CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Celebração dos Tolos

 
Exílio eBook Kindle na Amazon 
por Seyed Morteza Hamidzadeh (Autor), Jamila Mafra (Tradutora)
Livro de poemas do meu amado amigo o escritor Iraniano Seyed Morteza H., que eu traduzi com muito  carinho do inglês para o português. 

https://www.amazon.com.br/dp/B07FW63KPS?__mk_pt_BR=%C3%85M%C3%85%C5%BD%C...

Palavras tocantes de um poeta irianiano que segue em busca da paz através de seus versos e de modo único fala sobre as guerras constantes enfrentadas pelo ser humano e principalmente por seu povo no oriente médio. 
Seyed Morteza Hamidzadeh nasceu, cresceu e vive em um mundo completamente diferente daquele que muitos de nós conhecemos. Mas ele não é diferente de qualquer um de nós. 
Sim, ele enfrenta a morte, insegurança e desordem diariamente, mas isso não o torna menos humano ou real do que o resto de nós. 
Hamidzadeh nasceu para ser um soldado. Não um soldado de ódio ou guerra, mas um soldado do coração e da paz.

Celebração dos Tolos
 
Permanecemos na celebração dos tolos,
Mas você deveria ter dito que os olhos
Ainda não estão abertos.
 
A frieza nos ossos
Me mantém firme!
Desde a manhã do oeste
Você grita fora do tempo,
Braveja os lamentos
Da glória que brilhava
Sobre sabedorias indiferentes,
Sem medo de perder mais que o suficiente
De uma imagem melhor que a surpresa
Dos olhos abertos em uma câmera pequena.
 
Permanecemos na celebração dos tolos,
Mas eu deveria saber que os olhos
Ainda não estão abertos.
 
Desde que nos conhecemos
Eu subi mais alto,
Eu ganhei asas
Do olhar das teimosas palavras!
 
Permanecemos na celebração dos tolos,
Mas você deveria ter dito que os olhos
Ainda não estão abertos,
Permanecemos dançando cegos.

 
 
 

Submited by

quarta-feira, setembro 4, 2019 - 16:34

Poesia :

No votes yet

jamilamafra

imagem de jamilamafra
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 20 semanas 1 dia
Membro desde: 09/03/2009
Conteúdos:
Pontos: 6049

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of jamilamafra

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Desilusão O Medo das Crianças 0 866 11/18/2010 - 15:31 Português
Poesia/Tristeza Devastação Final 0 877 11/18/2010 - 15:31 Português
Poesia/Desilusão Milhões de Dólares 0 571 11/18/2010 - 15:31 Português
Poesia/Comédia Avós Maternos 0 714 11/18/2010 - 15:31 Português
Poesia/Comédia O Caminhão da Mudança ( CRAZY MOVE ) 0 901 11/18/2010 - 15:31 Português
Poesia/Amor A Morte do Amor 0 659 11/18/2010 - 15:31 Português
Poesia/Meditação Massacre das Bonecas 0 404 11/18/2010 - 15:31 Português
Poesia/Meditação Controvérsias 0 442 11/18/2010 - 15:32 Português
Poesia/Tristeza Almoço de Cachorro 0 764 11/18/2010 - 15:32 Português
Poesia/Desilusão O Amor Que Se Foi Com o Vento ( A Fúria da Natureza ) 0 906 11/18/2010 - 15:32 Português
Poesia/Tristeza Premonição Para O Futuro ( A Queda dos Asteróides ) 0 496 11/18/2010 - 15:32 Português
Poesia/Meditação Misérias Multinacionais ( Coca-Cola e a Nestlé ) 0 1.244 11/18/2010 - 15:32 Português
Poesia/Meditação TESTAMENTO DE MORTE 0 828 11/18/2010 - 15:32 Português
Poesia/Amor BENNETT MARRIAGE 0 1.211 11/18/2010 - 15:35 Português
Poesia/Tristeza A PIADA QUE EU COMECEI 0 496 11/18/2010 - 15:39 Português
Poesia/Amor VOUS OU LA MORT 0 981 11/18/2010 - 15:39 Português
Poesia/Comédia Quem ou o Que Você Mandaria Embora Pra Outro Planeta Bem Longe Daqui? 0 1.002 11/18/2010 - 15:39 Português
Poesia/Tristeza A DOR QUE NÃO TERMINA 0 1.032 11/18/2010 - 15:40 Português
Poesia/Amor BRAZIL, Amo-te Mesmo Assim 0 862 11/18/2010 - 15:40 Português
Poesia/Tristeza Tarde de Sábado 0 691 11/18/2010 - 15:41 Português
Poesia/Tristeza Hora do Adeus 0 1.337 11/18/2010 - 15:41 Português
Poesia/Desilusão O SEU FINGIMENTO 0 804 11/18/2010 - 15:41 Português
Poesia/Tristeza Hoje O Céu Chorou Comigo 0 852 11/18/2010 - 15:41 Português
Poesia/Amor Segredos Do Paraíso 0 724 11/18/2010 - 15:41 Português
Poesia/Tristeza OS VERSOS QUE ESCREVI QUANDO NINGUÉM SABIA ONDE EU ESTAVA 0 1.256 11/18/2010 - 15:41 Português