CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Anestesia

Penso agora eu que não pensei,
Com que habilidade irei lidar
Com as coisas que nunca dominei tão bem?
O mal nescessário de uma despedida inevitável.

Penso agora que nunca pensei,
Na importância de cada momento que agora congela
No tempo, e queima dentro de mim.
E quais velhos consolos voltarão a fazer parte de uma nova dor?

Penso agora que nunca mudei.
Mas, talvez eu goste disso, inconscientemente.
Com que habilidade poderei representar um personagem
Que nunca me agradou?

Penso que já não quero pensar mais.
Pois tudo morre num espaço de poucas e pesadas palavras,
Eternizadas por bocas que já foram tão unidas.
Inconsequentes somos ao unir diferenças tão fatais.

Penso que pensar rouba o tempo que temos pra viver.
Então deixemos para trás as culpas e seus culpados,
Pois o ontem não melhora o hoje,
E amanhã contemplaremos, velhos, a estante das memórias sem saudosismo.

Submited by

sábado, fevereiro 5, 2011 - 08:43

Poesia :

No votes yet

solanjedere

imagem de solanjedere
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 8 anos 1 semana
Membro desde: 03/31/2010
Conteúdos:
Pontos: 243

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of solanjedere

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Soneto A Mente 0 609 11/19/2010 - 18:27 Português
Ministério da Poesia/Soneto O Cigarro 0 534 11/19/2010 - 18:27 Português
Ministério da Poesia/Soneto Ferimentos 0 602 11/19/2010 - 18:27 Português
Ministério da Poesia/Acrósticos A Paz 0 672 11/19/2010 - 18:27 Português
Ministério da Poesia/Amor H.O.J.E 0 640 11/19/2010 - 18:27 Português
Ministério da Poesia/Geral Estamos todos bien 0 582 11/19/2010 - 18:27 Português
Ministério da Poesia/Aforismo O retorno 0 456 11/19/2010 - 18:27 Português
Ministério da Poesia/Meditação O silêncio 0 577 11/19/2010 - 18:27 Português
Ministério da Poesia/Geral Amor 0 594 11/19/2010 - 18:27 Português
Ministério da Poesia/Aforismo Resistansen 0 584 11/19/2010 - 18:27 Português
Ministério da Poesia/Aforismo Ela 0 637 11/19/2010 - 18:27 Português
Ministério da Poesia/Gótico No meu jardim 0 639 11/19/2010 - 18:27 Português
Ministério da Poesia/Soneto O começo do fim 0 534 11/19/2010 - 18:27 Português
Ministério da Poesia/Amor Sobre o amor 0 566 11/19/2010 - 18:27 Português
Ministério da Poesia/Geral Time is a serial killer. 0 561 11/19/2010 - 18:27 Português
Ministério da Poesia/Amor ...e dos amores, rancores! 0 477 11/19/2010 - 18:27 Português
Fotos/ - 3351 0 645 11/23/2010 - 23:54 Português
Fotos/ - 3352 0 603 11/23/2010 - 23:54 Português
Fotos/ - Paraty-RJ- Brazil 0 477 11/23/2010 - 23:54 Português
Fotos/ - 3354 0 567 11/23/2010 - 23:54 Português
Fotos/ - 3355 0 669 11/23/2010 - 23:54 Português
Fotos/ - 3356 0 617 11/23/2010 - 23:54 Português
Fotos/ - Paraty-RJ 0 591 11/23/2010 - 23:54 Português
Fotos/ - home. 0 666 11/23/2010 - 23:54 Português
Fotos/ - 3365 0 625 11/23/2010 - 23:54 Português