SOLIDÃO - (Rimas interpoladas)

(seguindo o esquema (ABA ...))
.

Quando eu me pego no colo e me embalo,
meus fúteis pensamentos se organizam e
com um raciocínio muito lógico então falo.

Falo com entendimento e com toda a calma
sobre minhas alucinações, que ninguém vê
e que colocam em redemoinho minha alma.

Mas como não há ninguém para me ouvir,
ninguém irá contestar aquilo que eu disse
e não haverá condenação para me redimir.

Mesmo assim, eu cabisbaixo, triste, calado,
penso que poderia ser bom se eu partisse,
mas eu me abraço e continuo ao meu lado.

J. Thamiel
Guarulhos, SP - Brasil
01.02.2021
09:26h

Submited by

Lunes, Febrero 1, 2021 - 18:10

Poesia :

J. Thamiel

Imagen de J. Thamiel
Desconectado
Título: Membro
Last seen: Hace 2 días 2 horas
Integró: 05/02/2016
Posts:
Points: 3786

Comentarios

Imagen de Joel

pra dizer tb que gostei, como

pra dizer tb que gostei, como se estivesse seu, o ouvido encostado ao meu pensamento , bem haja e que nasçam sielentes os sons que nos alienam e nos fazem tanta e tão tremenda falta

Imagen de Ana Martins

SOLIDÃO - (Rimas interpoladas)

A solidão na palavras do poeta... Gostei!

Imagen de J. Thamiel

A cada elogio nasce um novo

A cada elogio
nasce um novo poema...
Obrigado

Add comment

Inicie sesión para enviar comentarios

other contents of J. Thamiel

Tema Título Respuestas Lecturas Último envíoordenar por icono Idioma
Poesia/General NÃO SOU HOMEM OBJETO 0 1.397 07/17/2016 - 12:05 Portuguese
Poesia/Alegria PESCAR, PRA QUÊ? 0 989 07/16/2016 - 15:46 Portuguese
Poesia/General CAMPINHO, ESCOLA DE FELICIDADE! 1 893 07/16/2016 - 03:06 Portuguese
Poesia/General VOCÊ QUER UM MUNDO MELHOR? 0 636 07/14/2016 - 17:35 Portuguese
Poesia/Dedicada ASSOCIAÇÃO DOS CRIADORES DE SACI DE BOTUCATU - (Homenagem) 0 6.862 07/14/2016 - 02:31 Portuguese
Poesia/General INCONGRUÊNCIA 0 353 07/13/2016 - 18:32 Portuguese
Poesia/General A VIAGEM ASTRAL 0 737 07/12/2016 - 14:24 Portuguese
Poesia/Amor DEVANEIO 0 415 07/11/2016 - 19:02 Portuguese
Poesia/Dedicada SEU NOME É "JOSEPH NINGUÉM" 0 293 07/11/2016 - 13:07 Portuguese
Poesia/Dedicada MAIS FÉ 2 813 07/11/2016 - 12:45 Portuguese
Poesia/Fantasía O ANJO ANIQUILADOR 0 1.263 07/09/2016 - 20:53 Portuguese
Poesia/Fantasía A VISITA DO ANJO DA MORTE 0 812 07/08/2016 - 17:28 Portuguese
Poesia/Fantasía O FIM DA POESIA 0 971 07/07/2016 - 22:58 Portuguese
Poesia/Dedicada PIRACAIA 0 497 07/06/2016 - 17:53 Portuguese
Poesia/Fantasía RITUAL NEGRO 0 926 07/05/2016 - 19:15 Portuguese
Poesia/General CAFÉ DA TIA MARIA 0 2.284 07/05/2016 - 11:49 Portuguese
Poesia/Fantasía POETISA ASSASSINA 0 1.972 07/04/2016 - 13:52 Portuguese
Poesia/General ANOITECEU 0 6.638 07/03/2016 - 16:36 Portuguese
Poesia/General TELHA QUEBRADA 1 687 07/03/2016 - 14:46 Portuguese
Poesia/Fantasía MEU CORDÃO UMBILICAL 0 780 07/01/2016 - 19:39 Portuguese
Poesia/Fantasía POESIA, PRA QUÊ? 0 1.696 06/30/2016 - 23:11 Portuguese
Poesia/Fantasía MINHA ELEGANTE GRAVATA 0 698 06/29/2016 - 13:56 Portuguese
Poesia/Fantasía ÉTER NA MENTE 0 1.449 06/28/2016 - 22:24 Portuguese
Poesia/Fantasía DAQUI DA MINHA JANELA 0 760 06/28/2016 - 17:54 Portuguese
Poesia/Dedicada A BELEZA DO CAOS 0 1.867 06/28/2016 - 11:52 Portuguese