De lado

De lado

Sinto-me em profundo estado de solidão
E, pela primeira vez, não me vejo confortável
Acho que mudei sem imitar quem eu era

O silêncio toma formas acústicas
Nas asas que batem imóveis e irritadiças
Abaixo do tempo que estagnou o mundo das pessoas

E tudo desapareceu em segredo
Nem uma mão falando em meu ouvido
Nem uma língua coroando os meus desejos
A companhia tornou-se uma vasta penúria de nada

E eu que pensava ser difícil sofrer calado
Descubro que o pior se dá quando o peito se agacha de dor
Precisando externar um soluço em forma de desabafo
Mas permanece corroído pelo desamparo da impossibilidade
Da frustração, da angústia e da calamidade do abandono

Bernardo Almeida

Submited by

Monday, February 28, 2011 - 01:14

Poesia :

No votes yet

Bernardo Almeida

Bernardo Almeida's picture
Offline
Title: Membro
Last seen: 8 years 1 week ago
Joined: 02/08/2011
Posts:
Points: 336

Add comment

Login to post comments

other contents of Bernardo Almeida

Topic Title Replies Views Last Postsort icon Language
Poesia/Thoughts Aos 29 - Bernardo Almeida 0 484 02/28/2011 - 01:31 Portuguese
Poesia/Passion Au revoir! - Bernardo Almeida 0 296 02/28/2011 - 01:27 Portuguese
Poesia/Thoughts Conforto passageiro 0 366 02/28/2011 - 01:26 Portuguese
Poesia/Passion Encontro surpresa 0 468 02/28/2011 - 01:26 Portuguese
Poesia/Dedicated Debate 0 469 02/28/2011 - 01:25 Portuguese
Poesia/Fantasy Duplo - Bernardo Almeida 0 508 02/28/2011 - 01:24 Portuguese
Poesia/Passion Fumaça 0 484 02/28/2011 - 01:23 Portuguese
Poesia/Passion O segundo toque 0 454 02/28/2011 - 01:23 Portuguese
Poesia/Thoughts Enganados 0 550 02/28/2011 - 01:22 Portuguese
Poesia/Love Permuta 0 412 02/28/2011 - 01:22 Portuguese
Poesia/Thoughts Mundo inundado 0 315 02/28/2011 - 01:21 Portuguese
Poesia/Passion Profecia 0 414 02/28/2011 - 01:21 Portuguese
Poesia/Passion Múltipla (transcendental) 0 297 02/28/2011 - 01:20 Portuguese
Poesia/Intervention Clandestino (viajante) - Bernardo Almeida 0 536 02/28/2011 - 01:19 Portuguese
Poesia/Disillusion Desnutrição 0 703 02/28/2011 - 01:18 Portuguese
Poesia/Passion Precipício 0 252 02/28/2011 - 01:18 Portuguese
Poesia/Thoughts Mutação 0 290 02/28/2011 - 01:17 Portuguese
Poesia/Thoughts Vigarista 0 221 02/28/2011 - 01:16 Portuguese
Poesia/Passion Sem destino 0 327 02/28/2011 - 01:16 Portuguese
Poesia/Passion Pacífico - Bernardo Almeida 0 274 02/28/2011 - 01:15 Portuguese
Poesia/Gothic Nem um, nem outro - Bernardo Almeida 0 319 02/28/2011 - 01:14 Portuguese
Poesia/Gothic De lado 0 479 02/28/2011 - 01:14 Portuguese
Poesia/Passion Incógnita 0 303 02/28/2011 - 01:13 Portuguese
Poesia/Comedy Despedida 0 416 02/28/2011 - 01:13 Portuguese
Poesia/Passion Perplexo - Bernardo Almeida 0 406 02/28/2011 - 01:12 Portuguese