CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

ATALHO

 

Gostaria muito de evitar este tema
Que para o mundo é um problema
Aqueles que estão fora do sistema
Que vivem num verdadeiro dilema

Buscam, e não encontram trabalho.
Não tem caminho apenas um atalho
Nestes versos a tristeza eu espalho.
E mostro que o ser humano é falho

Não é fácil encontrar uma solução
Nem acabar com tanta corrupção
Que mancha e aniquila uma nação
Marginalizando a sua população

A injustiça nossa mãe natureza cobra
O homem é a sua mais suprema obra
Para saciá-lo esta mãe se desdobra
Na medida certa, não falta ou sobra.

Há milênios nosso planeta permanece
Recebendo do sol o calor que aquece
Ao merecedor e até quem não merece
Ricos e pobres à sepultura um dia desce

Nestas estrofes eu faço uma lembrança
Para este mundo ainda resta esperança
Em Deus eu coloco a minha confiança
Perante Ele somos ainda uma criança
 

José Carlos Gueta

Submited by

sábado, abril 16, 2011 - 10:16

Poesia :

No votes yet

poetadoabc

imagem de poetadoabc
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 20 semanas 5 dias
Membro desde: 09/05/2009
Conteúdos:
Pontos: 6463

Comentários

imagem de MarneDulinski

  Maravilos seu poema,

 

Maravilos seu poema, gostei demais, meus parabéns!

Anexo versos que destaco:

Nestas estrofes eu faço uma lembrança
Para este mundo ainda resta esperança
Em Deus eu coloco a minha confiança
Perante Ele somos ainda uma criança

Um abração,

MarneDulinski
 

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of poetadoabc

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Paixão PASSAPORTE 2 770 11/08/2009 - 05:43 Português
Poesia/Intervenção LUA, NÃO A DESTRUA! 4 618 11/07/2009 - 22:22 Português
Poesia/Meditação CEMITÉRIOS 2 543 11/05/2009 - 00:55 Português
Poesia/Meditação VIRTUDES 5 572 11/05/2009 - 00:23 Português
Poesia/Amizade POEMAS SÃO FLORES 4 913 11/02/2009 - 19:05 Português
Poesia/Tristeza DESIGUALDADE 3 723 11/01/2009 - 21:56 Português
Poesia/Dedicado POETA DOS FAXINEIROS 4 809 11/01/2009 - 15:33 Português
Poesia/Alegria SANDUBA DE MORTA(N)DELA 1 499 11/01/2009 - 09:52 Português
Poesia/Soneto SONETO SONECA 1 872 10/31/2009 - 05:13 Português
Poesia/Intervenção VAMOS SALVAR O NOSSO PLANETA? 2 570 10/31/2009 - 05:10 Português
Poesia/Amizade MUDA DE VIDA AGORA 3 599 10/31/2009 - 03:54 Português
Poesia/Tristeza DESINTELIGÊNCIA 4 539 10/30/2009 - 11:31 Português
Poesia/Amor O SOLTEIRO 3 371 10/30/2009 - 11:29 Português
Poesia/Alegria BRINQUEDOS 4 909 10/30/2009 - 04:35 Português
Poesia/Dedicado TONICO & TINOCO: CHUÁ, CHUÁ... CHUÊ, CHUÊ! 6 701 10/29/2009 - 01:39 Português
Poesia/Meditação MOTO PERPÉTUO 6 975 10/29/2009 - 01:04 Português
Poesia/Geral PÁSSARO FERIDO 3 408 10/28/2009 - 14:10 Português
Poesia/Geral POESIA NA ESCOLA 2 627 10/27/2009 - 18:03 Português
Poesia/Intervenção EXEMPLO DE BOA AÇÃO 2 553 10/27/2009 - 15:46 Português
Poesia/Geral TROTE É PARA CAVALO 3 475 10/26/2009 - 11:49 Português
Poesia/Dedicado PARANAPIACABA 4 231 10/26/2009 - 02:58 Português
Poesia/Geral VIDE BULA 2 847 10/26/2009 - 02:40 Português
Poesia/Tristeza FAVELA 4 471 10/24/2009 - 03:33 Português
Poesia/Alegria O ROBOT 3 469 10/24/2009 - 03:31 Português
Poesia/Dedicado A HISTÓRIA DO CORINTHIANS 3 319 10/24/2009 - 03:29 Português