CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

BENNETT ' S MARRIAGE

BENNETT ' S MARRIAGE

http://www.worldartfriends.com/store/791-jamila-mafra-as-lagrimas-dos-anjos-e-os-versos-do-amor.html
 

Com tristeza e angústia suporto essas
Horas de mais absoluta amargura,
Em minha alma jaz o pleno tormento
Responsável pelo meu sofrimento
Isso me apodrece por dentro.

Rios de tristeza são as minhas lágrimas
O sol é feio e não vale nada,
Sou solitária nessa câmara isolada,
Horríveis são os meus dias que
O teu desprezo arruinou!
Nessa estrada você está e aqui me abandonou.

Infelicidade é
Somente o que tenho

Por que me ignoraste do pior jeito?
Longe no hemisfério perfeito vives agora
E eu aqui vivo nessa fossa!
A ti não causa piedade
Saber do meu triste destino?
Eu sei que não
De certo não tens mais coração.

Tenhas certeza de que eu morrerei,
O meu jazigo já preparei.

Ainda assim minhas palavras
Nessas linhas eternizo,
Não tenhas medo de saber
O que eu penso e o que eu sinto,
Um dia saberás que é verdade o que eu digo.
Não te condeno por me ignorares
Contanto que tu não me condenes por
Eu estar falando a verdade.

Tens consciência de que eu vivo?
Horas fazem que olho para o infinito
E lembro – me do teu sorriso!

Me lembro também que agora
As pessoas me olham com descrença,
Riem de mim e ironizam minha presença;
Resultado da loucura que
Insistentemente dizem que eu tenho,
As vezes eu acho que eu realmente tenho
Grande e absurda loucura,
E a culpa disso é apenas tua!

O teu destino está longe do meu
Fui machucada mas ninguém percebeu.

Horas infinitas
Eu vivo de agonia;
Restos de versos sem rima!

De qualquer maneira sei que
Ainda não esqueceste,
Um dia me verás novamente,
Glória tua tens para sempre,
Há tempos vivo eu nesse cativeiro,
Tu fostes quem me chamou primeiro
E eu ingênua acreditei e agora estou com
Restos,metades e meios!

Banalidades!
Risos de verdade?Há muito tempo
Isso pra mim é uma impossibilidade.
Assim com naturalidade
Negligencio essa futilidade,
Não mendigarei a tua piedade,
A minha alma precisa de dignidade!

Todavia espero que guardes
O mínimo de nossas boas lembranças.

Eu sei que tu ainda tens aquele teu
Riso de criança,
Isso eu sempre lembro,
Contudo já não o tenho.

Durante todo o tempo
Em que estive doente
Longe de ti foi pior pra gente.
Yeas !Years of sadness!
Logo minha revolta todos verão,
Eles me oprimem em vão!

Bem sei hoje o quanto seria impossível
Estar algum dia contigo,
Nessas condições que me encontro
Não conseguiria nem mesmo
Esse privilégio de teu abraço sereno,
Tu tens tudo que eu
Tanto não tenho!

Te dei algo muito importante que eu tinha e
Hoje não tenho mais pra dar a ninguém,
Eu infelizmente todo o meu amor te dei.

Sinto saudade do que nunca aconteceu,
O mundo roubou tudo que era meu,
Nos seus olhos não vejo mais os meus!

O destino quer me obrigar a aceitar
Ficar longe de você e assim me conformar.

De maneira nenhuma eu vou me conformar
Em viver longe de você e assim me calar.
Logo que eu puder eu vou te reencontrar,
Yes! Years of sadness! Com
Lágrimas de emoção
Eu molharei teu rosto com as minhas mãos.

Ainda te lembras de quando estávamos sentados
Naquelas escadas, olhastes pra mim e com teus olhos
Disseste – me que me amavas?

Ah! Sei que não te lembras de mais nada,
Não tens tu motivos pra lembrar,
Na tua vida eu não pude entrar
Entretanto não vou me conformar,
Todos os dias eu volto a questionar,
Terei eu algum dia a chance de
Em algum lugar te reencontrar?

Boas lembranças amargam hoje
Essa minha tão boa memória,
Nesse tempo de pura derrota
Não me foi possível
Esquecer a nossa história,
Todos os dias minha mente ainda deseja
Te ver de qualquer maneira.

Os teus cabelos loiros
Nunca sentirão as minhas mãos!

Faço águas de lágrimas em uma só canção,
Regarei assim as flores desta minha humilhação,
Impiedosas hoje as estrelas são,
Delas não terei piedade,não!
A vida me causa stress,
Yeas!Years of sadness!

Durmo sonhando acordada
Eu sonho que estás aqui na minha casa,
Cansei de dormir sonhando acordada,
Eu quero você aqui comigo no sofá da
Minha sala rindo e contando piada!
Bobo e pobre sonho meu!
Eu bem sei que minha alma já perdeu,
Resta apenas a lembrança do olhar teu.

Todas aquelas
Horas em que estive aqui
Incrivelmente foram as melhores pra mim.
Riem do meu pobre rosto
Todos aqueles que não compreendem o meu desgosto,
Eu sei que a corda está no meu pescoço,
Entretanto preciso afrouxá-la um pouco,
Nessa forca já sou um ser morto.

Tantas vezes eu lembrei de você,
What do you will do forever?
O teu pensamento sempre de mim se esquece!

Tudo que eu mais queria era que essas
Horas de agonia fossem da minha vida
O mais rápido possível banidas,
Um minuto apenas basta para que
Sua força tão longínqua
Aqui dentro de mim eu sinta,
Nada do que me disserem me fará
Desistir de te ter um dia.

Tento esquecer a triste realidade,
What is this I fell for you?
Os meus olhos choram lágrimas do sul.

Foi você que me ensinou a não te esquecer,
O caminho que me levou até você
Realmente fez eu me perder.

Toda a noite eu olho para o céu pensando que te verei,
Inutilmente pois eu olho e não vejo ninguém,
Mesmo porque a lua está muito além
E as estrelas estão longe também.
Agora todos pensam que sou apenas uma jovem doente,
Nessa vida que ninguém entende
Desgosto sinto constantemente.

Acredite,eu estou falando a verdade,
Logo você saberá dessa realidade
Louca mas com sanidade.

Eu sei,eu sei,
Tu estás feliz
E com certeza não te
Recordas mais de mim,
Nesse meu destino ruim
Indignamente eu sei que sim,
Toda vez é assim:
Yes!Years of sadness!

Insuportável é ter que viver
Nessa esquina sozinha e sem saber por que.

Todo tempo é mudo e as
Horas também,
Essa casa é tão fria,não vejo ninguém.

Logo que possível vou reencontrar
Os seus olhos azuis pra poder te amar,
Garanto que ninguém vai perceber
A dor da saudade por eu não te ver!
Nessa fogueira tamanha

Todo mundo me acha estranha,
E eu não me conformo com essa existência!
Meus pés tão cansados e tão doloridos
Pisam descalços sobre os espinhos
Levando pro chão o sangue caído,
Esses espinhos ainda estão comigo.

Yes!Years of sadness!
O meu rosto de mulher
Urgi tudo aquilo que minha alma quer.

A sua indiferença tirou a minha fé,
Resta apenas uma perfídia qualquer,
E isso você não sabe o que é.

Insisto num absurdo;
Na minha mente
Viverei sempre de modo
Indigente,simplesmente porque
Tudo que eu quero
Eu não posso ter,
Digo isso pois não

Tenho você,
O que posso fazer?

A vida é realmente
Tão cruel comigo,
Tudo que eu preciso
Eu tenho sempre perdido,
Não entendo por que isso acontece comigo,
De tudo que eu não tenho você é o que mais preciso!

Ah! Se alguém pudesse enxergar a

Real intenção que a vida tem, então
Explodiriam as estrelas do universo em colisão
Com as nuvens de fumaça do vulcão!
Empestar – nos na verdade é o
Propósito do destino,
Todo tempo que pouco nos resta
Impede o nosso progresso que já é
O retrato do regresso
Nesse mundo retrocesso.

Horas infinitas de desprazer e agonia
Enchem a minha vida,
Logo a minha, quem diria!
Desertada e sozinha.

Insuficiente será para sempre
Nessa vida tudo que tentar me fazer contente!


Tentativas inúteis serão, pois
Há algo que nunca mais se regenera,
Eu me sinto triste porque
Infelizmente as coisas que ainda me
Restam pra você não presta.

Hipocrisias escondidas
Omitidas sob as máscaras lá
Na Grécia antiga
Oscilam agora em nossos rostos
Rasgados por um teatro.

O meu sonho já está morto
Nesse mar de puro estorvo.

Fiz uma promessa,
Rasguem minhas vestes se
Incansavelmente eu não
Disser tudo que está em minha mente.
As máculas ainda são recentes!
Yes!My life is moreless!


Duvido ainda que
Eu nesta minha jornada vazia
Conseguirei ser feliz
Em pelo menos um dia,
Muitos me dizem que sou
Bastante jovem ainda,
Entretanto dentro de mim existe uma
Rara velhice escondida.

Todos já sabem porque eu já confessei:
Há em mim um segredo que ainda não revelei,
Insisto em manter em segredo o que
Resta da minha dignidade,
Todo tempo eu penso
Em enfrentar a verdade
E no entanto minha mente
Não reage pra aceitar a realidade.

Tive conformação,mas agora conformada não sou,
Where is my soul?
O mundo pra mim acabou!

Tirei proveito do que aconteceu,
Houve algo que ninguém compreendeu,
O que eu perdi você não me prometeu,
Um dia ainda reconhecerás que
Sua indiferença não quero mais!
As vezes penso de ti não lembrar nunca mais,
No entanto vem teu semblante sagaz
Derramando o perfume das flores más!

Tiro proveito de tudo que acontece,
What go destroy my stress?
O meu sol não mais amanhece.

Forças contrárias
Retardam o meu sucesso,
O que eu não quero é
Morrer sem ter - te por perto.

Se haverá algo para impedir que
Eu manifeste a mácula que
Verão dentro de mim
Eu não sei,o que foi que fiz?
Nesse mundo sou infeliz!

Traguei
O gosto da amargura que

Não sai mais da minha garganta,
Inconsequência de criança!
Na minha infância
Eu cometi uma extravagância.

Por mais que te esquecer eu queira
Minha mente explorada não deixa!

Acho mesmo que isso é um absurdo, sofro com
Tantos distúrbios múltiplos!

Logo que eu puder
Direi a todos como é
Sofrer sozinha andando a pé.

Com tudo isso que eu já disse
Humano algum entenderá
Um só verso que escrevi!
Rabisco palavras pra disfarçar
Com conveniência o que
Há sempre de me atormentar.

Lá naquela estrada vou te reencontrar,
O teu rosto se assustará
Com a minha imagem
Ao de ti me aproximar.
Todos vão acreditar
E ninguém duvidará
Do que eu posso ousar.

O mundo hoje me angustia
Nada me traz alegria.

Falando em alegria
Incrivelmente me resta ainda
Vossa voz na minha bigorna,
Escuto – a toda hora!

Honestamente eu nem planejava escrever nem
Uma única linha desse verso,
No entanto meu desamor é sério,
De qualquer jeito
Releve seu sentimento de fraternidade
E aquela caridade
Deixando em ti crescer a piedade.

What do you doing now?

Tenha sempre um sorriso na face ainda que
Horas de tenro desgosto queiram
Remoer o teu corpo.
Escreva cartas pra mim
Em qualquer momento,quando quiser.

Honra é pra mim
Um dia ter tido você aqui.
Nunca pense mal
De mim pois tudo que faço
Realmente é desejando o melhor pra ti!
Eu espero que sejas feliz,
Deixo essas frases aqui.

Sabes que serei sempre assim.

Hermenêuticas da minha mente!
Eu sei, somente minha consciência entende.
Yes! Years of sadness!
Bobagens da vida com stress.
Um dia você ainda
Reconhecerá que
Não te traí jamais.

Idaho!
Desse lugar nasce o meu amor!
Ainda que me domine a dor
Humildemente sei que jamais vou encontrar
O que o meu destino não cansa de afirmar.
 

JM JAMILA MAFRA

Submited by

quinta-feira, março 3, 2011 - 20:45

Fotos :

No votes yet

jamilamafra

imagem de jamilamafra
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 11 semanas 6 dias
Membro desde: 09/03/2009
Conteúdos:
Pontos: 6052

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of jamilamafra

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Fotos/Artes Aquela Noite Em Auschwitz 0 188 04/14/2020 - 13:35 Português
Poesia/Amor Você Pra Mim 0 904 09/04/2019 - 17:43 Português
Poesia/Desilusão Celebração dos Tolos 0 597 09/04/2019 - 17:34 Português
Poesia/Desilusão Decadência do Terror 0 6.626 09/04/2019 - 17:25 Português
Prosas/Romance Razão de Te Amar (Capítulo 01) na Amazon 0 491 09/04/2019 - 17:19 Português
Fotos/Artes Razão de Te Amar (Ebook Kindle na Amazon) 0 983 08/17/2019 - 19:45 Português
Poesia/Pensamentos Exílio 1 429 07/19/2019 - 15:31 Português
Fotos/Artes Exílio (Ebook Kindle) - Amazon 0 988 07/18/2019 - 00:52 Português
Poesia/Desilusão Outro Céu 0 774 07/07/2019 - 21:01 Português
Poesia/Desilusão A Hora do Adeus 0 2.027 07/07/2019 - 20:58 Português
Poesia/Tristeza Lembrança que Machuca 0 1.529 07/07/2019 - 20:55 Português
Fotos/Arte Digital Nueva York Para Siempre. Tu Amor Es Mi Vida Versión Kindle 0 3.033 07/07/2019 - 20:42 Português
Prosas/Romance AQUELA NOITE EM AUSCHWITZ (na Amazon) 0 632 05/11/2019 - 13:50 Português
Fotos/Artes Um Amor e Um Amigo - Resenha Crítica/ Romance na Amazon 0 1.041 05/10/2019 - 22:40 Português
Fotos/Artes AQUELA NOITE EM AUSCHWITZ. (EBOOK KINDLE) - AMAZON 0 899 04/28/2019 - 21:39 Português
Fotos/Artes Um Amor e Um Amigo - Romance - Ebook Kindle- na Amazon 0 1.296 04/28/2019 - 21:35 Português
Poesia/Desilusão Nos Teus Abraços 0 679 04/18/2019 - 04:08 Português
Poesia/Paixão Labirinto da Paixão 0 2.517 04/18/2019 - 03:43 Português
Poesia/Amor Momento Colorido 0 895 04/16/2019 - 22:50 Português
Poesia/Tristeza Um Pesadelo de Papel 0 1.445 02/22/2019 - 21:27 Português
Fotos/Artes Coração de Areia (na Amazon) 0 1.329 02/22/2019 - 21:08 Português
Fotos/Artes AQUELA NOITE EM AUSCHWITZ. (na Amazon) 0 1.183 02/11/2019 - 01:46 Português
Fotos/Artes Aquela Noite Em Auschwitz (2ª Edição). Dois Amores e a Segunda Guerra Mundial eBook Kindle 0 2.595 01/30/2019 - 20:08 Português
Prosas/Romance Aquela Noite Em Auschwitz (2ª Edição). Dois Amores e a Segunda Guerra Mundial eBook Kindle 0 1.487 01/30/2019 - 20:06 Português
Fotos/Artes FLORES PARA JOSEPH - (na Amazon) Sinopse e Resenha 0 1.763 01/12/2019 - 18:53 Português