CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

A CHUVA MOLHA AS ALMAS DISTRAÍDAS

A chuva, lá fora, molha as almas distraídas
e o oráculo boceja o hálito tépido da última oferenda.
As imponentes colunas do capitólio vigiam as fúteis vidas
dos plebeus, dos patrícios, e do general em sua tenda.

A vestal letárgica dorme nos degraus do templo,
irresponsável, se esqueceu de alimentar o fogo sagrado.
O seu castigo, às outras, servirá de exemplo.
Seu degredo, sua escravidão, seu destino está vaticinado.

Roma se sustenta arrogante em sua glória frágil, temerária,
enquanto tinge a arena com sangue de dilaceradas feridas.
Seus heróis são lutadores, que se arrogam em fama lendária,
enquanto a chuva, lá fora, molha as almas distraídas.

J. Thamiel
Guarulhos, 21.01.2021
12:32h

...PARA VOCÊ...

Submited by

quinta-feira, janeiro 21, 2021 - 16:35

Poesia :

No votes yet

J. Thamiel

imagem de J. Thamiel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 dia 18 horas
Membro desde: 05/02/2016
Conteúdos:
Pontos: 3571

Comentários

imagem de J. Thamiel

Obrigado pelo seu inteligente

Obrigado pelo seu inteligente comentário.

Bem, as almas distraídas são uma referência a todo ser humano
dentro do império romano. Me refiro aos escravos públicos, aos
escravos privados, à plebe, inclusive à casta privilegiada dos patrícios,
posteriormente aos cristãos. A arrogância romana era tão grande
ou até maior que às dimensões do próprio império que conseguiram formar.
A prepotência, na verdade, foi uma característica de todos os imperadores,
governadores das províncias, cônsules e pró-cônsules. Poderia
existir maior prepotência do que se considerar "deus"?

O povo romano, como ainda acontece hoje com a maioria dos povos,
se acostumou com a situação e se tornaram cegos (distraídos).

Quanto ao 666, poderei falar em outra oportunidade.

A história nos diz que Nero tocou fogo em Roma. Nero se justificou acusando
os cristãos. Isto é uma mentira para tornar interessante a estória. Ninguém
sabe, como se iniciou o incêndio em Roma. Provavelmente uma revolta popular.

imagem de Maria Letra

Caro amigo J. Thamiel,

Caro amigo J. Thamiel, segundo o meu entendimento do final da última estrofe, deduzo que que se refere à diferença entre os patrícios (pagãos) que se divertiam dentro das arenas romanas, à custa das almas sofridas, à época em total aniquilação do emergente ideal cristão em que a clandestinidade e o sofrimento eram o verdadeiro "pão e vinho" da vida. Estes primeiros cristãos foram os verdadeiros mártires e percursores da civilização moderna. Há quem diga - e eu especialista não sou - que Nero é o dito 666, ou no Livro da Revelação (Apocalipse) a chamada "Besta".
Percebi bem ou estou completamente desaparafusada do contexto?

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of J. Thamiel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral REFLEJO DE UNA GALINNA 0 26 05/05/2021 - 16:46 Português
Poesia/Geral O POETA FERIDO 3 270 04/22/2021 - 20:43 Português
Poesia/Desilusão AGORA É SAUDADE 0 212 04/21/2021 - 15:14 Português
Poesia/Fantasia H A R M O N I A 4 304 04/07/2021 - 15:39 Português
Poesia/Geral A CHUVA MOLHA AS ALMAS DISTRAÍDAS 0 202 04/03/2021 - 16:13 Português
Poesia/Geral REFLEJO DE UNA GALLINA 0 187 03/11/2021 - 18:39 Espanhol
Poesia/Geral R E F L E X Ã O DE U M A G A L I N H A 0 308 03/11/2021 - 17:38 Português
Poesia/Desilusão D E S T I N O 0 425 03/10/2021 - 13:24 Português
Poesia/Fantasia R E V E R Ê C I A 0 477 02/28/2021 - 19:01 Português
Poesia/Amor PERDIDOS NO TEMPO 0 327 02/25/2021 - 22:55 Português
Poesia/Poetrix GUARULHOS HOJE 0 714 02/23/2021 - 20:03 Português
Poesia/Amor O MAIS BELO POEMA FEITO PARA VOCÊ 0 375 02/18/2021 - 20:19 Português
Poesia/Amor TUA BELEZA 0 225 02/15/2021 - 13:49 Português
Poesia/Amor O ETERNAMENTE 0 314 02/15/2021 - 12:39 Português
Poesia/Amor UMA ILUSÃO LETAL 1 333 02/13/2021 - 20:20 Português
Poesia/Geral JOSÉ DE TAL 1 138 02/10/2021 - 22:42 Português
Poesia/Geral CORAL DE MARMANJOS 1 201 02/10/2021 - 22:27 Português
Poesia/Geral E, AS VACAS ? 1 223 02/10/2021 - 22:20 Português
Poesia/Geral PORQUE ME TORNEI POETA 4 328 02/10/2021 - 12:36 Português
Poesia/Amor FLORES DE HORTELÃ 0 216 02/05/2021 - 23:55 Português
Poesia/Haikai VENTO ANDALUZ 0 255 02/05/2021 - 18:27 Português
Poesia/Fantasia SOLIDÃO - (Rimas interpoladas) 3 295 02/04/2021 - 10:24 Português
Poesia/Fantasia TROAM TROVAS TRIVIAIS 0 257 02/03/2021 - 20:44 Português
Poesia/Desilusão SONHO PERDIDO - (ensaio de rimas) 0 220 02/03/2021 - 18:56 Português
Poesia/Geral PALAVRA NÃO IMPRESSA 3 331 02/02/2021 - 17:12 Português