Um Punhado de Versos Fúnebres Para Josef K.

O eco dos dias tem o mesmo nome
E a mesma insígnia como maldição
Quando o que resta é a degradação
De tudo aquilo que, em mim, não dorme

Eu transformo o transtorno em noite
Dialogando com a apatia magentamarelada
A cada [g]rito uma nova e indigesta morada
Assim prossigo. Inerte após mais este açoite

Cada traço meu é hediondo por natureza
Apregoa as mazelas que corroem com destreza
Tudo aquilo que sepultei junto ao vento

São tantas mágoas costuradas sem enredo
São tantos vermes nesta carne sem segredo
Que, uma vez mais, eu apago meu intento.
 

Submited by

Friday, December 17, 2010 - 04:21

Poesia :

No votes yet

malentacchi

malentacchi's picture
Offline
Title: Membro
Last seen: 9 years 43 weeks ago
Joined: 06/22/2009
Posts:
Points: 704

Add comment

Login to post comments

other contents of malentacchi

Topic Title Replies Views Last Postsort icon Language
Poesia/Sadness Lamúrias 0 1.176 03/21/2011 - 03:53 Portuguese
Poesia/Sadness O Torniquete Atenuado 0 1.312 02/28/2011 - 01:25 Portuguese
Poesia/Sadness Solve et Coagula 0 821 02/28/2011 - 01:22 Portuguese
Poesia/Sadness Incompreensível (Como Tantos Outros) 2 1.060 01/26/2011 - 00:13 Portuguese
Poesia/Sonnet O Aviltamento do Verso 0 972 01/26/2011 - 00:03 Portuguese
Poesia/Sadness Quando os Espectros Machucam A Carne 0 1.096 01/26/2011 - 00:00 Portuguese
Poesia/Sadness Primaveras Mortas 0 1.009 01/19/2011 - 01:22 Portuguese
Poesia/Sadness Escrita Inferior 0 1.171 01/02/2011 - 19:59 Portuguese
Poesia/Sadness Mais Uma Injúria Afásica Para Os Pronomes Em Primeira Pessoa 0 891 01/02/2011 - 19:56 Portuguese
Poesia/Sadness Dificuldades Com o Verso Amaldiçoado 0 969 12/26/2010 - 19:57 Portuguese
Poesia/Sadness Exi[s]t-ência 0 799 12/26/2010 - 19:55 Portuguese
Poesia/Sadness Entre A Sociopatia E A Filosofia Dos Não Valores 0 1.607 12/22/2010 - 03:13 Portuguese
Poesia/Sadness Uma Alegoria Para As Almas Desgraçadas 0 1.549 12/22/2010 - 03:05 Portuguese
Poesia/Sadness Conclave Para Um Diálogo Entres Sombras 0 1.557 12/22/2010 - 03:00 Portuguese
Poesia/Sadness Sobre a Perversidade e seus Hematoversos 0 1.452 12/21/2010 - 04:52 Portuguese
Poesia/Sadness A Filosofia dos Túmulos 0 1.464 12/21/2010 - 04:50 Portuguese
Poesia/Sadness Da Ínfima Procura 0 1.572 12/21/2010 - 04:49 Portuguese
Poesia/Sadness A Exumação de Todas As Minhas Mortes 0 787 12/21/2010 - 04:48 Portuguese
Poesia/Sadness Exurgent mortius at ad me venient (o morto se levante e venha a mim) 0 1.173 12/17/2010 - 04:23 Portuguese
Poesia/Sadness Um Punhado de Versos Fúnebres Para Josef K. 0 1.326 12/17/2010 - 04:21 Portuguese
Poesia/Sadness A Proeminência da Falha 0 931 12/17/2010 - 04:19 Portuguese
Poesia/Sadness Ode à Tânatos 0 989 12/17/2010 - 04:16 Portuguese
Videos/Profile 855 0 1.170 11/24/2010 - 22:04 Portuguese
Videos/Profile 482 0 1.259 11/24/2010 - 21:58 Portuguese
Videos/Profile 481 0 1.575 11/24/2010 - 21:58 Portuguese