A ERA DE CRISTO JÁ ERA?

Nas décadas de sessenta e setenta, diziam que já estávamos ingressando na era de aquário. O planeta sofreria grandes transformações, e haveria um grande salto na evolução da humanidade.
Diziam que a era de peixes, era do amor, era de Cristo já estava expirando e, que entrávamos na era da razão. Sem razão porque a guerra do Vietnam matava os jovens que ouviam Elvis, Beatles e Rolling Stones.
Os hippies escandalizavam o mundo com a mudança comportamental sob a bandeira do amor livre. Outras culturas, outras posturas, atravessaram os mares para aqui morar. Os hare-kristnas tomaram as esquinas batendo pandeirinhos, cantanDo mantras de uma nota só. Havia um televisor All Acess, modelo Comodoro em cada sala. Ouvíamos Dominique-nique-nique, A hard day’s night e Cansone per te. Todo mundo queria praticar Karatê e Yoga. As meninas desfilavam de mini-saia e blusinhas de Ban-lon. Toda criança queria uma botinha Kicker. Era um senta-levanta e o Tergal, lavado com Rinso na Enxuta não amarrotava. Todo mundo adorava Grapette.

Muitos diziam que os extraterrestres eram anjos. Outros diziam que os alienígenas, disfarçadamente, já viveriam entre nós. O Cometa Absinto passaria muito próximo da terra, com risco de se chocar com nosso minúsculo planeta; isto nos tiraria da órbita natural desencadeando as catástrofes do apocalipse. Em conseqüência da tangência com este cometa, o eixo terrestre mais se inclinaria, o que nos mostraria ao olhar para o alto, um novo céu. Mares e oceanos, inevitavelmente, invadiriam os continentes.

A hecatombe do planeta estava próxima. Quanta bobagem! Enquanto casais apaixonados admiravam o Cruzeiro do Sul, feito assinatura divina no firmamento, outros: ufologistas, ovnistas e notívagos de olhos vermelhos, com seus fracos telescópios varriam os céus procurando discos voadores e alienígenas. Parecia que ninguém tinha o que fazer. Estes perscrutadores de perseidas e faíscas celestes tiraram conclusões de suas hipóteses infundadas. Sustentaram e se assentaram sobre suas teses e a partir de suas fantasias e visões mentais, mesmo não sabendo o que viram, alienados, se isolaram, criando comunidades exotéricas (com “x”) alternativas ou fundando novas seitas.

Se a era do amor estava findando, como tantos vieram depois em nome do amor? Muitas beatificações e canonizações têm acontecido, e os santos ainda andam sobre a terra.

Eu sei que em nome de Jesus, outros menos santos saíram pelo mundo fundando seitas e as dividindo, subdividindo e “sub-subdividindo” em novas seitas, cultos, e congregações. Igrejas? Surgiram tantas e quantas!
Hoje, já são mais de 23.000 denominações de seitas cristãs se contradizendo, e afirmando que são verdadeiras.

JTHAMIEL

Submited by

Martes, Agosto 16, 2016 - 16:52

Prosas :

Sin votos aún

J. Thamiel

Imagen de J. Thamiel
Desconectado
Título: Membro
Last seen: Hace 19 horas 8 mins
Integró: 05/02/2016
Posts:
Points: 2997

Add comment

Inicie sesión para enviar comentarios

other contents of J. Thamiel

Tema Título Respuestas Lecturas Último envíoordenar por icono Idioma
Poesia/Fantasía ÊXTASE 0 182 03/23/2020 - 16:58 Portuguese
Poesia/General A TI SENHOR, TE PEÇO 0 79 03/22/2020 - 20:18 Portuguese
Poesia/General Caros poetas 0 147 03/21/2020 - 23:29 Portuguese
Poesia/Desilusión AS RUÍNAS DA CAPELINHA 0 284 03/20/2020 - 18:54 Portuguese
Poesia/Fantasía VALSA AO LUAR 0 194 03/14/2020 - 13:26 Portuguese
Poesia/General E NO SÉTIMO DIA DESCANSOU... 0 191 03/09/2020 - 14:48 Portuguese
Poesia/General CABOCLO 0 255 03/03/2020 - 19:40 Portuguese
Poesia/Meditación QUO VADIS? 0 241 02/27/2020 - 16:05 Portuguese
Poesia/Fantasía OS DRACONIANOS 0 355 02/15/2020 - 15:32 Portuguese
Poesia/Amor ¿Quien soy yo? 0 350 01/25/2020 - 13:04 Portuguese
Poesia/Amor ¿Quien soy yo? 0 360 01/25/2020 - 13:00 Español
Poesia/Desilusión DIABÉTICOS 0 324 01/20/2020 - 18:27 Portuguese
Poesia/Meditación INTROSPECTO 0 299 01/19/2020 - 14:48 Portuguese
Poesia/Pensamientos VADE RETRO 0 197 01/17/2020 - 13:49 Portuguese
Poesia/Meditación INTROSPECTO 0 536 01/09/2020 - 14:43 Español
Poesia/Meditación INTROSPECTO 0 326 01/08/2020 - 22:57 Portuguese
Poesia/Fantasía ANO NOVO, NOVA ERA? 0 444 01/03/2020 - 19:09 Portuguese
Poesia/Dedicada ODE À NATUREZA (dedicado a todos os poetas do WAF) 1 461 12/24/2019 - 21:16 Portuguese
Poesia/General ESCOLA DE POETAS 0 363 12/21/2019 - 13:39 Portuguese
Poesia/General FILOSOFIA DE UM BÊBADO 0 650 12/17/2019 - 14:15 Portuguese
Poesia/General UM DIA EU TAMBÉM ERREI 0 649 12/10/2019 - 12:59 Portuguese
Poesia/Tristeza NOSSA LÍNGUA PORTUGUESA 0 636 12/04/2019 - 14:02 Portuguese
Poesia/General A VIDA É APENAS UMA TARDE. 0 676 11/25/2019 - 17:42 Portuguese
Poesia/General MÁ X I M A S 0 473 10/28/2019 - 13:31 Portuguese
Poesia/General É A VIDA... 0 563 10/26/2019 - 16:49 Portuguese