N E F L I N S


Fala-se de uma incorreção no espaço transcendente
e de uma enigmática fenda na rota dos ancestrais.
Mas, para decifrar, só um iluminado descendente,
que seja grande mago iniciado nos egípcios rituais.

Por esta lacuna os éons da abóboda hermética,
alados entes condenados na falência da biomassa,
usufruindo da nossa desconhecida bioenergética,
penetraram nosso espaço vital criando nova raça.

Herdeiros e continentes da consciência dos arquétipos,
sem rumo a genuína clã, confusa na vastidão da terra,
não se permitia salvar os restantes elementos étnicos,
pois que, exclusa, combalida ansiava quem a desterra .

Deuses, deusas, filhos de deuses andavam entre nós.
espúrios de experiências falíveis da edênica violação.
Nos afastamos de Deus mas nunca estaremos a sós;
há promessa de retorno e morada em nosso coração.

J. Thamiel
Guarulhos, 29.10.17
12:18h

"Conhece-te a Ti mesmo e conhecerás todo o universo e os deuses, porque se o que procuras não achares primeiro dentro de ti mesmo, não acharás em lugar algum"- frase do Templo de Delfos na Grécia."

"Deus está na congregação dos poderosos; julga no meio dos deuses. Até quando julgareis injustamente, e aceitareis as pessoas dos ímpios? (Selá.)
Fazei justiça ao pobre e ao órfão; justificai o aflito e o necessitado.
Livrai o pobre e o necessitado; tirai-os das mãos dos ímpios.
Eles não conhecem, nem entendem; andam em trevas; todos os fundamentos da terra vacilam.
Eu disse: Vós sois deuses, e todos vós filhos do Altíssimo.
Todavia morrereis como homens, e caireis como qualquer dos príncipes.
Levanta-te, ó Deus, julga a terra, pois tu possuis todas as nações."
SALMOS 82

Submited by

Domingo, Octubre 29, 2017 - 14:33

Poesia :

Sin votos aún

J. Thamiel

Imagen de J. Thamiel
Desconectado
Título: Membro
Last seen: Hace 21 horas 9 segs
Integró: 05/02/2016
Posts:
Points: 2953

Add comment

Inicie sesión para enviar comentarios

other contents of J. Thamiel

Tema Título Respuestas Lecturas Último envíoordenar por icono Idioma
Poesia/Fantasía OS DRACONIANOS 0 230 02/15/2020 - 14:32 Portuguese
Poesia/Amor ¿Quien soy yo? 0 281 01/25/2020 - 12:04 Portuguese
Poesia/Amor ¿Quien soy yo? 0 280 01/25/2020 - 12:00 Español
Poesia/Desilusión DIABÉTICOS 0 219 01/20/2020 - 17:27 Portuguese
Poesia/Meditación INTROSPECTO 0 212 01/19/2020 - 13:48 Portuguese
Poesia/Pensamientos VADE RETRO 0 159 01/17/2020 - 12:49 Portuguese
Poesia/Meditación INTROSPECTO 0 482 01/09/2020 - 13:43 Español
Poesia/Meditación INTROSPECTO 0 270 01/08/2020 - 21:57 Portuguese
Poesia/Fantasía ANO NOVO, NOVA ERA? 0 398 01/03/2020 - 18:09 Portuguese
Poesia/Dedicada ODE À NATUREZA (dedicado a todos os poetas do WAF) 1 375 12/24/2019 - 20:16 Portuguese
Poesia/General ESCOLA DE POETAS 0 291 12/21/2019 - 12:39 Portuguese
Poesia/General FILOSOFIA DE UM BÊBADO 0 573 12/17/2019 - 13:15 Portuguese
Poesia/General UM DIA EU TAMBÉM ERREI 0 599 12/10/2019 - 11:59 Portuguese
Poesia/Tristeza NOSSA LÍNGUA PORTUGUESA 0 562 12/04/2019 - 13:02 Portuguese
Poesia/General A VIDA É APENAS UMA TARDE. 0 573 11/25/2019 - 16:42 Portuguese
Poesia/General MÁ X I M A S 0 363 10/28/2019 - 12:31 Portuguese
Poesia/General É A VIDA... 0 472 10/26/2019 - 15:49 Portuguese
Poesia/General A MATA 0 567 10/23/2019 - 20:40 Portuguese
Poesia/General A VOLTA 0 609 10/19/2019 - 17:10 Portuguese
Poesia/Desilusión CRECIMIENTO 0 351 10/05/2019 - 14:44 Español
Poesia/Meditación NTROSPECÇÃO 0 503 10/03/2019 - 15:50 Portuguese
Poesia/General OH, URUBU 0 969 09/27/2019 - 12:26 Portuguese
Poesia/General Passarinho, passarinho 0 381 09/17/2019 - 13:54 Portuguese
Poesia/General ESCOLHAS 0 919 09/10/2019 - 15:08 Portuguese
Poesia/Pensamientos SEJA UM MOSCA MORTA 0 443 08/31/2019 - 15:56 Portuguese