NÃO ENLOUQUEÇO POR ESTAR LOUCO …

De pensar compasso os meus tentares.

Variáveis vários os meus estares.

Não enlouqueço por estar louco,
mas porque encontrei a razão,
o amor e a paixão.

Não ouço por estar mouco,
mas porque não quero ouvir.

Sinto o sentido de ir.

Instáveis lugares.

Não esqueço por esquecer,
mas porque não quero lembrar.

Atiro o meu ser ao mar,
essa muralha onde semeio o meu pensar.

Atiro as minhas mãos ao ar,
esse abismo onde o vento colhe os meus ecos.

Adentro o meu olhar em mim,
revejo-me a cada instante.

Somo-me à gente.

Escuto-me.

Entendo o meu silêncio,
estendo-me pelos recantos do mundo.

Bato no fundo da minha alma,
enlaço as minhas crenças ao infinito.

Abraço passo a passo a imortalidade
onde a eternidade me espera
e me faço.

.
.
.
.

Submited by

Sábado, Noviembre 10, 2012 - 21:06

Poesia :

Su voto: Nada (5 votos)

Henrique

Imagen de Henrique
Desconectado
Título: Membro
Last seen: Hace 5 años 5 semanas
Integró: 03/07/2008
Posts:
Points: 34817

Add comment

Inicie sesión para enviar comentarios

other contents of Henrique

Tema Título Respuestas Lecturas Último envíoordenar por icono Idioma
Videos/Otros Já viram o Pedro abrunhosa sem óculos? Pois ora aqui o têm. 1 36.995 06/11/2019 - 09:39 Portuguese
Poesia/Tristeza TEUS OLHOS SÃO NADA 1 1.608 03/06/2018 - 21:51 Portuguese
Poesia/Pensamientos ONDE O INFINITO SEJA O PRINCÍPIO 4 2.218 02/28/2018 - 17:42 Portuguese
Poesia/Pensamientos APALPOS INTERMITENTES 0 2.139 02/10/2015 - 22:50 Portuguese
Poesia/Aforismo AQUILO QUE O JUÍZO É 0 1.985 02/03/2015 - 20:08 Portuguese
Poesia/Pensamientos ISENTO DE AMAR 0 4.008 02/02/2015 - 21:08 Portuguese
Poesia/Amor LUME MAIS DO QUE ACESO 0 2.684 02/01/2015 - 22:51 Portuguese
Poesia/Pensamientos PELO TEMPO 0 1.682 01/31/2015 - 21:34 Portuguese
Poesia/Pensamientos DA POESIA 0 5.422 01/30/2015 - 23:06 Portuguese
Poesia/Pensamientos DO AMOR 0 1.829 01/30/2015 - 21:48 Portuguese
Poesia/Pensamientos DO SENTIMENTO 0 2.249 01/29/2015 - 22:55 Portuguese
Poesia/Pensamientos DO PENSAMENTO 0 2.362 01/29/2015 - 19:53 Portuguese
Poesia/Pensamientos DO SONHO 0 1.628 01/29/2015 - 01:04 Portuguese
Poesia/Pensamientos DO SILÊNCIO 0 2.820 01/29/2015 - 00:36 Portuguese
Poesia/Pensamientos DA CALMA 0 2.160 01/28/2015 - 21:27 Portuguese
Poesia/Pensamientos REPASTO DE ESQUECIMENTO 0 1.871 01/27/2015 - 22:48 Portuguese
Poesia/Pensamientos MORRER QUE POR DENTRO DA PELE VIVE 0 1.743 01/27/2015 - 16:59 Portuguese
Poesia/Aforismo NENHUMA MULTIDÃO O SERÁ 0 1.749 01/26/2015 - 20:44 Portuguese
Poesia/Pensamientos SILENCIOSA SOMBRA DE SOLIDÃO 0 2.917 01/25/2015 - 22:36 Portuguese
Poesia/Pensamientos MIGALHAS DE SAUDADE 0 1.558 01/22/2015 - 22:32 Portuguese
Poesia/Pensamientos ONDE O AMOR SEMEIA E COLHE A SOLIDÃO 0 1.463 01/21/2015 - 18:00 Portuguese
Poesia/Pensamientos PALAVRAS À LUPA 0 2.388 01/20/2015 - 19:38 Portuguese
Poesia/Pensamientos MADRESSILVA 0 1.425 01/19/2015 - 21:07 Portuguese
Poesia/Pensamientos NA SOLIDÃO 0 1.753 01/17/2015 - 23:32 Portuguese
Poesia/Pensamientos LÁPIS DE SER 0 1.659 01/16/2015 - 20:47 Portuguese