CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Cascas de ferida

Plástico sangue

Sobre minha pele

Vermelho - plástico

Riso elástico

Sorriso forçado

Trocamos de canal

Trocamos bom dia

Boas tardes

Se bebessemos, beberíamos o defunto

Treze em um só funeral

Mas não trocaríamos o dia

Não trocaríamos nossos filhos

Irmãos ou sobrinhos

Pois somos afinal

Um povo que precisa de circo

De aberrações e divertimentos

Tragédias e lamentos

Que nos lembrem de estarmos vivos

Que mantenham nossos olhos grudados no pavimento

Do futuro sinalizado por antenas de TV

Assistimos a tudo revoltados

Afinal os coitados

Serão aqueles que estarão encarcerados

Teus filhos meu amigo

Na escola

E você atrás das grades de seu portão

Todos nós pedindo esmola

Migalhas de liberdade e educação

Segurança não se faz na cintura

Não se faz com cameras

Nem com detectores de metais

Começa por investimentos na area de educação, cultura e ciências sociais...

 

Submited by

sábado, abril 16, 2011 - 02:57

Poesia :

No votes yet

ZiZi

imagem de ZiZi
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 anos 19 semanas
Membro desde: 08/23/2009
Conteúdos:
Pontos: 274

Comentários

imagem de MarneDulinski

Lindo texto, onde abordas a

Lindo texto, onde abordas a segurança, entre outras!

Concordo com você, a segurança... 

Começa por investimentos na area de educação, cultura e ciências sociais...

Meus parabéns,

MarneDulinski

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of ZiZi

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral Cascas de ferida 1 687 04/16/2011 - 03:58 Português
Fotos/ - 2163 0 914 11/24/2010 - 00:45 Português
Fotos/ - 1680 0 938 11/24/2010 - 00:40 Português
Fotos/ - 1681 0 854 11/24/2010 - 00:40 Português
Fotos/ - 1682 0 907 11/24/2010 - 00:40 Português
Poesia/Geral 0 454 11/18/2010 - 15:58 Português
Poesia/Geral 52 e meio 0 524 11/18/2010 - 00:00 Português
Poesia/Geral Reflexo 1 408 04/10/2010 - 04:47 Português
Poesia/Geral Afagos na Desilusão 3 486 03/06/2010 - 13:32 Português
Poesia/Geral Na minha voz 2 500 03/06/2010 - 04:16 Português
Poesia/Geral Castelos da Infância 2 415 03/06/2010 - 04:14 Português
Poesia/Geral Jantar 2 406 11/21/2009 - 19:03 Português
Poesia/Geral Hi! Hello! 1 478 11/21/2009 - 06:41 Português
Poesia/Geral Brazilian wax 1 557 11/21/2009 - 05:39 Português
Poesia/Geral Esmola p´ra play 4 487 11/01/2009 - 23:21 Português
Poesia/Geral Reforma Agraria 2 464 11/01/2009 - 00:49 Português
Poesia/Geral Aquecedor de baixo custo para chuveiro 3 441 10/30/2009 - 21:08 Português
Poesia/Geral Corredor do tribunal 3 483 10/30/2009 - 18:30 Português
Prosas/Mistério PERNA AMPUTADA 2 635 10/07/2009 - 16:11 Português
Poesia/Geral Vitimas inocentes 2 436 10/07/2009 - 15:06 Português
Poesia/Geral Vicio 1 485 09/28/2009 - 12:41 Português
Poesia/Geral Atemporal 1 593 09/28/2009 - 12:37 Português
Poesia/Geral Classificados 2 430 09/27/2009 - 15:38 Português
Poesia/Geral Atualizado o passado, renovada a dor 1 420 09/27/2009 - 03:56 Português
Poesia/Geral Calo me calo 2 452 09/27/2009 - 01:17 Português