CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

AMBIÇÃO DEMASIADA

 

Ambição demasiada

 

                                               Não ambiciones tudo na vida

                                               O dinheiro nem sempre conta

                                               A morte está garantida

                                               O dinheiro às vezes te apronta

                                               Pouca sorte à partida

                                               Mais vale pouco e constância

                                               Para sempre ser vivida

                                               Com alegria e perseverança

 

 

                                               Actos de amor são sempre

                                               Benvindos p´ra vida ter

                                               Tudo o que ela consente

                                               Sem excessos de morrer

                                               Vida amarga, amor ausente

                                               Quem quer tudo sem saber

                                               Que a vida será contente

                                               Amor é vida, p´ra manter

 

 

 

 

                                               Se deres amor constante

                                               P´ra todos os seus amados

                                               E para os teus semelhantes

                                               Sem olhar aos seus passados

                                               A vitória não está distante

                                              Todos estarão interessados

                                              No amor sempre presente

                                              Todos se sentem lançados

2003-Estêvão

 

 

Submited by

quarta-feira, maio 23, 2012 - 11:12

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

José Custódio Estêvão

imagem de José Custódio Estêvão
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 17 semanas 3 dias
Membro desde: 03/14/2012
Conteúdos:
Pontos: 7749

Comentários

imagem de KeilaPatricia

Gostei bastante. Abraço,

Gostei bastante.

Abraço, ...)...(@

:)

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of José Custódio Estêvão

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação Pensamento 0 340 12/20/2019 - 17:18 Português
Poesia/Meditação Pensamento 0 211 12/20/2019 - 17:13 Português
Poesia/Amor Três coisas 2 257 12/12/2019 - 18:00 Português
Poesia/Geral AS ONDS DO MAR 5 2.395 12/09/2019 - 13:23 Português
Poesia/Fantasia O MEU NOME 0 889 12/14/2018 - 11:36 Português
Poesia/Meditação O TEMPO LEVA TUDO 0 1.151 09/28/2018 - 15:56 Português
Prosas/Pensamentos 34- O HOMEM 6 1.683 03/21/2018 - 16:04 Português
Poesia/Amor VERMELHO 0 1.362 09/04/2017 - 10:13 Português
Poesia/Amor UMA ORQUÍDEA PARA TI 0 1.984 07/17/2017 - 10:50 Português
Poesia/Meditação AS PEDRAS DOS RIOS 0 2.320 06/07/2017 - 09:54 Português
Prosas/Pensamentos PENSAMENTOS 34 0 1.735 05/24/2017 - 11:09 Português
Poesia/Amor AMO-TE COMO ÉS 0 1.724 05/24/2017 - 10:59 Português
Poesia/Meditação SABER SER FRELIZ 0 963 05/09/2017 - 16:51 Português
Poesia/Amizade TU 0 1.157 04/21/2017 - 11:52 Português
Poesia/Meditação PARA DE TE QUEIXAR 2 1.136 03/26/2017 - 20:34 Português
Poesia/Meditação PARA QUÊ MATAR? 5 2.364 03/24/2017 - 12:31 Português
Poesia/Meditação CHEGAR, VER E VENCER 0 1.723 03/13/2017 - 15:57 Português
Poesia/Amor BEIJOS TEUS 0 1.389 02/22/2017 - 11:12 Português
Poesia/Amor OLHANDO O MAR 0 967 02/08/2017 - 11:26 Português
Poesia/Amor SAUDADE 0 1.548 02/01/2017 - 11:29 Português
Poesia/Geral FRIO 0 1.075 01/26/2017 - 11:27 Português
Poesia/Geral FRIO 0 1.193 01/26/2017 - 11:23 Português
Poesia/Fantasia AS ONDAS DO MAR 0 1.045 01/11/2017 - 10:49 Português
Poesia/Meditação AMANHECEU OUTRA VEZ 0 1.259 01/04/2017 - 12:22 Português
Poesia/Alegria RIR 0 2.156 12/21/2016 - 10:58 Português