CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

A Sedução da Noite

Tanto clarão que nestas trevas refulgiu,
morreram-me uns poucos medos ao ver assim tanta luz.
Depois, veio a noite e de novo me seduziu,
com seu manto espesso que sempre me seduz.

Quisera eu ser filho deste pó leve de claridade,
seria mais da cor que ilumina os seres maiores.
Mas ai de mim, infeliz vivo fechado em saudade,
no escuro morredoiro dos meus dissabores.

Este poema é de mágoas, dores, ansiedade e desgosto.
Não é coisa de lume forte, esperançoso e colorido.
Tanto clarão, e nem um só que me alumie.

Ai de mim, seduzido por um negrume sem rosto,
que me valham os poucos medos fugidos do sentido,
pois não tenho luz mais forte que me sacie.

 

Casimiro Teixeira

Submited by

quarta-feira, janeiro 4, 2012 - 16:32

Ministério da Poesia :

No votes yet

neomiro

imagem de neomiro
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 7 anos 18 semanas
Membro desde: 02/13/2011
Conteúdos:
Pontos: 550

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of neomiro

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Dedicado O Discurso do Corvo 0 732 04/26/2012 - 23:58 Português
Ministério da Poesia/Desilusão Medo! 0 762 02/21/2012 - 13:36 Português
Ministério da Poesia/Desilusão Tenho-te? 0 861 02/09/2012 - 12:36 Português
Ministério da Poesia/Meditação Monólogo 0 526 01/26/2012 - 14:29 Português
Ministério da Poesia/Desilusão Procuro outro tempo 0 544 01/26/2012 - 14:26 Português
Ministério da Poesia/Paixão É uma dor que nasce aí. 0 1.109 01/13/2012 - 11:17 Português
Ministério da Poesia/Aforismo As mãos. 0 685 01/13/2012 - 11:14 Português
Ministério da Poesia/Amor Longe 0 619 01/13/2012 - 11:12 Português
Ministério da Poesia/Canção Até amanhã. 0 584 01/13/2012 - 11:08 Português
Ministério da Poesia/Gótico A Porta 0 713 01/13/2012 - 11:07 Português
Ministério da Poesia/Intervenção Revolta cá dentro 0 661 01/13/2012 - 11:06 Português
Ministério da Poesia/Alegria Gratidão 0 606 01/13/2012 - 11:04 Português
Ministério da Poesia/Dedicado Esta terra, este Mar. 0 626 01/13/2012 - 11:02 Português
Ministério da Poesia/Dedicado Por ti. 0 869 01/13/2012 - 11:01 Português
Ministério da Poesia/Canção Um poema sem demora 0 705 01/13/2012 - 10:56 Português
Ministério da Poesia/Meditação O Profundo interior. 0 510 01/13/2012 - 10:49 Português
Ministério da Poesia/Aforismo Alma doente 0 611 01/13/2012 - 10:45 Português
Ministério da Poesia/Tristeza Não seremos mais amantes. 0 615 01/13/2012 - 10:42 Português
Ministério da Poesia/Tristeza Mar triste, meu amor. 0 970 01/06/2012 - 15:44 Português
Ministério da Poesia/Desilusão Vazio. 0 605 01/06/2012 - 15:40 Português
Ministério da Poesia/Amor Um quase nada. 0 572 01/06/2012 - 15:33 Português
Ministério da Poesia/Desilusão Farto! 0 565 01/06/2012 - 15:25 Português
Ministério da Poesia/Tristeza Desalento 0 634 01/06/2012 - 15:20 Português
Ministério da Poesia/Dedicado Loucura Memorável 0 512 01/06/2012 - 15:19 Português
Ministério da Poesia/Amor Preciso de ti. 0 914 01/06/2012 - 15:17 Português