CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Agarra-te

Havia um tumulto intenso
em olhares perdidos no mar imenso
as ondas revolviam tempestades
nascidas em mar profundo
e eu que tinha perdido o chão
enjoava

reluziam rugas desenhadas à pressa
apertavam-se mãos em fúria desusada
num barco que à deriva
balançava

Agarra-te ouvia dizer
escrevem para te baralhar
as ideias navegam em confusão
segura o leme

Uma ponta de fio de razão
essa corda de esperança
bordada a pontos luz
na linha do meu horizonte
buscava

Teresa Almeida 26-09-2011


 

Submited by

segunda-feira, setembro 26, 2011 - 08:23

Ministério da Poesia :

Your rating: None Average: 5 (2 votes)

Teresa Almeida

imagem de Teresa Almeida
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 anos 28 semanas
Membro desde: 07/07/2011
Conteúdos:
Pontos: 749

Comentários

imagem de RZorpa

E quantas vezes é a um quase

E quantas vezes é a um quase imperceptível fio de razão, que está presa a nossa vida, a nossa saudável sobrevivencia...

Arrepiante e muito bela a forma como cantas a tua poesia

Beijo de admiração e muito respeito, pela tua arte!

Rui

imagem de Teresa Almeida

Rui Um grande abraço de

Rui

Um grande abraço de gratidão por esse fio que me estendes.

Através dele chega-me uma uma melodia sublime.

imagem de SuzeteBrainer

Um mergulho no teu oceano

Um mergulho no teu oceano vida, a entrega no mistério viver, mas o autoconhecimento leva a um horizonte a conhecer...

Muito belo o teu poema, amiga!!

Bjsmiley

imagem de Teresa Almeida

É verdade amiga, por vezes

É verdade amiga, por vezes andamos à deriva...

As tuas palavras entraram lindamente nas minhas.

Obrigada.

Beijinhos

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Teresa Almeida

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Fantasia A luz do teu poema 14 1.489 01/01/2015 - 20:56 Português
Fotos/Paisagens há uma mágoa que guardo 6 1.129 04/21/2013 - 19:57 Português
Fotos/Pessoais ENCONTRO DE NATUREZA 2 1.013 08/28/2012 - 19:27 Português
Fotos/Paisagens MOMENTO FUGAZ 2 1.141 07/01/2012 - 22:00 Português
Ministério da Poesia/Erótico SENTIDOS 8 936 06/30/2012 - 15:37 Português
Pintura/Paisagem PINCELADAS POÉTICAS de Teresa Almeida 6 1.434 06/12/2012 - 11:49 Português
Fotos/Paisagens Azul infinito 2 1.073 06/02/2012 - 20:58 Português
Poesia/Desilusão Desilusão 4 992 05/10/2012 - 19:00 Português
Fotos/Cidades A Ponte Nova 2 1.594 05/09/2012 - 18:49 Português
Fotos/Natureza PARA SOFIA 1 1.393 05/01/2012 - 16:49 Português
Fotos/Pessoais OUSADIA 8 1.414 04/30/2012 - 15:44 Português
Fotos/Natureza Alvíssaras 0 1.231 04/10/2012 - 12:03 Português
Pintura/Paisagem PINCELADAS POÉTICAS de Teresa Almeida 1 1.640 04/07/2012 - 22:30 Português
Ministério da Poesia/Geral Poema vadio 4 1.106 04/07/2012 - 22:05 Português
Ministério da Poesia/Amor Apanhados 3 1.275 04/05/2012 - 22:03 Português
Ministério da Poesia/Meditação AS PALAVRAS PINTAM-SE NA TELA 8 1.154 03/30/2012 - 00:09 Português
Fotos/Natureza PRIMAVERA 7 1.224 03/29/2012 - 23:56 Português
Ministério da Poesia/Dedicado UMA LÁGRIMA NO OLHAR 12 1.194 03/23/2012 - 10:15 Português
Fotos/Natureza PEDRA A PEDRA 8 1.360 03/23/2012 - 10:09 Português
Fotos/Gentes e Locais A ALGIBEIRA 6 2.659 03/21/2012 - 16:09 Português
Fotos/Nus MULHER 6 1.156 03/11/2012 - 19:41 Português
Fotos/Pessoais SOU A PAIXÃO QUE ME VESTE 20 1.990 03/08/2012 - 16:56 Português
Fotos/Natureza EMOÇÃO 4 1.479 03/07/2012 - 09:25 Português
Fotos/Eventos UMA TOCHA ACESA NA NOITE 8 1.566 02/22/2012 - 10:37 Português
Fotos/Paisagens ACORDA VERDE A POESIA 4 1.154 02/22/2012 - 10:34 Português