CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

A Corda que te Dou

 

Perplexa

Parto como parte de uma peça

Onde nunca te vi

 

A máscara sempre esteve bem-posta

Nem uma vez te caiu.

                                   Quase

Mas a tua pose Inerte, não deixou.

Fechem as cortinas

Faz a tua vénia

Nunca saberás que me deixas desfocada…

As tuas pedras raras

Acabaram em pó

 

As páginas onde escrevo nem existem

Perplexa
                    Sem uma voz.

Foi o som inexistente que te confessou

 

Abram de novo o pano

Essa é corda que te dou

 

                                                 (podias ter música…)

 

Submited by

terça-feira, fevereiro 14, 2012 - 01:13

Poesia :

Your rating: None (3 votes)

MariaButterfly

imagem de MariaButterfly
Offline
Título: Moderador Vídeos
Última vez online: há 7 anos 34 semanas
Membro desde: 08/02/2010
Conteúdos:
Pontos: 1428

Comentários

imagem de MariaButterfly

Obrigada, feliz pela

Obrigada, feliz pela presença.

Beijo

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of MariaButterfly

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor Para lá do racional 2 479 08/14/2010 - 22:28 Português
Poesia/Fantasia Á tua Espera 4 533 08/13/2010 - 23:45 Português
Poesia/Amor Alma Gémea 6 498 08/12/2010 - 23:02 Português
Poesia/Pensamentos Do que és feito? 2 496 08/11/2010 - 21:35 Português
Poesia/Desilusão defino te 2 698 08/10/2010 - 21:20 Português
Poesia/Fantasia Jogo da verdade 2 485 08/10/2010 - 21:15 Português