Jardim

Nem tão perto nem tão longe, prefiro não errar
Era tão simples que até me esqueci do tempo em que eu era feliz e sabia amar
Querido coração te vi sofrer e chorar
Sei que as palavras cortam e estão no mesmo lugar

Oh! Incerteza em quem vou acreditar
Se tudo que sonhei , se tudo que amei
Escapou e não pude segurar

Oh! Quanta dor senti
Em meio à solidão, no meu jardim
Se estou só, não foi por querer
Foi, porque ninguém amou a mim

Este é o meu Jardim...
 

Submited by

Sábado, Agosto 6, 2011 - 00:25

Poesia :

Sin votos aún

Kyra

Imagen de Kyra
Desconectado
Título: Membro
Last seen: Hace 42 semanas 2 días
Integró: 01/26/2010
Posts:
Points: 471

Add comment

Inicie sesión para enviar comentarios

other contents of Kyra

Tema Título Respuestas Lecturas Último envíoordenar por icono Idioma
Poesia/Amor Você é 2 220 02/03/2010 - 17:28 Portuguese
Poesia/Amor Sentimento 2 338 02/03/2010 - 14:18 Portuguese
Poesia/General Espelho 3 387 02/02/2010 - 20:28 Portuguese
Poesia/General Seres Humanos 1 314 02/01/2010 - 23:16 Portuguese
Poesia/General Insanidade 4 476 01/30/2010 - 10:57 Portuguese
Poesia/Tristeza Um simples pedido 2 284 01/29/2010 - 19:55 Portuguese
Poesia/Desilusión Ontem 4 387 01/28/2010 - 01:50 Portuguese
Poesia/General Eterno Aprendiz 2 388 01/27/2010 - 15:08 Portuguese