CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Afinal eu não sou tão culpada assim

Sentes o aperto no coração
Agora que está distante de mim;
Devia saber que essa ilusão
Não foi causada no fim
Afinal eu não sou tão culpada assim.

Queria ter a sua liberdade
Ser livre para amar quem quisesse
Só não sabia que a saudade
Seria tão severa, mesmo que dissesse
Vá agora e me esquece.

Sou como a nuvem no verão
Que ameniza o sufocante calor
Eu não sofro no coração
Por quem não soube me dar amor
Porque aprendi a superar a dor.

Não tive culpa alguma
Se quis outra vida viver
Vá agora e se acostuma
De qualquer forma me esquecer
Porque em mim vejo a paz renascer.

Só sente solidão quem deseja
Porque na vida temos oportunidade
Os sonhos realiza quem almeja
Alcançar um dia a felicidade
Por isso não sinto nenhuma saudade.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

segunda-feira, outubro 18, 2021 - 18:32

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 3 horas 10 minutos
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 6517

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Paixão Na doçura do teu sorriso 0 37 12/02/2021 - 15:12 Português
Poesia/Intervenção O vale dos esquecidos 0 26 12/01/2021 - 18:51 Português
Poesia/Meditação Que eu saiba 0 33 12/01/2021 - 18:50 Português
Poesia/Pensamentos Sozinho 0 76 11/30/2021 - 18:01 Português
Poesia/Pensamentos Invisibilidade 0 57 11/30/2021 - 17:58 Português
Poesia/Meditação O cavaleiro, a morte e o demônio 0 64 11/27/2021 - 11:26 Português
Poesia/Desilusão Horas silenciosas 0 63 11/26/2021 - 18:42 Português
Poesia/Intervenção Não se pode matar as palavras 0 95 11/24/2021 - 18:18 Português
Poesia/Intervenção Você ainda acredita no amor? 0 263 11/23/2021 - 19:21 Português
Poesia/Desilusão Depois dos corações, as pedras 0 118 11/22/2021 - 19:13 Português
Poesia/Paixão Faz de conta... 0 77 11/22/2021 - 19:11 Português
Poesia/Intervenção Ser negro 0 121 11/20/2021 - 11:13 Português
Poesia/Desilusão Feche a porta ao sair 0 79 11/19/2021 - 21:02 Português
Poesia/Desilusão Não sei andar sozinho 0 224 11/17/2021 - 23:04 Português
Poesia/Meditação Anjos 0 59 11/17/2021 - 22:23 Português
Poesia/Pensamentos Prefiro não escrever 0 72 11/15/2021 - 15:15 Português
Poesia/Meditação Serafins 0 70 11/15/2021 - 15:13 Português
Poesia/Meditação Querubim 0 53 11/15/2021 - 15:11 Português
Poesia/Alegria 48 0 52 11/13/2021 - 11:24 Português
Poesia/Alegria O epílogo dos 47 0 88 11/12/2021 - 18:10 Português
Poesia/Amor A última lua escondida nas montanhas 0 202 11/11/2021 - 20:17 Português
Poesia/Desilusão Quarto vazio 0 74 11/10/2021 - 18:55 Português
Poesia/Intervenção Preconceito social 0 107 11/09/2021 - 22:27 Português
Poesia/Desilusão Não espero que volte 0 72 11/08/2021 - 21:13 Português
Poesia/Desilusão Uma rosa sem espinho 0 70 11/05/2021 - 21:08 Português