CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Aproximação...

Latente meu desejo de ver-te
Da solidão escapo temerosa
Na partida a ilusão da chegada
Da lágrima perdida a luz sentida

Na lápide chorei a tua partida
Dando vida e cor a existência perdida
A flores já desfalecidas e envelhecidas
No lugar distante onde foste sem mim

Sinto-me perdida, no sonho da vida
Choro o choro doido da minha alma sofrida
Na lápide partida pelo tempo que passa
Lágrimas guardadas aos meus olhos vem

No peito trago a dor da saudade sentida
Choro corroído pelo tempo é copioso
Perdida em não te amar passei a chorar
Amor que agora é local de partida

Sempre estou a chorar na lápide fria
Meu tempo que se aproxima de lá estar
Minha lágrima que fascina a vida que se vai
As flores a irrigar meu pranto irá rolar.

Submited by

segunda-feira, setembro 14, 2009 - 22:08

Poesia :

No votes yet

marialds

imagem de marialds
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 29 semanas
Membro desde: 03/31/2009
Conteúdos:
Pontos: 2887

Comentários

imagem de leticia

Re: Aproximação...

aproximar-se na morte...
aproximar-se da morte.
a morte não me causa tristeza, talvez ela seja triste por saber que ainda muito viverei.
amo!
Abçs!
Lê!!!

imagem de MarneDulinski

Re: Aproximação...

marialds!

Aproximação...

Lindo demais teu poema, o personagem é fiel ao seu grande e inesquecível amor, parece-me que em vida morreu também, como seu amor que se foi!
Meus parabéns, o futuro do personagem só depende dele, continuar com essa saudade, com essa fidelidade, ou recomeçar nova vida...
MarneDulinski

imagem de Henrique

Re: Aproximação...

A aproximação dos seres é algo inigualável!

:-)

imagem de analyra

Re: Aproximação...

"Sinto-me perdida, no sonho da vida
Choro o choro doido da minha alma sofrida
Na lápide partida pelo tempo que passa
Lágrimas guardadas aos meus olhos vem"

Empresta estes versos a minha alma que hoje está muda?
Lindo mesmo...

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of marialds

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Tristeza Separação 0 713 07/22/2015 - 20:11 Português
Poesia/Geral Veja 0 1.051 07/19/2014 - 03:55 Português
Prosas/Pensamentos Pensamentos 0 833 03/02/2014 - 02:55 Português
Prosas/Pensamentos Pensamentos 0 1.103 03/02/2014 - 02:47 Português
Prosas/Pensamentos Pensamentos 0 688 03/02/2014 - 02:41 Português
Prosas/Pensamentos Pensamentos 1 1.392 12/20/2013 - 21:17 Português
Prosas/Outros Frase 0 918 11/28/2013 - 00:50 Português
Fotos/Natureza Flores popularmente chamadas de "Damas da Noite" 0 1.492 11/28/2013 - 00:44 Português
Poesia/Geral Noite de Solidão 0 1.244 11/27/2013 - 23:23 Português
Poesia/Geral Fria Madrugada 2 1.388 11/27/2013 - 22:34 Português
Poesia/Geral Cotidiano 2 969 11/18/2013 - 00:57 Português
Poesia/Fantasia Ser em Sombras 0 835 05/12/2013 - 00:30 Português
Poesia/Geral A Flor da Pele 2 1.109 06/24/2012 - 21:48 Português
Poesia/Geral Solidão de nos Dois. 2 1.061 06/17/2012 - 20:39 Português
Poesia/Geral Passagem 0 788 06/17/2012 - 02:57 Português
Poesia/Geral Momentos 1 1.346 03/30/2012 - 10:04 Português
Poesia/Geral Teu Perfume 0 1.304 03/30/2012 - 05:04 Português
Poesia/Geral Espectro 0 1.086 03/30/2012 - 04:56 Português
Poesia/Geral Na Face do Menino 2 1.139 01/22/2012 - 03:59 Português
Poesia/Geral Tombados 0 872 01/21/2012 - 03:32 Português
Fotos/Paisagens Estrada de nuvens. 0 2.627 01/15/2012 - 22:38 Português
Poesia/Haikai Sem Titulo 0 1.124 01/15/2012 - 22:00 Português
Poesia/Haikai Sem Título 0 1.006 01/15/2012 - 21:59 Português
Poesia/Tristeza Apenas Lembranças 0 1.003 01/15/2012 - 21:56 Português
Poesia/Soneto Livro de bolso 0 2.171 09/17/2011 - 05:15 Português