REFLEXÃO E CONCLUSÃO DA PUREZA

Ao ler as primeiras páginas da pureza de alguém, poder-se-á pensar que o texto está imbuído de um certo radicalismo ou eventualmente, caricato. Mas, á medida que se avança percebe-se a honestidade de quem se expõe ao outro pelo outro: de quem gostamos e nos presenteia um convite a essa mesma reflexão. Conclusão: a pureza é nós gostarmos de alguém que gosta de nós.

Submited by

Miércoles, Marzo 26, 2008 - 18:27

Poesia :

Sin votos aún

Henrique

Imagen de Henrique
Desconectado
Título: Membro
Last seen: Hace 5 años 5 semanas
Integró: 03/07/2008
Posts:
Points: 34817

Add comment

Inicie sesión para enviar comentarios

other contents of Henrique

Tema Título Respuestas Lecturas Último envíoordenar por icono Idioma
Videos/Otros Já viram o Pedro abrunhosa sem óculos? Pois ora aqui o têm. 1 36.993 06/11/2019 - 09:39 Portuguese
Poesia/Tristeza TEUS OLHOS SÃO NADA 1 1.606 03/06/2018 - 21:51 Portuguese
Poesia/Pensamientos ONDE O INFINITO SEJA O PRINCÍPIO 4 2.217 02/28/2018 - 17:42 Portuguese
Poesia/Pensamientos APALPOS INTERMITENTES 0 2.139 02/10/2015 - 22:50 Portuguese
Poesia/Aforismo AQUILO QUE O JUÍZO É 0 1.985 02/03/2015 - 20:08 Portuguese
Poesia/Pensamientos ISENTO DE AMAR 0 4.007 02/02/2015 - 21:08 Portuguese
Poesia/Amor LUME MAIS DO QUE ACESO 0 2.684 02/01/2015 - 22:51 Portuguese
Poesia/Pensamientos PELO TEMPO 0 1.682 01/31/2015 - 21:34 Portuguese
Poesia/Pensamientos DA POESIA 0 5.422 01/30/2015 - 23:06 Portuguese
Poesia/Pensamientos DO AMOR 0 1.827 01/30/2015 - 21:48 Portuguese
Poesia/Pensamientos DO SENTIMENTO 0 2.247 01/29/2015 - 22:55 Portuguese
Poesia/Pensamientos DO PENSAMENTO 0 2.362 01/29/2015 - 19:53 Portuguese
Poesia/Pensamientos DO SONHO 0 1.628 01/29/2015 - 01:04 Portuguese
Poesia/Pensamientos DO SILÊNCIO 0 2.818 01/29/2015 - 00:36 Portuguese
Poesia/Pensamientos DA CALMA 0 2.159 01/28/2015 - 21:27 Portuguese
Poesia/Pensamientos REPASTO DE ESQUECIMENTO 0 1.870 01/27/2015 - 22:48 Portuguese
Poesia/Pensamientos MORRER QUE POR DENTRO DA PELE VIVE 0 1.741 01/27/2015 - 16:59 Portuguese
Poesia/Aforismo NENHUMA MULTIDÃO O SERÁ 0 1.748 01/26/2015 - 20:44 Portuguese
Poesia/Pensamientos SILENCIOSA SOMBRA DE SOLIDÃO 0 2.917 01/25/2015 - 22:36 Portuguese
Poesia/Pensamientos MIGALHAS DE SAUDADE 0 1.558 01/22/2015 - 22:32 Portuguese
Poesia/Pensamientos ONDE O AMOR SEMEIA E COLHE A SOLIDÃO 0 1.463 01/21/2015 - 18:00 Portuguese
Poesia/Pensamientos PALAVRAS À LUPA 0 2.388 01/20/2015 - 19:38 Portuguese
Poesia/Pensamientos MADRESSILVA 0 1.425 01/19/2015 - 21:07 Portuguese
Poesia/Pensamientos NA SOLIDÃO 0 1.752 01/17/2015 - 23:32 Portuguese
Poesia/Pensamientos LÁPIS DE SER 0 1.659 01/16/2015 - 20:47 Portuguese