CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Alucinação (Poema sobre drogas)

A Cocaína

A primeira vez que a ela fui apresentado
No banheiro da escola
Por um dos meus amigos
Doidão para arrasar na balada daquela noite.
Cheirei a cocaína espalhada na pia
E senti o nariz escorrer
A sensação de liberdade
Fizera-me andar pelas nuvens da imaginação.
As luzes coloridas da boate
O som estridente das músicas eletrônicas
O roçar dos corpos agitados no salão
E a sensação de estar em outro mundo.

Para mim uma experiência única com a cocaína
Não tive coragem de outra vez
Usar na minha vida.
Para meu amigo o início da tragédia.
Meses depois estava viciado
Roubando da própria mãe para sustentar o vício
Clínicas de recuperação
Corpo definhado pela dependência
Sofrimento sem fim para a família
Até o dia fatídico de sua morte.

O Cigarro

Eu via as pessoas fumando
Via nos filmes, via pessoalmente,
Parecia bacana
Queria muito experimentar.
Consegui um maço de cigarros
Nunca esqueço a marca: Free
Escondido de todos eu acendi o primeiro cigarro
Depois outro e outro
A fumaça saindo pela boca e nariz
A sensação de liberdade
De poder
Será que as garotas iriam achar legal?
Era adolescente ainda.
Mas, foi só essa vez.
Nunca mais tive a coragem de colocar
Cigarros em minha boca.

A Maconha

Era um fim de tarde
Fui apresentado a uma galera legal
Fomos para uma casa no centro da cidade
Em volta de uma piscina, na grama,
Todos sentaram em círculo.
O cigarro de maconha
Passava de mão em mão
E cada um dava uma tragada.
A sensação de liberdade
De euforia.
A noite foi pequena para nós.
Madrugada e estávamos na praia do Julião.
Só Deus sabe o que fizemos naquela noite
Porque eu não me lembro de todos os detalhes.
Foi apenas uma vez.

Considerações

Muito se fala sobre as drogas
Conselhos e orientações
Para uma vida sem a dependência das drogas.
Drogas matam
Drogas destroem vidas
Drogas causam alucinações.
Desde a origem da humanidade as drogas existem
E sempre há de existir.
Mas, não podemos tornar-nos reféns das drogas.

Drogas não são apenas essas que citei em meu poema
Mas, tudo aquilo que escraviza o ser humano:
As bebidas,
Os jogos
A pornografia
Torna-nos seres controlados pelos nossos instintos
E transformam as pessoas em escravos.

Liberte-se dessas amarras!
Não use drogas!
Diga NÃO às drogas!

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

segunda-feira, julho 22, 2019 - 20:53

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 horas 7 minutos
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 3924

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Desilusão Nefasto sentimento de um coração iludido 0 5 11/15/2019 - 14:44 Português
Poesia/Desilusão Nego-me a entregar-te meu coração 0 31 11/09/2019 - 02:50 Português
Poesia/Tristeza Saudade cruel 0 37 11/06/2019 - 21:38 Português
Poesia/Amor Descrição de um coração que te ama 0 41 11/03/2019 - 16:06 Português
Poesia/Paixão O sorriso que me deste 0 23 11/02/2019 - 01:34 Português
Poesia/Desilusão Se você não pudesse me ver 0 31 10/31/2019 - 22:51 Português
Poesia/Amor Quando se ama de verdade 0 41 10/29/2019 - 23:51 Português
Poesia/Amor Eu tenho o amor no meu coração 0 101 10/27/2019 - 13:32 Português
Poesia/Amor Como senti sua falta 0 46 10/25/2019 - 21:42 Português
Poesia/Canção Com você estar 0 53 10/24/2019 - 22:39 Português
Poesia/Amor O amor no meu coração 0 47 10/23/2019 - 02:23 Português
Poesia/Meditação O que penso do ser humano? 0 430 10/18/2019 - 02:32 Português
Poesia/Meditação Aprenda a vencer os seus medos 0 897 10/16/2019 - 23:04 Português
Poesia/Tristeza Na minha solidão 0 342 10/14/2019 - 18:28 Português
Poesia/Desilusão Navegando nuvens de ilusão 0 1.190 10/11/2019 - 22:00 Português
Poesia/Alegria Rio Paraguai 0 44 10/11/2019 - 00:20 Português
Poesia/Amor Falo coisas ao coração 0 898 10/09/2019 - 21:22 Português
Poesia/Amor Esperança 0 1.305 10/07/2019 - 22:20 Português
Poesia/Amor Sabes ler o meu olhar? 0 4.510 10/03/2019 - 19:14 Português
Poesia/Desilusão Destino ou devaneios? 0 54 10/02/2019 - 00:38 Português
Poesia/Desilusão Eu quis arriscar 0 2.873 09/30/2019 - 23:49 Português
Poesia/Intervenção O eco dos comunistas 0 67 09/26/2019 - 23:17 Português
Poesia/Desilusão Não te quero mais 0 105 09/24/2019 - 21:44 Português
Poesia/Canção Você olhou o mundo lá fora? 0 84 09/24/2019 - 01:31 Português
Poesia/Amor Suspiro de amor por ti 0 172 09/20/2019 - 19:54 Português