CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

CRESPÚCULO

Crepúsculo

 

 

Gosto de olhar um belo crepúsculo,

E enviar para ele um olhar e um ósculo,

Pela dádiva da vida que o tempo me dá,

De presenciar muitas vezes a sua paz,

Enchendo a minha alma de prazer,

E sentir o meu coração sempre a bater.

 

 

Nada mais lindo que ver o Sol a brilhar,

Lá no ocaso onde todas as tardes ele vai ficar,

Para amanhecer noutro dia radiante,

Subindo o céu azul sempre para diante,

Até esconder-se outra vez e a noite fazendo,

Para noutro amanhã ir entardecendo.

 

 

Cá dentro do meu lugar eu nunca me esqueço,

Que tenho de olhar o crepúsculo e dele me despeço,

Até que o tempo me vá deixando vê-lo devagar,

E ir jogando todas as tardes para ele o meu olhar,

Ficando com saudades para vê-lo outro dia,

No meu pensamento eu fico sempre de vigia.

 

 

Os crepúsculos são eternos mas o meu olhar não,

Por isso, eu os sinto sempre dentro do meu coração,

Que me aquece a alma e me dá força de viver,

Para todos as tardes poder vê-los acontecer,

Pois não tenho o tempo que os crepúsculos têm,

Porque no tempo todos os dias eles vão e vêm.

 

 

Nasci como o Sol nasce, mas outra vez não vou nascer,

E apenas tenho um crepúsculo, outro não vai acontecer,

Para os ver eternamente com o meu próprio olhar,

Mas a minha alma, certamente por mim os vai beijar,

E eu fico contente por ela poder continuar,

Enquanto quem gosta de mim me possa recordar.

 

 

 

Tavira, 13 de Janeiro de 2012-Estêvão

Submited by

terça-feira, agosto 12, 2014 - 16:32

Poesia :

No votes yet

José Custódio Estêvão

imagem de José Custódio Estêvão
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 11 semanas 5 dias
Membro desde: 03/14/2012
Conteúdos:
Pontos: 7732

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of José Custódio Estêvão

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral AS ONDS DO MAR 2 547 02/24/2019 - 17:15 Português
Poesia/Fantasia O MEU NOME 0 523 12/14/2018 - 11:36 Português
Poesia/Meditação O TEMPO LEVA TUDO 0 485 09/28/2018 - 15:56 Português
Prosas/Pensamentos 34- O HOMEM 6 918 03/21/2018 - 16:04 Português
Poesia/Amor VERMELHO 0 1.085 09/04/2017 - 10:13 Português
Poesia/Amor UMA ORQUÍDEA PARA TI 0 1.053 07/17/2017 - 10:50 Português
Poesia/Meditação AS PEDRAS DOS RIOS 0 869 06/07/2017 - 09:54 Português
Prosas/Pensamentos PENSAMENTOS 34 0 1.137 05/24/2017 - 11:09 Português
Poesia/Amor AMO-TE COMO ÉS 0 1.211 05/24/2017 - 10:59 Português
Poesia/Meditação SABER SER FRELIZ 0 635 05/09/2017 - 16:51 Português
Poesia/Amizade TU 0 745 04/21/2017 - 11:52 Português
Poesia/Meditação PARA DE TE QUEIXAR 2 838 03/26/2017 - 20:34 Português
Poesia/Meditação PARA QUÊ MATAR? 5 830 03/24/2017 - 12:31 Português
Poesia/Meditação CHEGAR, VER E VENCER 0 1.164 03/13/2017 - 15:57 Português
Poesia/Amor BEIJOS TEUS 0 936 02/22/2017 - 11:12 Português
Poesia/Amor OLHANDO O MAR 0 715 02/08/2017 - 11:26 Português
Poesia/Amor SAUDADE 0 847 02/01/2017 - 11:29 Português
Poesia/Geral FRIO 0 715 01/26/2017 - 11:27 Português
Poesia/Geral FRIO 0 755 01/26/2017 - 11:23 Português
Poesia/Fantasia AS ONDAS DO MAR 0 779 01/11/2017 - 10:49 Português
Poesia/Meditação AMANHECEU OUTRA VEZ 0 827 01/04/2017 - 12:22 Português
Poesia/Alegria RIR 0 1.665 12/21/2016 - 10:58 Português
Poesia/Amor O BARCO DOS NOSSOS SONHOS 1 1.477 12/15/2016 - 14:05 Português
Prosas/Pensamentos PENSAMENTOS 0 862 12/07/2016 - 12:16 Português
Poesia/Amor RECORDANDO 0 830 12/07/2016 - 12:01 Português