ESQUECIDOS

Esquecidos

 

 

Eu faço parte das vozes esquecidas,

Que no tempo ficam sempre perdidas,

Mas eu ouço a minha voz e fico contente,

Não sou mudo, falo pela minha mente.

 

Posso gritar para a mais alta montanha,

E porque pertenço ao sopé nunca chegarei lá em cima,

A montanha nunca ouve os meus queixumes,

Fica longe de mim, nem sente os meus azedumes.

 

Da minha voz podem sair palavras de aflição,

Nunca chegam à montanha, ficam sempre no chão,

A montanha ouve-me mas finge não ouvir,

Se finge que não as ouve também não as pode sentir.

 

Vou falando a vida inteira sozinho, a voz é fraca,

Por isso tenho sempre apontada a mim uma espada,

Que me ameaça se falar alto demais,

E se fico calado, com as migalhas como os pardais.

 

Se a minha voz se juntar a muitas outras é forte,

Muitas juntas já têm peso e algum suporte,

Já a montanha pode levar a minha voz a sério,

Depois de ouvir muitas palavras de impropério.

 

Por isso mesmo é que a união faz a força,

E assim, já é mais difícil que a montanha a torça,

Tem medo de ser demolida pela força da razão,

E a voz da montanha já pode chegar ao chão.

 

 

Fortaleza, 4 de Novembro de 2011-Estêvão

Submited by

Miércoles, Mayo 7, 2014 - 16:59

Poesia :

Sin votos aún

José Custódio Estêvão

Imagen de José Custódio Estêvão
Desconectado
Título: Membro
Last seen: Hace 16 semanas 1 día
Integró: 03/14/2012
Posts:
Points: 7749

Add comment

Inicie sesión para enviar comentarios

other contents of José Custódio Estêvão

Tema Título Respuestas Lecturas Último envíoordenar por icono Idioma
Poesia/Meditación Pensamento 0 335 12/20/2019 - 17:18 Portuguese
Poesia/Meditación Pensamento 0 208 12/20/2019 - 17:13 Portuguese
Poesia/Amor Três coisas 2 255 12/12/2019 - 18:00 Portuguese
Poesia/General AS ONDS DO MAR 5 2.384 12/09/2019 - 13:23 Portuguese
Poesia/Fantasía O MEU NOME 0 884 12/14/2018 - 11:36 Portuguese
Poesia/Meditación O TEMPO LEVA TUDO 0 1.146 09/28/2018 - 15:56 Portuguese
Prosas/Pensamientos 34- O HOMEM 6 1.672 03/21/2018 - 16:04 Portuguese
Poesia/Amor VERMELHO 0 1.357 09/04/2017 - 10:13 Portuguese
Poesia/Amor UMA ORQUÍDEA PARA TI 0 1.974 07/17/2017 - 10:50 Portuguese
Poesia/Meditación AS PEDRAS DOS RIOS 0 2.303 06/07/2017 - 09:54 Portuguese
Prosas/Pensamientos PENSAMENTOS 34 0 1.699 05/24/2017 - 11:09 Portuguese
Poesia/Amor AMO-TE COMO ÉS 0 1.717 05/24/2017 - 10:59 Portuguese
Poesia/Meditación SABER SER FRELIZ 0 960 05/09/2017 - 16:51 Portuguese
Poesia/Amistad TU 0 1.150 04/21/2017 - 11:52 Portuguese
Poesia/Meditación PARA DE TE QUEIXAR 2 1.132 03/26/2017 - 20:34 Portuguese
Poesia/Meditación PARA QUÊ MATAR? 5 2.356 03/24/2017 - 12:31 Portuguese
Poesia/Meditación CHEGAR, VER E VENCER 0 1.714 03/13/2017 - 15:57 Portuguese
Poesia/Amor BEIJOS TEUS 0 1.381 02/22/2017 - 11:12 Portuguese
Poesia/Amor OLHANDO O MAR 0 962 02/08/2017 - 11:26 Portuguese
Poesia/Amor SAUDADE 0 1.530 02/01/2017 - 11:29 Portuguese
Poesia/General FRIO 0 1.070 01/26/2017 - 11:27 Portuguese
Poesia/General FRIO 0 1.171 01/26/2017 - 11:23 Portuguese
Poesia/Fantasía AS ONDAS DO MAR 0 1.043 01/11/2017 - 10:49 Portuguese
Poesia/Meditación AMANHECEU OUTRA VEZ 0 1.236 01/04/2017 - 12:22 Portuguese
Poesia/Alegria RIR 0 2.134 12/21/2016 - 10:58 Portuguese