CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Autofagia

A minha escuridão é plena e ilustrada,
Figura as marcas da razão desidratada,
Deste animismo opaco e oblíquo ao desatino
Que vela a melodia destrutiva do meu destino,

A compulsão é o fracasso que carrego eloqüente,
Da esperança tácita que transpiro descrente
Ao bosque negro que dá forma a esta ausência
Em meus sonhos, o corte é a ordem da ambivalência,

E uma vez mais sinto a velha posse postergar,
As melodias que, com pus, insistem em apregoar,
Desgraças lúdicas em meus passos desconfigurados,

Pois o mesmo fantasma rompe a noite vencida
Recitando esta sina que já floresce amanhecida,
Eu congrego a romaria de todos demonios amargurados.

"E eu, somente eu, hei de ficar trancado
Na noite aterradora de mim mesmo!"
Augusto dos Anjos. Trevas

Submited by

segunda-feira, abril 26, 2010 - 03:47

Poesia :

No votes yet

malentacchi

imagem de malentacchi
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 10 anos 12 semanas
Membro desde: 06/22/2009
Conteúdos:
Pontos: 704

Comentários

imagem de Henrique

Re: Autofagia

Pois o mesmo fantasma rompe a noite vencida
Recitando esta sina que já floresce amanhecida...

Um ciclo que se repete na alma de quem sente a vida nas letras!!!

:-)

imagem de malentacchi

Re: Autofagia

Primeiramente gostaria de pedir sinceras desculpas pela formatação digital do soneto. Ocorreram algumas quebras de linha, mas tudo bem!

E em segundo, agradeço imenso todos que leram e se interessaram pelos meus versos. Obrigado mesmo pelos comentários calorosos, certamente não mereço tantos. Estou honrado!

Forte abraço!

imagem de JoaoSimao

Re: Autofagia

Deixa que te diga que após ler alguns dos teus poemas não fiquei indiferente! O Corvo e a Lâmina também está genial!!!

Existem duas, e apenas duas palavras, que te podem descrever e à escrita que tua alma emana: Genialidade Poética...

Nós carimbamos pela diferença! Gostei de ler pois teus poemas não são só sobre amor.

O teu vocabulário é algo de outro mundo! Defino-o como uma volta e 360º sobre a alma!

Assemelho-te a Camões.

Sem mais demoras me despeço com um abraço e que nunca alteres tua sinalética espiritual! Carimbar p'la diferença :)

João Simão

imagem de Outro

Re: Autofagia

Muito Bom Malentacchi! Gostei Muito!!

imagem de angelalugo

Re: Autofagia

Olá poeta

Embora a tristeza impere em seu poema
gostei de ter lido e admirado a sua
escrita...

Beijinhos no coração

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of malentacchi

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Tristeza Lamúrias 0 1.219 03/21/2011 - 04:53 Português
Poesia/Tristeza O Torniquete Atenuado 0 1.343 02/28/2011 - 02:25 Português
Poesia/Tristeza Solve et Coagula 0 876 02/28/2011 - 02:22 Português
Poesia/Tristeza Incompreensível (Como Tantos Outros) 2 1.112 01/26/2011 - 01:13 Português
Poesia/Soneto O Aviltamento do Verso 0 1.013 01/26/2011 - 01:03 Português
Poesia/Tristeza Quando os Espectros Machucam A Carne 0 1.149 01/26/2011 - 01:00 Português
Poesia/Tristeza Primaveras Mortas 0 1.087 01/19/2011 - 02:22 Português
Poesia/Tristeza Escrita Inferior 0 1.227 01/02/2011 - 20:59 Português
Poesia/Tristeza Mais Uma Injúria Afásica Para Os Pronomes Em Primeira Pessoa 0 973 01/02/2011 - 20:56 Português
Poesia/Tristeza Dificuldades Com o Verso Amaldiçoado 0 1.018 12/26/2010 - 20:57 Português
Poesia/Tristeza Exi[s]t-ência 0 838 12/26/2010 - 20:55 Português
Poesia/Tristeza Entre A Sociopatia E A Filosofia Dos Não Valores 0 1.644 12/22/2010 - 04:13 Português
Poesia/Tristeza Uma Alegoria Para As Almas Desgraçadas 0 1.597 12/22/2010 - 04:05 Português
Poesia/Tristeza Conclave Para Um Diálogo Entres Sombras 0 1.640 12/22/2010 - 04:00 Português
Poesia/Tristeza Sobre a Perversidade e seus Hematoversos 0 1.503 12/21/2010 - 05:52 Português
Poesia/Tristeza A Filosofia dos Túmulos 0 1.507 12/21/2010 - 05:50 Português
Poesia/Tristeza Da Ínfima Procura 0 1.635 12/21/2010 - 05:49 Português
Poesia/Tristeza A Exumação de Todas As Minhas Mortes 0 820 12/21/2010 - 05:48 Português
Poesia/Tristeza Exurgent mortius at ad me venient (o morto se levante e venha a mim) 0 1.233 12/17/2010 - 05:23 Português
Poesia/Tristeza Um Punhado de Versos Fúnebres Para Josef K. 0 1.371 12/17/2010 - 05:21 Português
Poesia/Tristeza A Proeminência da Falha 0 966 12/17/2010 - 05:19 Português
Poesia/Tristeza Ode à Tânatos 0 1.058 12/17/2010 - 05:16 Português
Videos/Perfil 855 0 1.249 11/24/2010 - 23:04 Português
Videos/Perfil 482 0 1.375 11/24/2010 - 22:58 Português
Videos/Perfil 481 0 1.713 11/24/2010 - 22:58 Português