CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

COMO UM RUBI

Quando sentires
que tudo à tua volta
parece ruir...
Quando sentires
que a tua revolta
não te deixa reflectir…,
ou que quem tu amas
não pára de magoar-te…
Silencia a tua voz
e tenta confrontar-te,
sem ajuda, a sós
com os teus dramas,
e verás,
que aquilo que parecia
ser um muro
a desabar sobre ti…,
será capaz
de ser a luz que te vigia
no túnel escuro.
Como um rubi….

Submited by

quarta-feira, novembro 21, 2012 - 16:51

Poesia :

No votes yet

Maria Letra

imagem de Maria Letra
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 semana 1 dia
Membro desde: 11/20/2012
Conteúdos:
Pontos: 2223

Comentários

imagem de Maria Letra

Vermelho...Doce ou

Obrigada pelo seu comentário em forma de poema.
Saudações.
Maria Letra

imagem de Maria Letra

Vermelho...Doce ou

Este comentário saíu em duplicado.

imagem de GIL60

Concordo com estas tuas palavras

Concordo com estas tuas palavras. Muitas vezez...as respostas estão dentro de nós. No nosso querer, na nossa determinação.

Gostei muito!

Saudações poéticas

imagem de Maria Letra

Como um Rubi

Muito obrigada, GIL60, pelo teu comentário. A interpretação que por vezes damos às contrariedades que nos vão surgindo na vida, muitas vezes o futuro prova-nos de que foram a nosso favor. Convém reflectirmos bem nelas quando surgem.
Um bom fim de tarde.
Maria Letra

imagem de Adolfo

Vermelho... Doce ou

Vermelho... Doce ou amargo.
Chama que chama quem ama
Ou quem nos ama e que teima
E que nos queima.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Maria Letra

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Poetrix SE TU AMAS A CRIANÇA 0 297 03/10/2019 - 12:34 Português
Poesia/Desilusão BASTA DE GENTE A MORRER 0 302 03/10/2019 - 12:27 Português
Poesia/Poetrix SOU CONTRA! 0 359 03/10/2019 - 12:10 Português
Poesia/Poetrix É TEMPO DE AGIR 0 315 03/08/2019 - 21:13 Português
Poesia/Geral SABER SPERIOR 0 325 03/08/2019 - 20:09 Português
Poesia/Geral MULHR_VOCÊ_É_DIVINA! 0 224 03/08/2019 - 19:32 Português
Poesia/Geral PARA ALÉM DO SUPORTÁVEL 0 326 02/27/2019 - 22:37 Português
Críticas/Outros BAILE DE MÁSCARAS PERMANENTE 0 301 02/26/2019 - 00:35 Português
Poesia/Poetrix PRAGA DE CHACAIS 0 308 02/26/2019 - 00:20 Português
Poesia/Soneto TERMOS ESTRAMBÓTICOS 0 258 02/24/2019 - 11:14 Português
Poesia/Soneto VALES PELO QUE TENS 0 311 02/24/2019 - 11:07 Português
Poesia/Geral VOOS ALTOS 0 357 02/24/2019 - 10:53 Português
Poesia/Meditação SEGUIREI... 0 458 12/31/2018 - 11:46 Português
Poesia/Amor TU VIVI IN ME - (Revizione della traduzione: Carla Ghezzo) 0 437 12/28/2018 - 16:22 Português
Poesia/Poetrix QUE FUTURO? 0 400 12/16/2018 - 06:14 Português
Poesia/Intervenção O QUE QUERO ESTE NATAL 0 495 12/15/2018 - 23:12 Português
Poesia/Intervenção QUERIA O NATAL ASSIM 0 403 12/15/2018 - 08:44 Português
Poesia/Geral CORAGEM DE SER 0 428 12/15/2018 - 08:39 Português
Poesia/Geral EXEMPLO DE UM TAUTOGRAMA 0 713 12/10/2018 - 22:39 Português
Poesia/Meditação O ALÉM E EU 0 344 12/10/2018 - 19:24 Português
Poesia/Geral NATUREZA EU TE VENERO 0 422 12/10/2018 - 17:49 Português
Poesia/Meditação LUTA CONTRA O TEMPO 0 425 12/03/2018 - 23:12 Português
Poesia/Poetrix PUNIÇÃO POR TRAIÇÃO... 0 465 11/30/2018 - 18:13 Português
Poesia/Poetrix UNIÃO PERFEITA 0 556 11/30/2018 - 17:43 Português
Poesia/Soneto DEIXA-ME VIVER, Ó VIDA! 0 396 11/30/2018 - 15:54 Português