O segundo toque

O segundo toque

Os dentes da moça ansiosamente rangiam
Como as desarrumadas camas que abrigam lúbricos amantes
E acobertam as paixões recônditas dos indecisos furacões
Que sussurram em tons pastéis e revelam sem reverências
A força que não têm diante do amanhecer e da esperança perdida

Mas os mesmos que antes traziam sossegos, promessas e flores
Enfurecidamente jogam agora jarros uns contra os outros
E o descuido das janelas abertas me deixam participar
Do espetáculo que, ao término, não aplaudirei

E as pernas que abriam caminho para que o desejo
Pudesse soletrar livremente o amor a plenos pulmões
Agora chutam as portas da desistência e da solidão
Sem deixar espaço para um cartão de reconciliação

Bernardo Almeida

Submited by

Monday, February 28, 2011 - 02:23

Poesia :

No votes yet

Bernardo Almeida

Bernardo Almeida's picture
Offline
Title: Membro
Last seen: 8 years 22 weeks ago
Joined: 02/08/2011
Posts:
Points: 336

Add comment

Login to post comments

other contents of Bernardo Almeida

Topic Title Replies Views Last Postsort icon Language
Poesia/Thoughts Aos 29 - Bernardo Almeida 0 521 02/28/2011 - 02:31 Portuguese
Poesia/Passion Au revoir! - Bernardo Almeida 0 348 02/28/2011 - 02:27 Portuguese
Poesia/Thoughts Conforto passageiro 0 377 02/28/2011 - 02:26 Portuguese
Poesia/Passion Encontro surpresa 0 525 02/28/2011 - 02:26 Portuguese
Poesia/Dedicated Debate 0 512 02/28/2011 - 02:25 Portuguese
Poesia/Fantasy Duplo - Bernardo Almeida 0 557 02/28/2011 - 02:24 Portuguese
Poesia/Passion Fumaça 0 530 02/28/2011 - 02:23 Portuguese
Poesia/Passion O segundo toque 0 485 02/28/2011 - 02:23 Portuguese
Poesia/Thoughts Enganados 0 588 02/28/2011 - 02:22 Portuguese
Poesia/Love Permuta 0 448 02/28/2011 - 02:22 Portuguese
Poesia/Thoughts Mundo inundado 0 346 02/28/2011 - 02:21 Portuguese
Poesia/Passion Profecia 0 446 02/28/2011 - 02:21 Portuguese
Poesia/Passion Múltipla (transcendental) 0 354 02/28/2011 - 02:20 Portuguese
Poesia/Intervention Clandestino (viajante) - Bernardo Almeida 0 586 02/28/2011 - 02:19 Portuguese
Poesia/Disillusion Desnutrição 0 716 02/28/2011 - 02:18 Portuguese
Poesia/Passion Precipício 0 268 02/28/2011 - 02:18 Portuguese
Poesia/Thoughts Mutação 0 314 02/28/2011 - 02:17 Portuguese
Poesia/Thoughts Vigarista 0 250 02/28/2011 - 02:16 Portuguese
Poesia/Passion Sem destino 0 370 02/28/2011 - 02:16 Portuguese
Poesia/Passion Pacífico - Bernardo Almeida 0 293 02/28/2011 - 02:15 Portuguese
Poesia/Gothic Nem um, nem outro - Bernardo Almeida 0 355 02/28/2011 - 02:14 Portuguese
Poesia/Gothic De lado 0 496 02/28/2011 - 02:14 Portuguese
Poesia/Passion Incógnita 0 343 02/28/2011 - 02:13 Portuguese
Poesia/Comedy Despedida 0 472 02/28/2011 - 02:13 Portuguese
Poesia/Passion Perplexo - Bernardo Almeida 0 437 02/28/2011 - 02:12 Portuguese