A Marquesa de Santos

Paixões Literárias
Teatro: A Marquesa de Santos
Autor: Larry Redon

(Quarto de Domitília. Ela está a espera de D. Pedro I)

Marquesa: Ai! As horas passam! Este tempo cruel que escorre pelos meus dedos! E tu Pedro, que não me apareces! Eu pensei que depois da morte da imperatriz Leopoldina, te teria ao meu lado! Que solidão! Este maldito quarto me sufoca! Meu Deus! E ele não vem!Ai, quantos gritos estou a sufocar no meu peito! Acalme-se Domitília! Não te esqueças que tu és a Marquesa de Santos!
D. Pedro: Domitília!
Marquesa: (corre para ele), Pedro! Meu amor! Eu sabia que aparecerias! Não me abandone, Pedro! Agora com a morte de Leopoldina, seremos felizes, Pedro!
D. Pedro: Não. Não seremos, Domitília! Vim apenas despedir-me de ti!
Marquesa: Que diz? Pedro, não brinques comigo! Sabes, que morreria sem ti! Eu não estou brincando Pedro: se abandonar-me eu me matarei!
D. Pedro: Chega, Domitília! Basta de loucuras! Não foi o bastante tentar matar tua própria irmã, a Baronesa de Sorocaba!
Marquesa: Sim. O meu amor por ti é tão grande, que eu seria capaz de banhar-me com o sangue de minha própria irmã! A tua amante Pedro! Minha irmã e tua amante, Pedro! Eu sou a Marquesa de Santos, Pedro! Mesmo assim eu te perdôo por ter me traído com minha própria irmã!
D. Pedro: Marquesa! Marquesa! Título apenas! Nunca foste à cidade de Santos! Ès uma marquesa que não conhece a cidade que deu-te este título!
Marquesa: Zombas de mim, Pedro! Zombas de meu amor! Eu nunca passei de uma concubina para ti! Sou a Titila como todos dizem! A amante de D. Pedro! A rameira que provocou a morte da Imperatriz do Brasil! Joga-me na face o título que tenho!
D. Pedro: Basta! O povo pede a nossa separação! Guarde na memória os momentos felizes que vivemos, isso te consolará na velhice!
Marquesa: Velhice! Eu já estou velha, Pedro! O meu amor por ti me envelheceu muitos anos!
D. Pedro: Não fales em amor! O que aconteceu conosco foi uma paixão arrebatadora que passou por cima de todos os ideais de moral desta sociedade! Tu entrarás para história como uma rameira e eu como um depravado!
Marquesa: Não, Pedro! Eu não entrarei para história apenas como rameira: eu entrarei para a história também como culpada da morte de tua mulher, a imperatriz do Brasil! Eu, Pedro! Apenas eu! E as outras rameiras que adormeceram em teus braços? Elas não mataram a imperatriz também? Acusam-me! Só a Marquesa de Santos foi a culpada pelos desgostos de Dona Leopoldina? O consola Pedro, é que tanto eu com tu entraremos para o lodo da história!
D.Pedro: Um homem é sempre um homem! Tu és mulher! Tu já nasceste condenada! Estou de casamento marcado com a senhorita Amélia. Não me procures mais, é um desejo dela e de todo o Brasil!
Marquesa: Nasci condenada! Vai-te Pedro! Eu passarei o resto dos meus dias rogando a Deus o perdão dos meus pecados! Eu sou a Marquesa de Santos, Titila como dizem, agora a condenada! Condenada a carregar nos ombros o peso desta paixão!

Submited by

Domingo, Enero 17, 2010 - 01:52

Críticas :

Sin votos aún

Larry

Imagen de Larry
Desconectado
Título: Membro
Last seen: Hace 5 años 50 semanas
Integró: 01/08/2010
Posts:
Points: 689

Add comment

Inicie sesión para enviar comentarios

other contents of Larry

Tema Título Respuestas Lecturas Último envíoordenar por icono Idioma
Videos/Poesía Decadência da Cadência 0 2.173 07/11/2011 - 16:35 Inglés
Videos/Poesía A Gaiola 0 2.519 07/11/2011 - 16:32 Portuguese
Videos/Poesía A Gaiola 0 2.319 07/11/2011 - 16:32 Portuguese
Videos/Perfil 1100 0 1.881 11/24/2010 - 23:10 Portuguese
Videos/Perfil 958 0 1.263 11/24/2010 - 23:06 Portuguese
Videos/Perfil 949 0 1.724 11/24/2010 - 23:06 Portuguese
Videos/Perfil 948 0 1.557 11/24/2010 - 23:06 Portuguese
Videos/Perfil 928 0 1.437 11/24/2010 - 23:06 Portuguese
Ministério da Poesia/Meditación Há um poeta em mim! 0 1.678 11/19/2010 - 19:19 Portuguese
Culinária/Pasteles Bolinho de Cebolinha Verde 0 2.332 11/19/2010 - 12:57 Portuguese
Culinária/Helado Suco de Abacaxi e Hortelã 0 1.720 11/19/2010 - 12:57 Portuguese
Culinária/Entradas Bife de Casca de Banana 0 1.542 11/19/2010 - 12:57 Portuguese
Culinária/Pasteles Bolo Nega Maluca 0 1.192 11/19/2010 - 12:56 Portuguese
Culinária/Postres Bala de Pinga 0 1.198 11/19/2010 - 12:56 Portuguese
Culinária/Otros Bolo Toalha Felpuda 0 1.347 11/19/2010 - 12:56 Portuguese
Culinária/Otros Biscoito Aviador 0 1.986 11/19/2010 - 12:56 Portuguese
Culinária/Pasteles Glacê Real 0 1.121 11/19/2010 - 12:56 Portuguese
Culinária/Otros Geleia de Casca de Frutas 0 1.131 11/19/2010 - 12:56 Portuguese
Culinária/Bebidas Vinho de Gengibre 0 1.165 11/19/2010 - 12:56 Portuguese
Culinária/Sopas Vaca Atolada 0 1.138 11/19/2010 - 12:56 Portuguese
Culinária/Bebidas Aluá de Caldo de Cana 0 1.257 11/19/2010 - 12:56 Portuguese
Culinária/Pasteles Bolo Molhado de Milho Verde 0 1.722 11/19/2010 - 12:56 Portuguese
Culinária/Pasteles Pudim de Leite 0 1.226 11/19/2010 - 12:56 Portuguese
Culinária/Consejos Pão de Liquidificador 0 935 11/19/2010 - 12:56 Portuguese
Culinária/Consejos Bolinhos de Arroz 0 939 11/19/2010 - 12:56 Portuguese