Forró do H2O


Forró  do H2O

Agá dois ó
Agá dois ó

Fome sede
Seca terra
Guaia e pó

Agá dois ó
Agá dois ó

São Francisco
Manda toró

São Francisco
Manda toró
Morre Maria
Morre João,
Morre gado
Morre chão,
Morre Velho Chico
Morre ilusão

Agá dois ó
Agá dois ó

Duma cruz só
Lá me vou
A outro cafundó
Vou me vou
De mim tenho dó

Perdi mais de cem
Perdi filhinho
Barrigudinho
Perdi meu carijó

Assim num dá
Tem jeito não
Quanto mais seco
Em vez d’água
Mais promessa
Dum tal cidadão

Agá dois ó
Agá dois ó
Sigo triste
Retirante
Ignorante
Sem forró

Submited by

Sunday, June 24, 2012 - 01:42

Poesia :

Your rating: None (4 votes)

REHGGE

REHGGE's picture
Offline
Title: Membro
Last seen: 7 weeks 4 days ago
Joined: 06/08/2012
Posts:
Points: 225

Add comment

Login to post comments

other contents of REHGGE

Topic Title Replies Views Last Postsort icon Language
Poesia/Sadness vendavais. 0 301 12/30/2019 - 20:22 Portuguese
Poesia/Thoughts que poema tirar da cartola. 0 409 12/27/2019 - 01:32 Portuguese
Poesia/Text Files sr. Jones. 0 401 12/27/2019 - 01:21 Portuguese
Prosas/Others sr. Jones. 0 246 12/27/2019 - 01:19 Portuguese
Poesia/Love além da carne e dos sentidos. 4 1.139 12/22/2019 - 15:30 Portuguese
Ministério da Poesia/Dedicated homenagem a Júlio Saraiva, maluco, poeta e jornalista 2 3.476 12/13/2019 - 15:56 Portuguese
Poesia/General um toque de sensibilidade. 1 1.043 02/28/2018 - 19:20 Portuguese
Ministério da Poesia/Fantasy QUEM SABE SE EU TIVESSE O DOM 0 3.089 05/01/2013 - 00:17 English
Poesia/Erotic (in)CONCLUSO. 0 2.581 03/31/2013 - 21:11 English
Poesia/Erotic (in)CONCLUSO. 0 2.297 03/31/2013 - 21:11 English
Poesia/Intervention bananas, ó 0 3.335 02/12/2013 - 22:08 Portuguese
Poesia/General do tempo decrescente. 0 3.105 02/12/2013 - 16:59 Portuguese
Poesia/Erotic (in)concluso. 0 2.866 02/11/2013 - 22:38 Portuguese
Poesia/Dedicated nem só de poemas vive o poeta, mas de todo sonho possível. 0 3.017 12/15/2012 - 22:16 Portuguese
Poesia/Love AREALVA 0 3.303 12/01/2012 - 23:54 Portuguese
Ministério da Poesia/General mãos. 0 3.064 11/24/2012 - 16:30 Portuguese
Poesia/General águas passadiças. 0 3.231 11/24/2012 - 16:18 Portuguese
Poesia/Sonnet 2 sonetos ordinários numa noite não menos ordinária no Bairro do Bixiga, SP. 0 3.335 08/11/2012 - 23:34 Portuguese
Poesia/Intervention da corrupção. 1 3.450 08/01/2012 - 21:31 English
Ministério da Poesia/Sonnet à face do dia. 0 3.088 07/29/2012 - 22:07 Portuguese
Poesia/General O CANTO DO UIRAPURU 0 3.240 07/27/2012 - 22:27 Portuguese
Ministério da Poesia/Disillusion FLOR DE CACTO // flor de cactus 0 3.360 07/15/2012 - 23:42 Portuguese
Poesia/Dedicated CANÇÃO AO MEU QUERIDO BRASIL 1 2.733 07/09/2012 - 07:02 Portuguese
Poesia/General Que saudade de tudo que reside em mim 0 3.004 07/06/2012 - 22:46 Portuguese
Poesia/Sonnet POR QUE A VIDA É ASSIM 0 3.130 06/29/2012 - 22:57 Portuguese