CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

CASTRO ALVES e eu

(Me chamaram de poeta e eu
resolvi acreditar. Daí, tomei
a liberdade de fazer esta
poesia junto com Castro Alves)
...

Gente, eu preciso vender  livros
e fazer meu pé de meia,
e poder me sustentar.

Bendito quem semeia
livros à mão cheia
e manda o povo pensar.

Leitura traz muita calma;
é o universo na palma
da mão de quem quer sonhar.

E o livro caindo n’alma
é germe que faz a palma,
é chuva que faz o mar.

Em homenagem:
Castro Alves, 1870
J. Thamiel, ainda...

Submited by

sexta-feira, novembro 24, 2017 - 16:23

Poesia :

No votes yet

J. Thamiel

imagem de J. Thamiel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 horas 13 minutos
Membro desde: 05/02/2016
Conteúdos:
Pontos: 3234

Comentários

imagem de J. Thamiel

resposta

Toda honra ao príncipe dos poetas.
Eu não tenho asas para voar tão alto como ele.

Albatroz! Albatroz! águia do oceano,
Tu que dormes das nuvens entre as gazas,
Sacode as penas, Leviathan do espaço,
Albatroz! Albatroz! dá-me estas asas.

imagem de lucio

Eu e Castro Alves

Muito boa esta tua poesia. Tu e Castro Alves formariam uma bela dupla de poetas.

imagem de lucio

Eu e Castro Alves

Muito boa esta tua poesia. Tu e Castro Alves formariam uma bela dupla de poetas.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of J. Thamiel

Tópico Título Respostasícone de ordenação Views Last Post Língua
Poesia/Geral O TEMPO - (Parte 5, FINAL) 0 1.697 05/06/2016 - 12:12 Português
Poesia/Geral O TEMPO - (Parte 4) 0 886 05/06/2016 - 11:46 Português
Poesia/Geral FEZ-SE A LUZ 0 1.225 04/09/2018 - 17:49 Português
Poesia/Geral O POETA QUE VEIO DO FRIO 0 2.724 07/17/2019 - 13:21 Português
Poesia/Geral REFLEXÃO DE UM PIRILAMPO 0 616 07/13/2019 - 14:47 Português
Poesia/Geral A M É M 0 850 07/09/2019 - 14:38 Português
Poesia/Pensamentos PALAVRAS 0 1.812 05/07/2016 - 19:56 Português
Poesia/Geral L U T A 0 896 04/10/2018 - 15:26 Português
Poesia/Amor Ao Meu querido irmão 0 914 05/07/2016 - 17:40 Português
Poesia/Desilusão ESTRANHA ESTÓRIA, NÃO É AMOR? 0 1.082 07/05/2017 - 21:10 Português
Poesia/Geral EL TIEMPO 0 1.661 09/26/2018 - 16:13 Espanhol
Poesia/Geral O TEMPO - (Parte 3) 0 2.202 05/06/2016 - 11:32 Português
Poesia/Geral L U T A 0 1.688 04/10/2018 - 22:21 Espanhol
Poesia/Geral AMANHÃ TEM MAIS 0 1.943 06/23/2019 - 14:26 Português
Poesia/Geral SE EU TIVESSE UMA BOIADA... 0 976 04/03/2018 - 12:40 Português
Poesia/Fantasia VALSA AO LUAR 0 514 03/14/2020 - 12:26 Português
Poesia/Geral DESCABIDO 0 1.112 07/11/2017 - 12:13 Português
Poesia/Geral E NO SÉTIMO DIA DESCANSOU... 0 473 03/09/2020 - 13:48 Português
Poesia/Geral CABOCLO 0 729 03/03/2020 - 18:40 Português
Poesia/Geral VOCÊ VAI LER? ENTÃO SENTE! 0 220 08/10/2020 - 11:58 Português
Poesia/Geral SE HIJO LA LUZ 0 1.245 04/25/2018 - 16:37 Espanhol
Poesia/Fantasia POETISA ASSASSINA 0 724 07/04/2016 - 12:52 Português
Poesia/Geral CAFÉ DA TIA MARIA 0 1.075 07/05/2016 - 10:49 Português
Poesia/Fantasia ANO NOVO, NOVA ERA? 0 864 01/03/2020 - 18:09 Português
Poesia/Amor REDENCIÓN 0 1.484 06/17/2019 - 15:19 Espanhol