PINTAR O CÉU COM A TINTA DO MEU OLHAR-TE

Quero voar como a chuva pelo ar.
Pintar o céu com a tinta do meu olhar-te.
Ver-te como a cidade vê o tanto da montanha.

Arder em ti como o fogo se agita no sol.
Vestir-me de vento e passear-me pela tua pele.

Acender a noite com o luar
das minhas mãos pelo mar do teu corpo.
Ser o núcleo da terra por onde teus pés caminham.

Calar nossas vozes num beijo perfeito.
Fazer dos instantes eternidades afrodisíacas.

Amar-te despreocupadamente.
Descontroladamente pelos terraços do universo.
Demolir o tempo com culpa da nossa culpa de amar.

Respirar o sonho.

Desnudar as flores
com metamorfoses de palavras.
Ditas lábios nos lábios em silêncio por amor.

Arvorar ilhas de estrelas
como fogueiras perfumadas de pináculos
onde nos edificamos a dois num só fragor louco.

Sentir que a vida se completa em nós... Sem nós.

 

 

Submited by

Miércoles, Noviembre 2, 2011 - 17:15

Poesia :

Su voto: Nada (10 votos)

Henrique

Imagen de Henrique
Desconectado
Título: Membro
Last seen: Hace 2 años 34 semanas
Integró: 03/07/2008
Posts:
Points: 34827

Comentarios

Imagen de Odete Ferreira

Para Henrique

"Sentir que a vida se completa em nós... Sem nós"

Belíssimo!

Bjo

Add comment

Inicie sesión para enviar comentarios

other contents of Henrique

Tema Título Respuestas Lecturas Último envíoordenar por icono Idioma
Poesia/Pensamientos ONDE O INFINITO SEJA O PRINCÍPIO 3 1.151 11/15/2016 - 02:50 Portuguese
Poesia/Tristeza TEUS OLHOS SÃO NADA 0 736 02/18/2015 - 21:43 Portuguese
Poesia/Pensamientos APALPOS INTERMITENTES 0 951 02/10/2015 - 22:50 Portuguese
Poesia/Aforismo AQUILO QUE O JUÍZO É 0 1.054 02/03/2015 - 20:08 Portuguese
Poesia/Pensamientos ISENTO DE AMAR 0 802 02/02/2015 - 21:08 Portuguese
Poesia/Amor LUME MAIS DO QUE ACESO 0 758 02/01/2015 - 22:51 Portuguese
Poesia/Pensamientos PELO TEMPO 0 787 01/31/2015 - 21:34 Portuguese
Poesia/Pensamientos DA POESIA 0 1.070 01/30/2015 - 23:06 Portuguese
Poesia/Pensamientos DO AMOR 0 984 01/30/2015 - 21:48 Portuguese
Poesia/Pensamientos DO SENTIMENTO 0 955 01/29/2015 - 22:55 Portuguese
Poesia/Pensamientos DO PENSAMENTO 0 646 01/29/2015 - 19:53 Portuguese
Poesia/Pensamientos DO SONHO 0 705 01/29/2015 - 01:04 Portuguese
Poesia/Pensamientos DO SILÊNCIO 0 810 01/29/2015 - 00:36 Portuguese
Poesia/Pensamientos DA CALMA 0 768 01/28/2015 - 21:27 Portuguese
Poesia/Pensamientos REPASTO DE ESQUECIMENTO 0 896 01/27/2015 - 22:48 Portuguese
Poesia/Pensamientos MORRER QUE POR DENTRO DA PELE VIVE 0 798 01/27/2015 - 16:59 Portuguese
Poesia/Aforismo NENHUMA MULTIDÃO O SERÁ 0 694 01/26/2015 - 20:44 Portuguese
Poesia/Pensamientos SILENCIOSA SOMBRA DE SOLIDÃO 0 968 01/25/2015 - 22:36 Portuguese
Poesia/Pensamientos MIGALHAS DE SAUDADE 0 609 01/22/2015 - 22:32 Portuguese
Poesia/Pensamientos ONDE O AMOR SEMEIA E COLHE A SOLIDÃO 0 736 01/21/2015 - 18:00 Portuguese
Poesia/Pensamientos PALAVRAS À LUPA 0 1.310 01/20/2015 - 19:38 Portuguese
Poesia/Pensamientos MADRESSILVA 0 721 01/19/2015 - 21:07 Portuguese
Poesia/Pensamientos NA SOLIDÃO 0 825 01/17/2015 - 23:32 Portuguese
Poesia/Pensamientos LÁPIS DE SER 0 860 01/16/2015 - 20:47 Portuguese
Poesia/Aforismo BEM VISTO 0 887 01/15/2015 - 15:36 Portuguese