POÇÃO DO AMOR

[Fantasia?]

Subtraio as mágoas

Somo:

Perfume de magnólia

Sumo fluido de olhar lacrimal                                                                                                                           (rosa de uma virgem)

Felicidade da inocência                                                                                                                                      (riso de criança)

Partitura em compasso melódico... sinfónico                                                                                                (essência pura)

 

Começo:

O tamanho dos meus braços é do tamanho do mundo                                                     (assim o abraço)

Suporto toda a dor sem me magoar                                                                                       (abafo todo o sofrimento)

Êxtase contido em prazer ancestral                                                                                        (já quase esquecido)

Um prazer tão puro...

Como fazer do orgasmo o estado natural

Tolero tudo e tudo me tolera

 

E o abraço eterniza-se

E toda a doçura se sente

E a lágrima que se desprende... pertence a toda a gente

E tudo é brandura regente

( e a voz que se ouve é só uma e a todos pertence)

É o regresso ao âmnio envolvente...

Quente.

(O Medo já não tem medo)

 

A inebriante infecção de partilha... condensa-se no acto - Copulação                                                                ("o mundo num só grão")

(e os animais e plantas voltaram a falar... e nós Homens, falámos com eles)

 

Toca-se no tempo

Estilhaça-se a matéria

- Um Riso pleno de verdade, conta uma anedota em segredo:

Eu, de Humor, me chamo " Amor". -

 

 

 

 

in A Natureza das Coisas

RICARDO RODEIA

Submited by

Sunday, July 10, 2011 - 04:27

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

RICARDORODEIA

RICARDORODEIA's picture
Offline
Title: Membro
Last seen: 2 weeks 13 hours ago
Joined: 08/01/2010
Posts:
Points: 1381

Add comment

Login to post comments

other contents of RICARDORODEIA

Topic Titlesort icon Replies Views Last Post Language
Poesia/Thoughts Homem Hedonista 4 851 12/15/2011 - 00:08 Portuguese
Fotos/People & Places limiar telúrico: ENTRE O ÓDIO E O AMOR ... ou "a lavagem" 0 627 04/08/2012 - 00:21 Portuguese
Fotos/Others "a menina, o pai e os patos" 0 1.032 05/18/2011 - 17:33 Portuguese
Fotos/Nature "as sósias" 0 1.102 02/22/2011 - 12:30 Portuguese
Fotos/Nature "Dragon 1" - no Reino da Libélula 0 571 06/14/2011 - 17:36 Portuguese
Fotos/Art "ELA" pelo fundo do copo 7 2.073 04/11/2012 - 18:24 Portuguese
Fotos/Others "Hàg2uaO" 0 596 04/11/2012 - 23:07 Portuguese
Fotos/Nature "Narciso alado" (diz o Homem). "Fome" (diz o animal) 0 1.788 02/19/2011 - 03:35 Portuguese
Fotos/Nature "ninho de casulos" ou... a cidade e a Família 0 1.596 04/16/2012 - 18:00 Portuguese
Fotos/Others "o homem e o barco" 2 859 05/19/2011 - 22:03 Portuguese
Poesia/Aphorism "Parto" de Alma Lavada 0 481 11/18/2010 - 16:41 Portuguese
Fotos/People "Ro" - Reflexo efémerO 0 1.152 07/31/2011 - 16:53 Portuguese
Fotos/Digital Art - andorinhas em marte com uma lua à vista - 2 1.274 08/15/2011 - 22:44 Portuguese
Fotos/Landscape - Caminho do SuL - 0 566 07/31/2011 - 17:54 Portuguese
Fotos/Nature ... e todas as aves têm um rumo 0 911 02/19/2011 - 03:21 Portuguese
Fotos/People & Places / Frio, Metal, Industrial / 0 749 03/26/2012 - 15:41 Portuguese
Fotos/People // Amor sobre a ponte // 0 1.058 07/31/2011 - 17:26 Portuguese
Fotos/Nature 2ois 2etalhes 0 619 04/16/2012 - 17:56 Portuguese
Prosas/Contos A camuflagem do réptil humano 2 761 08/04/2011 - 10:12 Portuguese
Poesia/Thoughts A CONSCIÊNCIA DO "EU" 6 1.159 05/22/2012 - 12:31 Portuguese
Poesia/General A Fleuma da Catarse 0 679 09/28/2011 - 09:52 Portuguese
Fotos/Art A Idade da partilha 2 836 08/15/2011 - 23:02 Portuguese
Fotos/Landscape A ira do céu... o ventoso silêncio da serra 0 884 05/14/2011 - 17:02 Portuguese
Fotos/Others A minha casa escondida 0 864 08/26/2011 - 15:14 Portuguese
Poesia/General A Montanha de fogo - in apontamentos de vida I 0 638 12/21/2011 - 13:31 Portuguese