ABERRAÇÃO

 

Aberração

 

Este mundo está ao contrário, não sei o que dizer,

Tanta coisa estranha está a acontecer,

Casam homens com homens, estou chocado,

Casam mulheres com mulheres estou pasmado,

A lei dos homens alterou a lei da Natureza,

E a feriu na sua essência e na sua nobreza.

 

Fêmeas com fêmeas, machos com machos,

Panelas com panelas, tachos com tachos,

Anda tudo às avessas, mas que volta é que isto deu?

O tempo deu volta a tudo que a minha mente aprendeu,

Já não sei se sou eu que aqui não pertenço,

Ou se sou obsoleto nesta vida que ainda penso.

 

Quem fará de fêmea, quem fará de macho, não percebo,

Pregos com pregos, fendas com fendas não concebo,

Estarei eu a sonhar, pergunto a este mundo,

Que já não é como o conheci, no meu pensar é imundo,

No mundo do casamento que está desvirtuado,

Já não sei o que sei, pareço estar dele afastado.

 

Os filhos adoptados nestes casamentos, a quem chamarão,

De pai ou de mãe, mas grande confusão,

Os pais ou as mães têm sexos iguais, coitadas crianças,

O que pensarão destas igualdades de mudanças?

Será que as suas mentes não ficam baralhadas,

Ao serem filhos destas imorais trapalhadas?

 

Como se chama a tua mãe meu menino ou minha menina?

Pergunta a professora a estas crianças pequeninas,

Será que eles irão responder abertamente,

Sem vergonha de responder ao seu docente?

Que a mãe é o pai e que o pai é a mãe,

Ou a mãe é o pai e o pai é mãe também?

 

 

 

 

Tavira, 10 de Março de 2011 - Estêvão

 

Submited by

Viernes, Marzo 23, 2012 - 11:48

Poesia :

Sin votos aún

José Custódio Estêvão

Imagen de José Custódio Estêvão
Desconectado
Título: Membro
Last seen: Hace 16 semanas 4 días
Integró: 03/14/2012
Posts:
Points: 7749

Comentarios

Imagen de KeilaPatricia

Gostei Bjs na alma, Keila...

Gostei

Bjs na alma,

Keila... .....)...(@

:)

Add comment

Inicie sesión para enviar comentarios

other contents of José Custódio Estêvão

Tema Título Respuestas Lecturas Último envíoordenar por icono Idioma
Poesia/Meditación Pensamento 0 337 12/20/2019 - 17:18 Portuguese
Poesia/Meditación Pensamento 0 208 12/20/2019 - 17:13 Portuguese
Poesia/Amor Três coisas 2 256 12/12/2019 - 18:00 Portuguese
Poesia/General AS ONDS DO MAR 5 2.386 12/09/2019 - 13:23 Portuguese
Poesia/Fantasía O MEU NOME 0 887 12/14/2018 - 11:36 Portuguese
Poesia/Meditación O TEMPO LEVA TUDO 0 1.149 09/28/2018 - 15:56 Portuguese
Prosas/Pensamientos 34- O HOMEM 6 1.677 03/21/2018 - 16:04 Portuguese
Poesia/Amor VERMELHO 0 1.358 09/04/2017 - 10:13 Portuguese
Poesia/Amor UMA ORQUÍDEA PARA TI 0 1.978 07/17/2017 - 10:50 Portuguese
Poesia/Meditación AS PEDRAS DOS RIOS 0 2.312 06/07/2017 - 09:54 Portuguese
Prosas/Pensamientos PENSAMENTOS 34 0 1.716 05/24/2017 - 11:09 Portuguese
Poesia/Amor AMO-TE COMO ÉS 0 1.720 05/24/2017 - 10:59 Portuguese
Poesia/Meditación SABER SER FRELIZ 0 961 05/09/2017 - 16:51 Portuguese
Poesia/Amistad TU 0 1.153 04/21/2017 - 11:52 Portuguese
Poesia/Meditación PARA DE TE QUEIXAR 2 1.134 03/26/2017 - 20:34 Portuguese
Poesia/Meditación PARA QUÊ MATAR? 5 2.357 03/24/2017 - 12:31 Portuguese
Poesia/Meditación CHEGAR, VER E VENCER 0 1.717 03/13/2017 - 15:57 Portuguese
Poesia/Amor BEIJOS TEUS 0 1.384 02/22/2017 - 11:12 Portuguese
Poesia/Amor OLHANDO O MAR 0 964 02/08/2017 - 11:26 Portuguese
Poesia/Amor SAUDADE 0 1.539 02/01/2017 - 11:29 Portuguese
Poesia/General FRIO 0 1.072 01/26/2017 - 11:27 Portuguese
Poesia/General FRIO 0 1.187 01/26/2017 - 11:23 Portuguese
Poesia/Fantasía AS ONDAS DO MAR 0 1.044 01/11/2017 - 10:49 Portuguese
Poesia/Meditación AMANHECEU OUTRA VEZ 0 1.239 01/04/2017 - 12:22 Portuguese
Poesia/Alegria RIR 0 2.149 12/21/2016 - 10:58 Portuguese