CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

ANDAR

Ligas a televisão, não assistes nada
trocas de canal como mudas de vida.

Hoje bem, amanhã quem sabe,
morto estás, assim te vejam.

Continuas na procura do que perdura,
escolhes nos dedos o pior programa.

Não tens a quem esquentar a cama,
pássaro ferido, congelado na lama.

encontras fácil o que perdeste primeiro,
és alfaiate a provar o pano,
tenso pedaço espicaçando o resto,
ossos duros estalando na pressa.

No horizonte da tela plana,
herói, para nada andas.

(Pedro Du Bois, PASSAGEM PLURAL)

Submited by

segunda-feira, abril 26, 2010 - 01:51

Poesia :

No votes yet

PedroDuBois

imagem de PedroDuBois
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 7 anos 35 semanas
Membro desde: 03/15/2009
Conteúdos:
Pontos: 1484

Comentários

imagem de Henrique

Re: ANDAR

A solidão!!!

:-)

imagem de angelalugo

Re: ANDAR

Olá caro poeta

Este andar pela vida, lembrou-me
minhas noites onde fico aqui fazendo
exatamente o que escreveu...Adorei

Beijinhos no coração

imagem de PedroDuBois

Re: ANDAR

Oi, Ângela, quem de nós não se sentiu assim algumas vezes.
Grato pela sua leitura e comentário. Abraços, Pedro.

imagem de marialds

Re: ANDAR

Uma ótima descrição da vida.
Adorei, parabens.

imagem de PedroDuBois

Re: ANDAR

Cara Maria, pela importância da sua leitura, agradeço. Abraços, Pedro.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of PedroDuBois

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral CONFUSÕES 1 1.589 02/27/2018 - 12:02 Português
Poesia/Geral AVESSOS 3 1.626 02/27/2018 - 12:01 Português
Fotos/ - Foto 0 4.162 11/24/2010 - 00:39 Português
Críticas/Livros Brisa em Bizâncio, Fernando José Karl 0 1.794 11/19/2010 - 02:39 Português
Críticas/Livros HOMEM NO ESCURO, Paul Auster 0 2.467 11/19/2010 - 02:39 Português
Críticas/Livros AS METAMORFOSES, Murilo Mendes 0 2.725 11/19/2010 - 02:39 Português
Críticas/Livros MATERIA DE POESIA, Manoel de Barros 0 2.805 11/19/2010 - 02:39 Português
Críticas/Livros A ARTE DA PRUDÊNCIA, Baltasar Gracián 0 2.993 11/19/2010 - 02:39 Português
Poesia/Geral PRÊMIOS 0 2.069 11/18/2010 - 16:22 Português
Poesia/Geral ÚNICA TESTEMUNHA 0 1.916 11/17/2010 - 23:56 Português
Poesia/Geral A CASA DIVERSA 0 1.830 11/17/2010 - 23:54 Português
Poesia/Geral CORDAS 0 1.818 11/17/2010 - 23:46 Português
Poesia/Geral ENTREVISTO 0 2.522 11/17/2010 - 23:43 Português
Poesia/Geral (DO QUE SEI) 0 2.912 11/17/2010 - 23:25 Português
Poesia/Geral O COLETOR DE RUÍNAS 0 1.471 11/17/2010 - 23:25 Português
Poesia/Geral BREVES 3 1.929 07/16/2010 - 11:32 Português
Poesia/Geral RELEMBRANÇAS 0 1.187 07/13/2010 - 12:46 Português
Poesia/Geral AMARES 1 1.961 07/10/2010 - 00:13 Português
Poesia/Geral MAR ABERTO 0 1.620 07/09/2010 - 19:00 Português
Poesia/Geral A ÁRVORE PELA RAÍZ 1 1.315 04/29/2010 - 01:06 Português
Poesia/Geral ANDAR 5 2.047 04/28/2010 - 02:28 Português
Poesia/Geral BAILAR 4 1.669 04/26/2010 - 04:12 Português
Poesia/Geral ARES DA TERRA 2 1.621 04/23/2010 - 21:45 Português
Poesia/Geral LIBERDADE 3 1.572 04/21/2010 - 19:56 Português
Poesia/Geral PEDRAS 2 1.291 04/18/2010 - 17:30 Português