CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Na tua boca...

Parte! Pouco me importa que te afastes

Tu que nunca tiveste próximo e que de mim nada sabes!

Não é por despeito que falo, ainda que por vergonha cobrisse

a pele, que nua, é uma extensão da tua.

 


Sorri e pergunta como estou! Que me importa?

Que outras palavras guardas para quem se alimenta

do teu falso reluzir, trágico tesouro, refúgio de um cobarde

que se abriga da própria tormenta?

 


Grita para que todos ouçam! Sim, estou louca!

Que outra te protegeria com a própria vida?

Tu que atentaste contra as minhas mais inocentes esperanças,

te despiste de todas as lembranças que a mim volviam…

 


Ignora! Finge que desconheces a sorte dos ventos que semeias

Gestos de sentimentos fingidos, armadilhas sorridentes:

Engano, engodo, traição e logro!

Cultura de corpos esventrados ou corações penitentes!

 


Que me importa que a tua consciência te deixe dormir?

O teu descanso é falso e a tua moral é vil

Tu que procuras encantos, em alcovas alheias, sabes que

o teu seduzir tem teias e o teu gesto convence apenas a imbecil!

 


Aquela que é a tua nova consorte, que outra sorte não teve,

pois ao comprar a carta sedutora partilha o teu membro viril

Como poderá alguma vez saber que a sua posse te faz pequeno

e que por veneno cometes pecados mil!

 


A mim poupaste-me…

Que sorte a minha!

Vendedor dos sonhos que me fizeram dormir,

o teu beijo traria a morte que tanto anseio alcançar

 


Parte! Pouco me importa que te afastes

Grita para que todos ouçam! Sim, estou louca!

O teu seduzir tem teias e o teu gesto convence apenas a imbecil.

A mim poupaste-me… de morrer como queria, assim, na tua boca.

 

 

Publicado no Blog Broken Wings e no Blog da Rede Socio-Cultural PEAPAZ

Submited by

terça-feira, março 15, 2011 - 11:47

Ministério da Poesia :

No votes yet

Ema Moura

imagem de Ema Moura
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 8 semanas
Membro desde: 03/15/2011
Conteúdos:
Pontos: 317

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Ema Moura

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Amor Nada mais (nona carta) 0 628 09/22/2014 - 18:54 Português
Prosas/Contos «Pele...» 0 577 09/22/2014 - 18:52 Português
Prosas/Erótico Proposta 0 710 09/22/2014 - 18:50 Português
Poesia/Pensamentos Confissões de um conquistador 0 706 09/22/2014 - 18:47 Português
Poesia/Pensamentos Pintura introspectiva 0 854 09/20/2014 - 11:19 Português
Poesia/Pensamentos Silencia o teu amor 0 617 09/20/2014 - 11:17 Português
Prosas/Pensamentos Monólogo da memória 0 579 09/20/2014 - 11:15 Português
Poesia/Paixão Obsessão 0 712 09/20/2014 - 11:10 Português
Poesia/Erótico Tortura, anseio... 1 814 01/27/2013 - 22:47 Português
Prosas/Contos Inspira, relaxa e divaga... Suspira! 2 725 01/27/2013 - 17:40 Português
Prosas/Erótico Outra vez! 2 1.329 01/27/2013 - 17:36 Português
Poesia/Paixão Quero-te outra vez... 0 596 01/27/2013 - 17:08 Português
Poesia/Amor Ouve-me 1 718 01/27/2013 - 16:50 Português
Poesia/Erótico Amarro-te! 3 1.098 01/27/2013 - 16:45 Português
Poesia/Meditação Ofélia 0 692 01/12/2013 - 23:34 Português
Prosas/Contos Brilho 0 805 01/12/2013 - 23:20 Português
Prosas/Contos Esculpidos na pedra 0 603 01/12/2013 - 23:15 Português
Poesia/Amor Espero 0 781 01/12/2013 - 23:10 Português
Prosas/Romance Hoje, o céu é meu... 0 1.000 08/11/2011 - 14:09 Português
Poesia/Meditação Saudade poética 2 901 07/09/2011 - 02:59 Português
Prosas/Erótico O desejo é muito mais que um brilho no olhar... 0 998 07/07/2011 - 23:17 Português
Prosas/Erótico Tortura 0 827 07/07/2011 - 23:13 Português
Prosas/Pensamentos Hoje 0 942 07/07/2011 - 23:06 Português
Prosas/Erótico «Surpresa. Hoje é dia de pagamento!» 0 961 07/07/2011 - 22:59 Português
Prosas/Erótico Saltos inquietos 0 905 07/07/2011 - 22:56 Português