta que num canto
canta
o belo feio
o feio belo
da essência que me verte enfim

porque
eu queria falar a língua dos poetas
seus clamores
amores
suas metas
da areia ao cimento
tocar os corações suas setas

sem que eu pudesse roubar
o que neles foi lapidado
pelo artista invisível
de mãos que regem o tempo

eu queria falar a língua dos poetas
e neste vero átimo
ter um pensar alado
que me ensinasse
segui-los mundo afora
toda hora
desde agora
eu queria

Submited by

Friday, June 15, 2012 - 23:34

Poesia :

Your rating: None (7 votes)

REHGGE

REHGGE's picture
Offline
Title: Membro
Last seen: 1 day 14 hours ago
Joined: 06/08/2012
Posts:
Points: 230

Add comment

Login to post comments

other contents of REHGGE

Topic Title Replies Views Last Postsort icon Language
Poesia/Meditation por entre águas. 0 143 04/03/2020 - 00:14 Portuguese
Poesia/Sadness vendavais. 0 598 12/30/2019 - 21:22 Portuguese
Poesia/Thoughts que poema tirar da cartola. 0 614 12/27/2019 - 02:32 Portuguese
Poesia/Text Files sr. Jones. 0 630 12/27/2019 - 02:21 Portuguese
Prosas/Others sr. Jones. 0 384 12/27/2019 - 02:19 Portuguese
Poesia/Love além da carne e dos sentidos. 4 1.296 12/22/2019 - 16:30 Portuguese
Ministério da Poesia/Dedicated homenagem a Júlio Saraiva, maluco, poeta e jornalista 2 3.512 12/13/2019 - 16:56 Portuguese
Poesia/General um toque de sensibilidade. 1 1.163 02/28/2018 - 20:20 Portuguese
Ministério da Poesia/Fantasy QUEM SABE SE EU TIVESSE O DOM 0 3.125 05/01/2013 - 01:17 English
Poesia/Erotic (in)CONCLUSO. 0 2.629 03/31/2013 - 22:11 English
Poesia/Erotic (in)CONCLUSO. 0 2.329 03/31/2013 - 22:11 English
Poesia/Intervention bananas, ó 0 3.369 02/12/2013 - 23:08 Portuguese
Poesia/General do tempo decrescente. 0 3.129 02/12/2013 - 17:59 Portuguese
Poesia/Erotic (in)concluso. 0 2.884 02/11/2013 - 23:38 Portuguese
Poesia/Dedicated nem só de poemas vive o poeta, mas de todo sonho possível. 0 3.033 12/15/2012 - 23:16 Portuguese
Poesia/Love AREALVA 0 3.330 12/02/2012 - 00:54 Portuguese
Ministério da Poesia/General mãos. 0 3.096 11/24/2012 - 17:30 Portuguese
Poesia/General águas passadiças. 0 3.252 11/24/2012 - 17:18 Portuguese
Poesia/Sonnet 2 sonetos ordinários numa noite não menos ordinária no Bairro do Bixiga, SP. 0 3.361 08/12/2012 - 00:34 Portuguese
Poesia/Intervention da corrupção. 1 3.474 08/01/2012 - 22:31 English
Ministério da Poesia/Sonnet à face do dia. 0 3.115 07/29/2012 - 23:07 Portuguese
Poesia/General O CANTO DO UIRAPURU 0 3.267 07/27/2012 - 23:27 Portuguese
Ministério da Poesia/Disillusion FLOR DE CACTO // flor de cactus 0 3.418 07/16/2012 - 00:42 Portuguese
Poesia/Dedicated CANÇÃO AO MEU QUERIDO BRASIL 1 2.765 07/09/2012 - 08:02 Portuguese
Poesia/General Que saudade de tudo que reside em mim 0 3.054 07/06/2012 - 23:46 Portuguese