Teus Espinhos

Tuas palavras
Doces como o mel
Não eram mais...
Do que o fel!
Beijos disfarçados
Beijos de serpente
Contaste histórias
Sem memória ...
Julgas- te
Sem julgamento
Achando que eras
Mais que sol...
Esse sim aquece meu rosto
Pena tenho eu,
Daqueles que vão cair
Na tua doce inocência
Sem decência
Que eu nunca acreditei...
Devias saber,
Passou- me tudo ao lado
Tão ao lado...
Que nem te considero
Culpado.

A Rosa que me deste
Morreu...
Secou.
Mas os espinhos não!
Ofereço-tos!
São teus.

 

Submited by

Miércoles, Febrero 23, 2011 - 23:39

Poesia :

Sin votos aún

MariaButterfly

Imagen de MariaButterfly
Desconectado
Título: Moderador Vídeos
Last seen: Hace 7 años 34 semanas
Integró: 08/02/2010
Posts:
Points: 1428

Comentarios

Imagen de Alcantra

O arrependimento, a

O arrependimento, a desilusão. o erro dos olhos que deixa cego o coração... Tudo o mais vira poesia.

Abraços,

Alcantra

Imagen de MariaButterfly

obrigada pelas tuas

obrigada pelas tuas palavras,

e sua visita.

beijos

Imagen de rainbowsky

Espinhos...

Rosa sem perfume,

rosa que queima como lume.

Apenas fica o amargo da serpente maliciosa,

da alma duvidosa,

da frieza certa.

Palavras sempre foram fáceis de dizer, olhares nem sempre fáceis de decifrar.

Por entre as nuvens o sol para aniquilar a dor e a sombra, até que os vestígios que restem já não possam magoar tanto.

 

Pena tenho eu,  (o lamento)
Daqueles que vão cair ( as vítimas)
Na tua doce inocência (uma ternura com  máscara)
Sem decência (porque o fel é bruma)

 

Intenso o poema. Arremessado, como que uma fúria e pena pelos espinhos oferecidos, que em vez de devolvidos, podiam ser "de algodão".

 

Beijo*

 


 

Imagen de MariaButterfly

gostei muito do teu

gostei muito do teu comentario,

da analise que fizeste,

tão certa quanto as palavras,

obrigada, por me leres.

 

beijos

Add comment

Inicie sesión para enviar comentarios

other contents of MariaButterfly

Tema Título Respuestas Lecturas Último envíoordenar por icono Idioma
Poesia/General Em Espelhos partidos Existem sempre reflexos Reflectidos 15 2.545 03/06/2018 - 19:56 Portuguese
Poesia/Tristeza Vingo-me 2 2.391 02/27/2018 - 11:33 Portuguese
Poesia/Dedicada Templo de Alma 4 1.128 06/29/2012 - 21:56 Portuguese
Poesia/General Nenhuma noite é Eterna 6 974 06/26/2012 - 22:28 Portuguese
Poesia/General Tu, tu fazes-me falta 14 1.977 06/26/2012 - 22:27 Portuguese
Poesia/Fantasía Serei...Sou uma Borboleta! 7 1.795 06/26/2012 - 22:26 Portuguese
Poesia/General A Perfeição é uma flor chamada Amor 11 1.000 06/24/2012 - 19:20 Portuguese
Poesia/General Fôlego Luz Vida 6 900 05/23/2012 - 22:52 Portuguese
Poesia/General Sonho? 4 1.174 05/15/2012 - 22:14 Portuguese
Poesia/General No meu último Ritmo ressuscita-me 13 1.916 05/12/2012 - 22:13 Portuguese
Poesia/General Em Ti existe um Fascínio 16 2.805 05/05/2012 - 23:00 Portuguese
Poesia/General És Poesia 11 2.001 05/05/2012 - 22:57 Portuguese
Poesia/General Guiões são Guiões 10 1.246 05/01/2012 - 23:39 Portuguese
Poesia/General A Corda que te Dou 21 1.706 04/20/2012 - 22:23 Portuguese
Poesia/General Faria um Relógio de Sol pra me iluminares 6 1.334 04/11/2012 - 22:08 Portuguese
Poesia/General Longe é o tempo que Te traduz 6 1.426 04/04/2012 - 23:26 Portuguese
Poesia/General Partiste na Noite calaram-se os Pássaros 8 1.099 03/29/2012 - 23:14 Portuguese
Poesia/General Gélida ilusão de Ti 14 1.821 03/29/2012 - 00:42 Portuguese
Poesia/General Só metade tem a Luz 11 1.211 02/29/2012 - 14:51 Portuguese
Poesia/General Todas as tuas Velas estão apagadas 6 994 02/12/2012 - 22:35 Portuguese
Poesia/General Horizonte em Fogo 8 1.586 01/21/2012 - 22:37 Portuguese
Poesia/General Poema gráfico- Sou (quero) 4 3.137 11/30/2011 - 00:17 Portuguese
Poesia/General A Verdade da Alma que habita em Mim 16 1.945 10/28/2011 - 22:04 Portuguese
Fotos/Otros Goodbye 2 2.630 10/24/2011 - 23:58 Portuguese
Poesia/Tristeza Em Gelo Ponto de Fusão 6 1.893 10/07/2011 - 22:50 Portuguese