CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Carmem de volta para a Vida

A morte bateu a porta de minha casa
Em nebuloso e burburinho nada percebi
Entorpecida desfalecida sem a razão me sentia
Profunda perda em min’alma doida já sofrida

Meu amado partira sem motivo torpe sentido
Na solidão d’alma mergulhei a dor me partia
Eis que a morte agora me vem beijar com paixão
Apática adormeço em abismo inexplorado sem senso

O medo adormece luto a luta dos vencedores
Visões atravessam minha mente cansada
Cala imóvel sofro a procura do sol da vida
Radiante brilho me ilumina despertar de minha visão

Sou vida e paixão, sonho e amor sai do casulo
Eterna e apaixonada aporto a vida novamente
Sou a Carmem que canta sorri e gargalhadas da
Novamente sou vida, alegria paixão poesia e amor

Vejo meus frutos darem frutos arvore da vida cresce
Meus rebentos a felicidade trazem novamente sou avó
E mais uma vez ingrata morte sopra sua brisa em minha face
Adormeço o sono do homem para não adormecer o sono da morte

Acordo luzes brilham rostos passam ligeiros vozes se pronunciam vejo respiro e sinto
Novamente estou de volta à vida que me seduz e me apaixona a cada gota de segundo
.

[color=003333][b]Este dedicado fiz para uma amiga poetisa cuja a vida em 04 anos foi toda modificada primeiro a viuvez depois um Acidente Vascular Cerebral(derrame) ficou hemiplégica e por 06 meses não falou.
Recuperada, novamente foi acediada pela morte, suas artérias Carotidas estavam obstruídas e novo Acidente vascular Cerebral(derrame) a ameçava, passou por cirurgia delicada.
Quando de volta colocou o título deste poema como seu nome no Orkut.
Ela tem duas edições de seus trabalhos em Antologias patrocinadas pela Lei de Incentivo a Cultura no Brasil.
Trabalhos estes feitos após sua viuvez e já hemiplégica.
Este é um depoimento que não pode entrar no Orkut por causa de seu tamanho mas tambem é um dedicado.
Carmem Luisa Braga é uma mulher de luta e apaixonada pela vida[/b].[/color]

Submited by

quinta-feira, maio 13, 2010 - 04:40

Poesia :

No votes yet

marialds

imagem de marialds
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 anos 20 semanas
Membro desde: 03/31/2009
Conteúdos:
Pontos: 2887

Comentários

imagem de Anonymous

Re: Carmem de volta para a Vida

Maria,
o que senti ao ler e reler depois da explicação que fez à dedicatória, foi pura emoção.
Curvo-me perante a memória dessa sua amiga e a sua
sensibilidade.
Permite-me que a abrace?
Vóny Ferreira

imagem de Gisa

Re: Carmem de volta para a Vida

Belíssima homenagem a alguém que realmente merece! Grande abraço

imagem de marialds

Re: Carmem de volta para a Vida

Obrigada Gisa, tinhas que conhecer a Carmem para ver sua paixão pela vida nunca esta sem sorri, se tens orkut procura com o título da poesia que vais acha-la.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of marialds

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Tristeza Separação 0 1.085 07/22/2015 - 19:11 Português
Poesia/Geral Veja 0 1.471 07/19/2014 - 02:55 Português
Prosas/Pensamentos Pensamentos 0 1.057 03/02/2014 - 01:55 Português
Prosas/Pensamentos Pensamentos 0 1.358 03/02/2014 - 01:47 Português
Prosas/Pensamentos Pensamentos 0 1.064 03/02/2014 - 01:41 Português
Prosas/Pensamentos Pensamentos 1 1.706 12/20/2013 - 20:17 Português
Prosas/Outros Frase 0 1.219 11/27/2013 - 23:50 Português
Fotos/Natureza Flores popularmente chamadas de "Damas da Noite" 0 2.074 11/27/2013 - 23:44 Português
Poesia/Geral Noite de Solidão 0 1.529 11/27/2013 - 22:23 Português
Poesia/Geral Fria Madrugada 2 1.837 11/27/2013 - 21:34 Português
Poesia/Geral Cotidiano 2 1.447 11/17/2013 - 23:57 Português
Poesia/Fantasia Ser em Sombras 0 1.091 05/11/2013 - 23:30 Português
Poesia/Geral A Flor da Pele 2 1.477 06/24/2012 - 20:48 Português
Poesia/Geral Solidão de nos Dois. 2 1.282 06/17/2012 - 19:39 Português
Poesia/Geral Passagem 0 1.077 06/17/2012 - 01:57 Português
Poesia/Geral Momentos 1 1.694 03/30/2012 - 09:04 Português
Poesia/Geral Teu Perfume 0 1.628 03/30/2012 - 04:04 Português
Poesia/Geral Espectro 0 1.344 03/30/2012 - 03:56 Português
Poesia/Geral Na Face do Menino 2 1.515 01/22/2012 - 02:59 Português
Poesia/Geral Tombados 0 1.122 01/21/2012 - 02:32 Português
Fotos/Paisagens Estrada de nuvens. 0 3.164 01/15/2012 - 21:38 Português
Poesia/Haikai Sem Titulo 0 1.495 01/15/2012 - 21:00 Português
Poesia/Haikai Sem Título 0 1.178 01/15/2012 - 20:59 Português
Poesia/Tristeza Apenas Lembranças 0 1.269 01/15/2012 - 20:56 Português
Poesia/Soneto Livro de bolso 0 2.535 09/17/2011 - 04:15 Português