CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Confissões de um conquistador

No mundo que piso sou prático.
Acredito apenas no que vejo e no que sinto,
Crio as minhas rotinas e sou-lhes fiel!

Mas, como a maioria dos homens, vivo o momento.
Travo outros conhecimentos, outras companhias....
Mulheres em cápsulas de adrenalina, injecções de vaidade.
Alimentos para um apetite que se sacia e logo se farta.

Sou um homem de poucas palavras.
O flirt é pobre em vocabulário,
O que não digo é parte do encanto.
Agrada-me que completem os espaços em branco.

Mulheres, troféus de saliva na boca amiga,
Gargalhadas cúmplices de cervejas molhadas.
Contos do tremoço que se cospe para o lado,
Partilhas normais entre camaradas.
É assim que começa…
É assim que acaba!

Surpreendem-me aquelas que falam de mim
como se vissem além do que eu vejo...
Mas tudo o que lhes deixo, de tão superficial,
faz da profundidade um lugar desabitado.
Na verdade, nem mesmo eu lá vou…
Quem saberá como sou?

O engano não é meu, acreditem!
Sou marido de uma, mas homem de muitas...
Nada deixo ao acaso, nos desvios da minha rotina fingida.
Passos que dou apenas na areia de praia,
Que se o vento não apaga a prova, o mar leva-a…

Poema publicado no meu blog Broken Wings e na Rede Social de Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Submited by

segunda-feira, setembro 22, 2014 - 17:47

Poesia :

No votes yet

Ema Moura

imagem de Ema Moura
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 37 semanas 13 horas
Membro desde: 03/15/2011
Conteúdos:
Pontos: 317

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Ema Moura

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Amor Nada mais (nona carta) 0 523 09/22/2014 - 17:54 Português
Prosas/Contos «Pele...» 0 496 09/22/2014 - 17:52 Português
Prosas/Erótico Proposta 0 594 09/22/2014 - 17:50 Português
Poesia/Pensamentos Confissões de um conquistador 0 604 09/22/2014 - 17:47 Português
Poesia/Pensamentos Pintura introspectiva 0 768 09/20/2014 - 10:19 Português
Poesia/Pensamentos Silencia o teu amor 0 543 09/20/2014 - 10:17 Português
Prosas/Pensamentos Monólogo da memória 0 497 09/20/2014 - 10:15 Português
Poesia/Paixão Obsessão 0 616 09/20/2014 - 10:10 Português
Poesia/Erótico Tortura, anseio... 1 718 01/27/2013 - 21:47 Português
Prosas/Contos Inspira, relaxa e divaga... Suspira! 2 653 01/27/2013 - 16:40 Português
Prosas/Erótico Outra vez! 2 1.183 01/27/2013 - 16:36 Português
Poesia/Paixão Quero-te outra vez... 0 511 01/27/2013 - 16:08 Português
Poesia/Amor Ouve-me 1 643 01/27/2013 - 15:50 Português
Poesia/Erótico Amarro-te! 3 937 01/27/2013 - 15:45 Português
Poesia/Meditação Ofélia 0 623 01/12/2013 - 22:34 Português
Prosas/Contos Brilho 0 696 01/12/2013 - 22:20 Português
Prosas/Contos Esculpidos na pedra 0 501 01/12/2013 - 22:15 Português
Poesia/Amor Espero 0 672 01/12/2013 - 22:10 Português
Prosas/Romance Hoje, o céu é meu... 0 925 08/11/2011 - 13:09 Português
Poesia/Meditação Saudade poética 2 802 07/09/2011 - 01:59 Português
Prosas/Erótico O desejo é muito mais que um brilho no olhar... 0 876 07/07/2011 - 22:17 Português
Prosas/Erótico Tortura 0 733 07/07/2011 - 22:13 Português
Prosas/Pensamentos Hoje 0 840 07/07/2011 - 22:06 Português
Prosas/Erótico «Surpresa. Hoje é dia de pagamento!» 0 840 07/07/2011 - 21:59 Português
Prosas/Erótico Saltos inquietos 0 828 07/07/2011 - 21:56 Português