CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Alhos & bugalhos

Numa voz ao Mundo inclinada
Por toda a obra, nas télas do coração
Grita, com o olhar sinzelado à pincelada
Num fervor auréoleo de compaixão...

Tapei o juízo, soprando ao cérebro um úniverso
Abri, com a vida, varios mundos dispersos...
Só um receio de aglomeração, reduzia-se ao inverso
Fazendo bolhas de sabão, rebentando em protestos...

Foi com o corpo da maçã que matei a minha sede
Com cheiros de ortelã, saciei o corpo verde ...
E, para satisfazer a velhice, o juízo foi julgado
Não sei se estará vazio, ou cheio, para ser pecado...

A Lua sorriu baixinho, em murmúrios prateados
Riscou no mar o caminho, dos amantes encantados;
Cantando pela noite fora, abraçando a solidão...
Brilha ao casal que namora e enternesse o coração...

Vem rolada, no silêncio descoberto
Na minha janela a espreitar...
Ofereço-lhe um sorriso, como um céu aberto
E brinca, para sempre poder brincar.

Submited by

sexta-feira, abril 16, 2010 - 03:24

Ministério da Poesia :

No votes yet

antonioduarte

imagem de antonioduarte
Offline
Título: Moderador Poesia
Última vez online: há 11 semanas 6 dias
Membro desde: 01/09/2010
Conteúdos:
Pontos: 2570

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of antonioduarte

Tópico Títuloícone de ordenação Respostas Views Last Post Língua
Ministério da Poesia/Amor Um Abraço & um Fado 0 596 11/19/2010 - 19:30 Português
Ministério da Poesia/Meditação Branduras 0 883 11/19/2010 - 19:30 Português
Poesia/Soneto Balada que não parece 2 1.239 04/14/2010 - 17:37 Português
Poesia/Pensamentos “Tal Vez…” 0 595 07/01/2012 - 03:52 Português
Ministério da Poesia/Meditação Gráças 0 636 11/19/2010 - 19:30 Português
Ministério da Poesia/Intervenção Cores de um povo 0 1.482 11/19/2010 - 19:30 Português
Ministério da Poesia/Meditação Sem sombras 0 631 11/19/2010 - 19:30 Português
Poesia/Dedicado A ti querida Mãe 0 337 11/18/2010 - 16:06 Português
Poesia/Aforismo Grades 4 2 463 04/12/2010 - 16:34 Português
Ministério da Poesia/Soneto Para lá da palavra 0 672 11/19/2010 - 19:29 Português
Ministério da Poesia/Aforismo TRISTEZAS 0 778 11/19/2010 - 19:25 Português
Poesia/Soneto “De Mim, Fundo No Olhar” 0 1.044 10/18/2012 - 23:47 Português
Poesia/Soneto “Delicado” 3 988 12/04/2013 - 22:15 Português
Poesia/Soneto “Ecos Distantes” 0 1.170 02/22/2013 - 01:16 Português
Poesia/Soneto “Milagre de Flores” 0 713 04/03/2013 - 03:00 Português
Poesia/Soneto “Míopes” 0 694 10/04/2012 - 21:55 Português
Poesia/Soneto “Na Praia” 0 931 09/30/2012 - 11:53 Português
Poesia/Soneto “Perto do Céu” 4 1.395 10/03/2012 - 23:52 Português
Poesia/Soneto “Porte Belo” 0 689 10/07/2012 - 13:09 Português
Poesia/Haikai “Quadra a ti” - ( Ato 6º ) 0 763 10/24/2012 - 15:11 Português
Poesia/Soneto “Terra” 0 1.774 11/07/2013 - 02:02 Português
Prosas/Lembranças “Tornado Pedra” 0 1.248 11/07/2013 - 02:30 Português
Ministério da Poesia/Aforismo !!Òh mar... òh mar... òh mar... 0 437 11/19/2010 - 19:16 Português
Ministério da Poesia/Gótico "A Esganiçada" 5ª história do livro "Estrelas Apagadas" 0 1.350 12/20/2010 - 02:56 Português
Ministério da Poesia/Gótico "A Peregrinação da poesia" Nona história do livro: "Estrelas Apagadas" 0 1.346 12/20/2010 - 03:20 Português