ACERTADA(MENTE)

Sentir concretamente
O que outro ser sente,
Embora intrinsecamente
Não espelhe o inconsciente.

Há algo que os impulsiona
Para labirínticos processos.

No farejar do cheiro onde outros
Se ensopam em mergulhos,
Esbracejam como borboletas
Por entre obscuros linguísticos.

Irreflectido gosto dos açucares diluídos…
Cristalinos, expostos a contra-gosto.

Perguntas directas formuladas.
Atabalhoadamente respondidas,
Por cálidas emoções escondidas
Em vórtices de águas geladas.

Maçã-de-adão, costela concreta.
Cartas na mesa, poesia, incerteza.
Procura-se a palavra certa.

O certo sai errado.
O certo é complicado…

Submited by

Domingo, Enero 31, 2010 - 22:51

Poesia :

Sin votos aún

Patrícia Taz

Imagen de Patrícia Taz
Desconectado
Título: Moderador Consagrados
Last seen: Hace 35 semanas 3 días
Integró: 04/04/2009
Posts:
Points: 650

Comentarios

Imagen de marialds

Re: ACERTADA(MENTE)

Poesia com emoção e sentimento, porém consciente o ser não se deixa atingir no seu intimo inconsciente
É sempre um prazer te ler
Parabens!

Imagen de jopeman

Re: ACERTADA(MENTE)

grandiosos poema

o inconsciente não é espelhado nos gostos dos restantes, é apenas um labirintico trajecto para descobrir o que está ou não certo.

acertada(mente) a tua "mão" que sempre escreve maravilhosamente

mto bom

bjos

Imagen de robsondesouza

Re: ACERTADA(MENTE)

Lindo! Lindo poema!
A mente acerta sempre.

Abraços, Robson!

Imagen de cecilia

Re: ACERTADA(MENTE)

Belo poema.

Imagen de MarneDulinski

Re: ACERTADA(MENTE)

LINDO POEMA, GOSTEI!
Maçã-de-adão, costela concreta.
Cartas na mesa, poesia, incerteza.
Procura-se a palavra certa.

O certo sai errado.
O certo é complicado…

Meus parabéns,
Marne

Imagen de Angelo

Re: ACERTADA(MENTE)

Bonito poema patricia onde destaco:

Maçã-de-adão, costela concreta.
Cartas na mesa, poesia, incerteza.
Procura-se a palavra certa.

O certo sai errado.
O certo é complicado…

Um grande abraço e os meus parabéns
Melo

Add comment

Inicie sesión para enviar comentarios

other contents of Patrícia Taz

Tema Título Respuestas Lecturas Último envíoordenar por icono Idioma
Poesia/Amor POEMA INACABADO 5 1.386 03/19/2013 - 03:16 Portuguese
Poesia/General ALQUIMIA DA ESCRITA 25 2.135 01/22/2012 - 15:47 Portuguese
Poesia/Dedicada SORVO POÉTICO 24 1.739 01/22/2012 - 15:41 Portuguese
Poesia/Intervención (A)NORMALIDADE DO CÃO QUE O DIABO AMASSOU 18 1.376 06/27/2011 - 17:32 Portuguese
Poesia/Dedicada PERFIL DE VIAGEM 7 1.005 03/29/2011 - 17:18 Portuguese
Poesia/Intervención CONVERSA DE CAMARADAS, PÁ? 3 1.224 03/19/2011 - 23:33 Portuguese
Poesia/Intervención DILEMA OPRIMIDO 8 1.075 03/16/2011 - 16:44 Portuguese
Poesia/Desilusión SOLTA-SE O FIO DA VIDA LÁ DENTRO 8 1.459 02/28/2011 - 16:07 Portuguese
Fotos/Otros Facto Binário 0 1.523 02/20/2011 - 00:39 Portuguese
Poesia/Dedicada POEJET Intercontinental 4 1.223 02/18/2011 - 13:40 Portuguese
Poesia/Canción LEITO DA SAUDADE 8 1.283 02/18/2011 - 12:11 Portuguese
Poesia/Amor VALSA DOS CORVOS 4 888 02/18/2011 - 02:04 Portuguese
Fotos/Paisaje A Sun's Glance 2 2.285 02/16/2011 - 01:37 Inglés
Poesia/Fantasía VOO DE SONHO 5 978 02/11/2011 - 15:58 Portuguese
Poesia/Canción MATÉRIA IMATERIAL 4 1.062 02/11/2011 - 11:05 Portuguese
Fotos/Perfil 1249 0 1.436 11/24/2010 - 00:38 Portuguese
Poesia/Soneto SOBREVIVENTES 0 1.017 11/17/2010 - 23:42 Portuguese
Poesia/Erótico FOTO A PRETO E BRANCO 0 937 11/17/2010 - 23:40 Portuguese
Poesia/Poetrix MATÉRIA IMATERIAL 1 696 08/07/2010 - 14:20 Portuguese
Poesia/Amistad O AVESSO DO INVERSO 2 939 06/08/2010 - 23:18 Portuguese
Poesia/General MAÇO DE NOTAS 1 933 04/23/2010 - 00:17 Portuguese
Poesia/Amor ARLEQUIM 8 1.136 04/20/2010 - 16:13 Portuguese
Poesia/Pasión CHUVAS DE MARÇO 4 902 04/10/2010 - 04:20 Portuguese
Poesia/Pasión COBERTA DE HISTÓRIAS 5 922 04/09/2010 - 19:14 Portuguese
Poesia/Amor PROJECÇÕES 4 476 04/01/2010 - 02:37 Portuguese