CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Bruxas

Uma gárgula me reflete,
fantasmas me seguem
e demônios me habitam.
É tempo das bruxas
e de suas faces esdruxúlas.

Será vã a Epopéia do Bardo,
só leio o urro do Leopardo.
Fera atiçada
nessa noite de "São Nada".

Junto meu delírio à luz do Poste,
mas não há Lua que se mostre.
Blasfemo contra a Divindade
e proclamo a Luxúria na Cidade.

Mas, no fundo, temo a Maldade.
Fecho olhos e janela
e o terror me invade.

Eu queria novo Tempo de Bondade...
Durmo a metade
e sonho saudade.

Submited by

terça-feira, julho 14, 2009 - 00:36

Poesia :

No votes yet

fabiovillela

imagem de fabiovillela
Offline
Título: Moderador Poesia
Última vez online: há 5 anos 44 semanas
Membro desde: 05/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 6158

Comentários

imagem de marcodias

Re: Bruxas

Isto é para mim poesia.

As duvidas e as questões...

Só questionando encontraremos algo...

Gostei.

Abraço

imagem de KeilaPatricia

Re: Bruxas

"Eu queria novo Tempo de Bondade...
Durmo a metade
e sonho saudade."

bom...

:-)

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of fabiovillela

Tópico Título Respostasícone de ordenação Views Last Post Língua
Prosas/Outros Arne NAESS - Filósofos Modernos e Contemporâneos 0 1.906 06/27/2012 - 12:32 Português
Poesia/Fantasia Rex Tirano Candidato 0 1.543 09/18/2010 - 23:40 Português
Prosas/Outros Filosofia Moderna e Contemporânea - ORTEGA y GASSET, José - o Livre-Arbítrio - Eu sou eu e as minhas circunstâncias. 0 2.082 05/22/2012 - 23:25 Português
Poesia/Amor Laços e Fitas 0 1.231 05/16/2013 - 20:28 Português
Poesia/Geral 21 de Brasil 0 1.080 04/21/2013 - 16:14 Português
Poesia/Dedicado Lusos Poetas 0 1.406 11/17/2010 - 23:42 Português
Poesia/Geral Por quem 0 1.863 11/17/2010 - 23:42 Português
Poesia/Amor Ceia 0 1.853 11/17/2010 - 23:43 Português
Poesia/Geral Escritas 0 1.683 11/17/2010 - 23:46 Português
Poesia/Soneto Soneto Leve 0 2.464 11/17/2010 - 23:46 Português
Poesia/Amor Brilho 0 2.601 11/17/2010 - 23:46 Português
Poesia/Amor O Tarô e o Amor 0 1.036 11/17/2010 - 23:46 Português
Poesia/Geral Que 0 2.834 07/23/2009 - 21:35 Português
Poesia/Tristeza Febre 0 2.130 11/17/2010 - 23:50 Português
Poesia/Geral Faça-se 0 4.759 11/17/2010 - 23:50 Português
Poesia/Geral Canário 0 952 11/17/2010 - 23:50 Português
Poesia/Geral Indigências 0 1.246 11/17/2010 - 23:51 Português
Poesia/Tristeza Hotéis 0 1.928 11/17/2010 - 23:53 Português
Poesia/Aforismo Cultivar 0 1.705 11/17/2010 - 23:54 Português
Poesia/Tristeza Morfina 0 1.493 11/17/2010 - 23:54 Português
Poesia/Amor Corpos 0 1.225 08/27/2009 - 05:15 Português
Poesia/Geral Intervalo e Avenida 0 888 05/30/2013 - 16:56 Português
Poesia/Geral O Sol e a Sereia 0 1.498 11/17/2010 - 23:54 Português
Poesia/Geral Cultura de Almanaque 0 1.704 11/17/2010 - 23:58 Português
Prosas/Outros Schopenhauer e o Idealismo Alemão - O Suicidio - Parte VIII 0 2.082 06/30/2014 - 21:53 Português