CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Castelos de ilusões

Assola-me o teu corpo endiabrado qual vulcão
Que me asfixia numa sã e energética loucura
Relembro o toque da tua pele
O sabor quente da tua boca feita doçura!

Passeio por castelos de antepassados remotos
Adivinho-lhes a existência dura e cruel
Também a minha existência é feita de nuvens que choram
Trazendo com elas, ao longe na planície o fel!

Vidas feitas de efémero algodão doce
Almas de olhos no chão implorando perdão
Quero ser ave solta que não tem caminho de regresso
Recuso-me a cair de novo nas teias da ilusão!

Ergo os braços ao vento soltando ecos
Meus olhos alcançam a planície para além da tempestade
Só tu não me sais do pensamento
Ficarás para sempre com o nome de saudade!

Submited by

quinta-feira, setembro 4, 2008 - 09:04

Poesia :

No votes yet

AnaMaria

imagem de AnaMaria
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 anos 45 semanas
Membro desde: 05/14/2008
Conteúdos:
Pontos: 431

Comentários

imagem de Henrique

Re: Castelos de ilusões

Um poema com arte, razão e sentimento!!!

:-)

imagem de mariamateus

Re: Castelos de ilusões

Vidas feitas de efémero algodão doce
Almas de olhos no chão implorando perdão
Quero ser ave solta que não tem caminho de regresso
Recuso-me a cair de novo nas teias da ilusão!

Intenso,este seu desabafo.
estou sensibilizada, ;-)
entendo tão bem o que sente,

Adorei!!!

Bjo

imagem de zizo

Re: Castelos de ilusões

Um hino à sua poesia AnaMaria.
Belo!
Bjs

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of AnaMaria

Tópico Título Respostasícone de ordenação Views Last Post Língua
Fotos/ - 367 0 815 11/24/2010 - 00:35 Português
Fotos/ - 360 0 896 11/24/2010 - 00:35 Português
Fotos/ - 359 0 843 11/24/2010 - 00:35 Português
Fotos/ - 366 0 996 11/24/2010 - 00:35 Português
Videos/Perfil 135 0 866 11/24/2010 - 22:48 Português
Poesia/Aforismo Vazio 1 251 02/24/2010 - 21:36 Português
Poesia/Amor Delírio nocturno 1 245 02/26/2010 - 00:25 Português
Poesia/Dedicado Personagem de mistério 1 195 02/26/2010 - 00:29 Português
Poesia/Geral Orgasmo oceânico 1 391 02/26/2010 - 11:48 Português
Poesia/Desilusão Armadilha da mente 1 487 02/26/2010 - 12:25 Português
Poesia/Amor Momentos de eternidade 1 306 02/26/2010 - 13:13 Português
Poesia/Meditação Sufoco 1 289 02/26/2010 - 13:20 Português
Poesia/Tristeza Fuga 1 174 02/26/2010 - 13:31 Português
Poesia/Poetrix Partilha 2 328 05/17/2008 - 23:33 Português
Poesia/Aforismo Silêncio 2 193 05/20/2009 - 21:45 Português
Poesia/Aforismo Saudade 2 146 02/24/2010 - 22:13 Português
Poesia/Geral Espontânea loucura 2 279 02/24/2010 - 22:19 Português
Poesia/Meditação Espiral do tempo 2 303 02/26/2010 - 00:14 Português
Poesia/Fantasia Cativa do abismo 2 282 02/26/2010 - 12:02 Português
Poesia/Aforismo Desprendimento 2 220 02/26/2010 - 12:17 Português
Poesia/Tristeza Efemeridade 2 286 02/26/2010 - 12:40 Português
Poesia/Meditação Passagem 2 268 02/26/2010 - 13:01 Português
Poesia/Dedicado Serenidade 2 265 02/26/2010 - 13:28 Português
Poesia/Amor Memórias 2 251 02/26/2010 - 13:35 Português
Poesia/Desilusão Fluir 2 194 02/26/2010 - 13:38 Português