CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

A CHUVA NÃO PÁRA DE CAIR




A chuva não pára de cair

 

 

 

Ainda chove tanto lá fora,

A minha alma recorda e chora,

Do tempo em que era menino do chão,

Queria comer e não tinha pão.

 

Recordo a chuva que na cama caía,

Quer fosse de noite ou de dia,

E eu cheio de frio chorava tanto,

Encolhido no chão a um canto.

 

O vento assobiava no postigo,

Este sibilar esquecer não consigo,

Assim como o ruído da chuva a cair,

E a fome que teimava em não sair.

 

O meu corpo tremia tanto de frio,

Que mais parecia um desafio,

Entre a vida que queria viver,

E a fome que me queria comer.

 

Aquela chuva era tão fria,

Que me arrepiava quando caía,

E eu desejava tanto o seu cessar,

E a minha alma não parava de chorar.

 

Aquelas gélidas gotas pareciam lágrimas,

Que caíam das nuvens altíssimas,

Eu zangava – me com o divino,

Por me castigar de tão pequenino.

 

Por isso quando ouço a chuva a cair,

Sinto a recordação a surgir,

No meu bem estar de agora,

Onde me sinto bem a toda a hora.

 

Este passado está na minha mente,

E eu não quero que ele se ausente,

Quero – o sempre agarrado a mim,

Até chegar o momento do meu fim.

 

 

 

 

Tavira, 23 de Fevereiro de 2010 – Estêvão

Submited by

sábado, fevereiro 9, 2013 - 11:50

Poesia :

No votes yet

José Custódio Estêvão

imagem de José Custódio Estêvão
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 8 horas 25 minutos
Membro desde: 03/14/2012
Conteúdos:
Pontos: 7731

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of José Custódio Estêvão

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Fantasia O MEU NOME 0 175 12/14/2018 - 10:36 Português
Poesia/Meditação O TEMPO LEVA TUDO 0 171 09/28/2018 - 14:56 Português
Poesia/Geral AS ONDS DO MAR 0 280 07/25/2018 - 08:53 Português
Prosas/Pensamentos 34- O HOMEM 6 617 03/21/2018 - 15:04 Português
Poesia/Amor VERMELHO 0 832 09/04/2017 - 09:13 Português
Poesia/Amor UMA ORQUÍDEA PARA TI 0 818 07/17/2017 - 09:50 Português
Poesia/Meditação AS PEDRAS DOS RIOS 0 697 06/07/2017 - 08:54 Português
Prosas/Pensamentos PENSAMENTOS 34 0 964 05/24/2017 - 10:09 Português
Poesia/Amor AMO-TE COMO ÉS 0 1.068 05/24/2017 - 09:59 Português
Poesia/Meditação SABER SER FRELIZ 0 486 05/09/2017 - 15:51 Português
Poesia/Amizade TU 0 547 04/21/2017 - 10:52 Português
Poesia/Meditação PARA DE TE QUEIXAR 2 684 03/26/2017 - 19:34 Português
Poesia/Meditação PARA QUÊ MATAR? 5 607 03/24/2017 - 11:31 Português
Poesia/Meditação CHEGAR, VER E VENCER 0 598 03/13/2017 - 14:57 Português
Poesia/Amor BEIJOS TEUS 0 761 02/22/2017 - 10:12 Português
Poesia/Amor OLHANDO O MAR 0 567 02/08/2017 - 10:26 Português
Poesia/Amor SAUDADE 0 650 02/01/2017 - 10:29 Português
Poesia/Geral FRIO 0 502 01/26/2017 - 10:27 Português
Poesia/Geral FRIO 0 610 01/26/2017 - 10:23 Português
Poesia/Fantasia AS ONDAS DO MAR 0 651 01/11/2017 - 09:49 Português
Poesia/Meditação AMANHECEU OUTRA VEZ 0 666 01/04/2017 - 11:22 Português
Poesia/Alegria RIR 0 1.332 12/21/2016 - 09:58 Português
Poesia/Amor O BARCO DOS NOSSOS SONHOS 1 1.204 12/15/2016 - 13:05 Português
Prosas/Pensamentos PENSAMENTOS 0 709 12/07/2016 - 11:16 Português
Poesia/Amor RECORDANDO 0 565 12/07/2016 - 11:01 Português