Uma História de horror...


Pobre menina...

Lembra-se bem de certos momentos...
Quando era pequenina
Das poucas histórias de encantos
Que faziam sonhar pobre menina…

Histórias de príncipes belos
E princesas com vestidos singelos
Mas também com bruxas terríveis
E monstros maus e temíveis…

Mas não eram os livros que atormentavam…
Esses podiam ser fechados e ali ficavam…
Era o monstro da vida real
Que sempre que aparecia… fazia tão mal…

Pobre menina...
Lembra-se bem desses momentos…

Os olhos arregalados em rosto pálido
Olhar sangrento pelo ódio tomado
Os gritos pelo pânico instalado
Lágrimas que corriam sem parar
Ofensas que não se conseguiam calar
Pancadas que não se podiam evitar
Gritos… dor… angustia…
Garganta apertada…
Pela dor silenciada…
Pobre menina que chora
Pobre mãe que implora…
E ninguém conseguia defende-las…
Ninguém sabia... ninguém queria saber...

Ninguém entendia
NINGUÉM… NINGUÉM…

 

E no final… fingiam que nada havia acontecido… lá ficavam as duas… entre olhares envergonhadas, pela culpa tomadas… nem sabiam bem porquê…

PORQUÊ?? PORQUÊ??

Submited by

Tuesday, June 19, 2012 - 00:52

Poesia :

No votes yet

Mydeepsoul

Mydeepsoul's picture
Offline
Title: Membro
Last seen: 6 years 6 weeks ago
Joined: 10/27/2011
Posts:
Points: 660

Comments

Nostalgia's picture

É sem dúvida uma história de

É sem dúvida uma história de terror, um terror que não gostamos de ver ou ouvir, mas existe, infelizmente.
Quantas histórias destas existem por aí, e, tal como citado, no final, sem nenhuma razão aparente, apenas a maldade do ser humano.
Independentemente da história triste que aqui foi relatada, o modo como foi explanada prende a atenção e mexe connosco. Há situações que devem ser denunciadas, esta é uma delas.

Mydeepsoul's picture

Existem estas histórias onde

Existem estas histórias onde menos se esperam, infelizmente, e sim, concordo que deveriam ser denunciadas, mas confesso as minhas dúvidas em relação à justiça face a estes casos... na realidade é demasiado complexa para ser praticada... Continuo a pensar se a maldade do ser humano será propositada nestas situações, ou apenas o reflexo de uma doença, algo que nao está bem dentro do ser que as pratica. Enquanto estas dúvidas persistem, restam as marcas profundas de algo que até pode ser perdoado, mas nunca, jamais esquecido... As vítimas serão sempre vítimas o resto da vida... pelo menos as feridas que permanecerão eternamente... Que tornam prisioneiras de imagens que se desbotam nunca... A vida é feita disto mesmo nao é? Preciso encontrar apenas um meio de seguir em frente face as adversidades que assaltam o nosso pensamento :)

Beijo
Sandra

Adolfo's picture

:((

Poema este que menina nenhuma deve ler.
Menina nenhuma, nem a sua mãe, merecem ser tema de um poema como este...

Menina nenhuma, nem menino, deveria ver-se obrigado a refugiar nos livros por terror ao mundo.

Mydeepsoul's picture

Amigo Adolfo, antes de mais,

Amigo Adolfo, antes de mais, muito obrigada pela tua presença aqui :)

era suposto que os pais protegessem as meninas e meninos que vieram ao mundo sem saber muitas vezes porquê... mas nao é assim infelizmente... a vida reserva-nos histórias, tantas vezes de horror, para as quais não estamos, nao estaremos nunca preparados... e as mágoas, as feridas, essas permanecem para sempre... :)E o mais doloroso é saber que tudo se repete, vezes sem conta... o facto de nao sabermos nao significa que nao existem... o silêncio consome as vítimas de culpas, de medos, de angustias indestrutíveis...

Um beijo
Sandra

Add comment

Login to post comments

other contents of Mydeepsoul

Topic Title Replies Views Last Postsort icon Language
Poesia/Love SEMPRE VOLTAS... 0 710 01/08/2014 - 10:04 Portuguese
Poesia/Thoughts RASGUEI-TE DE MIM... 1 1.053 11/30/2013 - 22:31 Portuguese
Poesia/Dedicated Mulher-Menina... Mãe-Vida 0 1.209 11/14/2013 - 13:13 Portuguese
Poesia/Thoughts Saudades tuas... 2 7.076 11/14/2013 - 10:09 Portuguese
Poesia/General ... 0 735 10/01/2013 - 15:15 Portuguese
Poesia/Love Naquela Encosta Junto ao MAR... 0 646 06/06/2013 - 22:56 Portuguese
Poesia/Dedicated Alma de Guerreiro... 0 976 06/05/2013 - 23:25 Portuguese
Poesia/Passion EMBRIAGA-ME... 0 683 04/02/2013 - 23:09 Portuguese
Poesia/Thoughts Prenúncio... 0 514 02/28/2013 - 22:30 Portuguese
Poesia/Sadness O Nada de Nós… 4 513 01/27/2013 - 21:51 Portuguese
Poesia/Erotic Chão de Luxúria... 2 635 01/23/2013 - 22:08 Portuguese
Poesia/Passion Beijo Roubado... 2 1.495 01/04/2013 - 22:45 Portuguese
Poesia/Love Que de TI ME chegue... 2 1.062 01/04/2013 - 22:40 Portuguese
Poesia/Sadness Olhas-me... 6 1.047 01/04/2013 - 22:36 Portuguese
Poesia/Love Saudade... 0 771 11/18/2012 - 23:35 Portuguese
Prosas/Contos Das minhas sementes, despontam agora as flores... 0 862 11/13/2012 - 22:01 Portuguese
Poesia/General Sopros de Fogo Carmim... 2 992 10/21/2012 - 22:09 Portuguese
Poesia/Thoughts Dos fios das ilusões 2 648 10/18/2012 - 14:58 Portuguese
Poesia/Love Na espera se vive... 0 604 07/31/2012 - 00:00 Portuguese
Poesia/Love De branco, meu amor, te aguardo... 1 876 07/16/2012 - 23:42 Portuguese
Poesia/Thoughts ESPERA-SE... 2 767 07/10/2012 - 17:02 Portuguese
Poesia/Thoughts Que os meus olhos confessem... 6 724 07/03/2012 - 21:02 Portuguese
Poesia/Love Chove-me... 8 934 07/03/2012 - 20:45 Portuguese
Poesia/Passion De TI me fica... 6 895 06/28/2012 - 22:49 Portuguese
Poesia/Sadness Uma História de horror... 4 605 06/26/2012 - 21:34 Portuguese