CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Baile Celestial

Cai à noite, um chão de estrelas a brilhar
Luz de prata a iluminar, melodia celestial a tocar
Vou dançar marcando meus passos nos teus a esperar
No fogo resplandecente de estrelas a me encantar
Vou dançar a dança da noite, do som de anjos a tocar
Primeiro me visto de ouro, para brilhar, de diamante para iluminar
Depois danço sem cansar, meus passos ao luar prateado
O orfeão celestial não para a orquestra, a música invade a imensidão
Trombetas anunciam a música iniciar, que o baile continuar vai
Segue-se o murmurar de harpas, violino aos ouvidos iluminar
O chão de estrelas brilha e meus pés saltitam ao passo marcar
De repente holofotes se ligam e sou dourada na luz de prata
A dançar só a tu espera, o salão de baile é imenso e vazio
Tu não estas la, tem a marcação dos cantos celestial a te esperar
E vou só dançar a luz do luar nos ponto de estrelas só
Na solidão do sempre que me deixaste.
Bela, eu estou a te esperar, cheia de brilho e ardor
Na imensidão do salão da noite e tu não chegarás
Então só ficarei a dançar em pontos luminosos a brilhar
Sou estrela dourada bela que a espera esta.

Submited by

segunda-feira, junho 8, 2009 - 05:17

Poesia :

No votes yet

marialds

imagem de marialds
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 anos 41 semanas
Membro desde: 03/31/2009
Conteúdos:
Pontos: 2886

Comentários

imagem de AlessandraBorges

Re: Baile Celestial

Seu texto tras esperança...esta não deve morrer nunca!
Muito legal!

imagem de jopeman

Re: Baile Celestial

Uma celeste melodia, esta que brota das tuas palavras
Gostei imenso
Bjos

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of marialds

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Tristeza Separação 0 1.234 07/22/2015 - 20:11 Português
Poesia/Geral Veja 0 1.862 07/19/2014 - 03:55 Português
Prosas/Pensamentos Pensamentos 0 1.175 03/02/2014 - 02:55 Português
Prosas/Pensamentos Pensamentos 0 1.456 03/02/2014 - 02:47 Português
Prosas/Pensamentos Pensamentos 0 1.212 03/02/2014 - 02:41 Português
Prosas/Pensamentos Pensamentos 1 1.845 12/20/2013 - 21:17 Português
Prosas/Outros Frase 0 1.318 11/28/2013 - 00:50 Português
Fotos/Natureza Flores popularmente chamadas de "Damas da Noite" 0 2.307 11/28/2013 - 00:44 Português
Poesia/Geral Noite de Solidão 0 1.628 11/27/2013 - 23:23 Português
Poesia/Geral Fria Madrugada 2 2.060 11/27/2013 - 22:34 Português
Poesia/Geral Cotidiano 2 1.611 11/18/2013 - 00:57 Português
Poesia/Fantasia Ser em Sombras 0 1.294 05/12/2013 - 00:30 Português
Poesia/Geral A Flor da Pele 2 1.748 06/24/2012 - 21:48 Português
Poesia/Geral Solidão de nos Dois. 2 1.432 06/17/2012 - 20:39 Português
Poesia/Geral Passagem 0 1.215 06/17/2012 - 02:57 Português
Poesia/Geral Momentos 1 1.825 03/30/2012 - 10:04 Português
Poesia/Geral Teu Perfume 0 1.722 03/30/2012 - 05:04 Português
Poesia/Geral Espectro 0 1.471 03/30/2012 - 04:56 Português
Poesia/Geral Na Face do Menino 2 1.675 01/22/2012 - 03:59 Português
Poesia/Geral Tombados 0 1.253 01/21/2012 - 03:32 Português
Fotos/Paisagens Estrada de nuvens. 0 3.334 01/15/2012 - 22:38 Português
Poesia/Haikai Sem Titulo 0 1.621 01/15/2012 - 22:00 Português
Poesia/Haikai Sem Título 0 1.276 01/15/2012 - 21:59 Português
Poesia/Tristeza Apenas Lembranças 0 1.400 01/15/2012 - 21:56 Português
Poesia/Soneto Livro de bolso 0 2.664 09/17/2011 - 05:15 Português