O CANTO DO UIRAPURU

*****

O CANTO DO UIRAPURU

Daqui só eu o escuto
Meu uirapuru esquecido
Em meu nicho insondável,
Mas se estivesse aqui
Neste canto agradável
Por ti nascido
Apenas seria,
Apenas seria
Só mais um canto
Só mais um em desarmonia.

Me vejo de lá
Me vejo
De pureza temerário
Triste, solitário,
Não seria a vida
Apenas um canto
Num 'canto' imaginário?

Canta uirapuru , canta
A nossa lida ordinária,
Canta que inda te vejo
Na floresta temporária.

"Canta, canta
Canta e dorme,
As luzes se acendem
Sob as luminárias;
Canta, canta
Canta e dorme
Se já não durmo
Em poesias várias."

Ah!
Se eu fosse o passaredo
Daqui não precisar
Conviver com esta gente,
Ser igual ao uirapuru
Que distante canta triste
Mas vive alegremente...

Ah!
Se daqui eu cantasse somente
Sem rosto
Sem ser pássaro
Numa melodia em torrente
Que me saísse do peito
E um coral cantasse
À vida ausente!

*****

Submited by

Friday, July 27, 2012 - 23:27

Poesia :

Your rating: None (5 votes)

REHGGE

REHGGE's picture
Offline
Title: Membro
Last seen: 1 year 43 weeks ago
Joined: 06/08/2012
Posts:
Points: 200

Add comment

Login to post comments

other contents of REHGGE

Topic Title Replies Views Last Postsort icon Language
Poesia/General um toque de sensibilidade. 1 407 02/28/2018 - 20:20 Portuguese
Ministério da Poesia/Fantasy QUEM SABE SE EU TIVESSE O DOM 0 2.601 05/01/2013 - 01:17 English
Poesia/Erotic (in)CONCLUSO. 0 2.346 03/31/2013 - 22:11 English
Poesia/Erotic (in)CONCLUSO. 0 2.038 03/31/2013 - 22:11 English
Ministério da Poesia/Dedicated homenagem a Júlio Saraiva, maluco, poeta e jornalista 1 3.252 03/26/2013 - 12:45 Portuguese
Poesia/Intervention bananas, ó 0 3.096 02/12/2013 - 23:08 Portuguese
Poesia/General do tempo decrescente. 0 2.924 02/12/2013 - 17:59 Portuguese
Poesia/Erotic (in)concluso. 0 2.691 02/11/2013 - 23:38 Portuguese
Poesia/Dedicated nem só de poemas vive o poeta, mas de todo sonho possível. 0 2.849 12/15/2012 - 23:16 Portuguese
Poesia/Love AREALVA 0 3.055 12/02/2012 - 00:54 Portuguese
Ministério da Poesia/General mãos. 0 2.866 11/24/2012 - 17:30 Portuguese
Poesia/General águas passadiças. 0 3.050 11/24/2012 - 17:18 Portuguese
Poesia/Sonnet 2 sonetos ordinários numa noite não menos ordinária no Bairro do Bixiga, SP. 0 3.167 08/12/2012 - 00:34 Portuguese
Poesia/Intervention da corrupção. 1 3.301 08/01/2012 - 22:31 English
Ministério da Poesia/Sonnet à face do dia. 0 2.826 07/29/2012 - 23:07 Portuguese
Poesia/General O CANTO DO UIRAPURU 0 3.022 07/27/2012 - 23:27 Portuguese
Ministério da Poesia/Disillusion FLOR DE CACTO // flor de cactus 0 3.151 07/16/2012 - 00:42 Portuguese
Poesia/Dedicated CANÇÃO AO MEU QUERIDO BRASIL 1 2.611 07/09/2012 - 08:02 Portuguese
Poesia/General Que saudade de tudo que reside em mim 0 2.780 07/06/2012 - 23:46 Portuguese
Poesia/Sonnet POR QUE A VIDA É ASSIM 0 2.870 06/29/2012 - 23:57 Portuguese
Poesia/General e o barco vai... 0 3.151 06/27/2012 - 00:14 Portuguese
Poesia/Intervention Forró do H2O 0 2.772 06/24/2012 - 02:42 Portuguese
Poesia/General POEMINHAS E QUADRINHAS INFANTIS - 4 0 5.393 06/23/2012 - 16:42 Portuguese
Fotos/Profile yo. 0 1.688 06/23/2012 - 02:50 English
Fotos/Profile no campo 0 1.353 06/23/2012 - 02:40 English