O CANTO DO UIRAPURU

*****

O CANTO DO UIRAPURU

Daqui só eu o escuto
Meu uirapuru esquecido
Em meu nicho insondável,
Mas se estivesse aqui
Neste canto agradável
Por ti nascido
Apenas seria,
Apenas seria
Só mais um canto
Só mais um em desarmonia.

Me vejo de lá
Me vejo
De pureza temerário
Triste, solitário,
Não seria a vida
Apenas um canto
Num 'canto' imaginário?

Canta uirapuru , canta
A nossa lida ordinária,
Canta que inda te vejo
Na floresta temporária.

"Canta, canta
Canta e dorme,
As luzes se acendem
Sob as luminárias;
Canta, canta
Canta e dorme
Se já não durmo
Em poesias várias."

Ah!
Se eu fosse o passaredo
Daqui não precisar
Conviver com esta gente,
Ser igual ao uirapuru
Que distante canta triste
Mas vive alegremente...

Ah!
Se daqui eu cantasse somente
Sem rosto
Sem ser pássaro
Numa melodia em torrente
Que me saísse do peito
E um coral cantasse
À vida ausente!

*****

Submited by

Viernes, Julio 27, 2012 - 22:27

Poesia :

Su voto: Nada (5 votos)

REHGGE

Imagen de REHGGE
Desconectado
Título: Membro
Last seen: Hace 7 semanas 11 horas
Integró: 06/08/2012
Posts:
Points: 225

Add comment

Inicie sesión para enviar comentarios

other contents of REHGGE

Tema Título Respuestas Lecturas Último envíoordenar por icono Idioma
Poesia/Tristeza vendavais. 0 298 12/30/2019 - 20:22 Portuguese
Poesia/Pensamientos que poema tirar da cartola. 0 404 12/27/2019 - 01:32 Portuguese
Poesia/Archivo de textos sr. Jones. 0 392 12/27/2019 - 01:21 Portuguese
Prosas/Otros sr. Jones. 0 235 12/27/2019 - 01:19 Portuguese
Poesia/Amor além da carne e dos sentidos. 4 1.132 12/22/2019 - 15:30 Portuguese
Ministério da Poesia/Dedicada homenagem a Júlio Saraiva, maluco, poeta e jornalista 2 3.473 12/13/2019 - 15:56 Portuguese
Poesia/General um toque de sensibilidade. 1 1.037 02/28/2018 - 19:20 Portuguese
Ministério da Poesia/Fantasía QUEM SABE SE EU TIVESSE O DOM 0 3.077 05/01/2013 - 00:17 Inglés
Poesia/Erótico (in)CONCLUSO. 0 2.571 03/31/2013 - 21:11 Inglés
Poesia/Erótico (in)CONCLUSO. 0 2.291 03/31/2013 - 21:11 Inglés
Poesia/Intervención bananas, ó 0 3.331 02/12/2013 - 22:08 Portuguese
Poesia/General do tempo decrescente. 0 3.097 02/12/2013 - 16:59 Portuguese
Poesia/Erótico (in)concluso. 0 2.862 02/11/2013 - 22:38 Portuguese
Poesia/Dedicada nem só de poemas vive o poeta, mas de todo sonho possível. 0 3.014 12/15/2012 - 22:16 Portuguese
Poesia/Amor AREALVA 0 3.299 12/01/2012 - 23:54 Portuguese
Ministério da Poesia/General mãos. 0 3.060 11/24/2012 - 16:30 Portuguese
Poesia/General águas passadiças. 0 3.228 11/24/2012 - 16:18 Portuguese
Poesia/Soneto 2 sonetos ordinários numa noite não menos ordinária no Bairro do Bixiga, SP. 0 3.330 08/11/2012 - 23:34 Portuguese
Poesia/Intervención da corrupção. 1 3.447 08/01/2012 - 21:31 Inglés
Ministério da Poesia/Soneto à face do dia. 0 3.080 07/29/2012 - 22:07 Portuguese
Poesia/General O CANTO DO UIRAPURU 0 3.235 07/27/2012 - 22:27 Portuguese
Ministério da Poesia/Desilusión FLOR DE CACTO // flor de cactus 0 3.355 07/15/2012 - 23:42 Portuguese
Poesia/Dedicada CANÇÃO AO MEU QUERIDO BRASIL 1 2.724 07/09/2012 - 07:02 Portuguese
Poesia/General Que saudade de tudo que reside em mim 0 3.000 07/06/2012 - 22:46 Portuguese
Poesia/Soneto POR QUE A VIDA É ASSIM 0 3.126 06/29/2012 - 22:57 Portuguese