CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Déspota

Se me concebo aqui dentro
Nesta cápsula universal
Posso ser grande e pequeno
A partir do ponto referencial

Difícil, pra mim, é acreditar
Num espaço que se expande
Um ponto fixo, outro flutuante
E cada homem, sendo homem
Um pequeno, outro grande

Não somos nós iguais, irmão
Somos do mesmo tamanho
Entre os vícius e as virtudes
Partilhamos os mesmos erros
Distintos pela nobreza de atitude

Se fosse normal
Seria, eu, superior
Mas o que seria normal
A partir do ponto referencial?

Poema publicado recentemente no meu primeiro livro pela WAF chamado IMPRESSÕES. Também encontrado juntamente com outros no meu blog

http://carlinhoscavalcanti.blogspot.com/

Obrigado à todos

;-)

Submited by

terça-feira, agosto 4, 2009 - 18:06

Poesia :

No votes yet

carlfilho

imagem de carlfilho
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 4 anos 45 semanas
Membro desde: 05/25/2009
Conteúdos:
Pontos: 519

Comentários

imagem de MarneDulinski

Re: Déspota

carlfilho

Déspota
Se fosse normal
Seria, eu, superior
Mas o que seria normal
A partir de um ponto referencial?
Grande incógnita, é de se pensar e pensar...
MarneDulinski

imagem de Odairjsilva

Re: Déspota

"Somos do mesmo tamanho"

Bela reflexão...

Gostei muito...

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of carlfilho

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Desilusão Anticorpo 0 758 09/18/2014 - 19:09 Português
Poesia/Geral Deixa 0 819 01/30/2014 - 21:10 Português
Poesia/Tristeza A Morte do Meu Sorriso 0 887 09/12/2013 - 21:13 Português
Poesia/Geral O Número 1 531 03/15/2013 - 18:48 Português
Poesia/Geral Os animais 3 961 03/15/2013 - 18:39 Português
Poesia/Geral Parceria Eterna 2 1.419 11/27/2012 - 18:54 Português
Poesia/Geral Boa Noite 4 1.241 11/27/2012 - 17:56 Português
Poesia/Tristeza Caixeiro Viajante 1 1.052 11/26/2012 - 21:41 Português
Poesia/Tristeza Coração Notívago 2 1.204 11/26/2012 - 21:26 Português
Poesia/Geral Pulvi es (et pulverem reverteris) 2 1.531 11/23/2012 - 23:29 Português
Poesia/Geral A Idéia Assombra 1 1.128 11/23/2012 - 16:57 Português
Poesia/Fantasia O Misantropo 3 1.488 11/23/2012 - 16:45 Português
Poesia/Geral Isto Posto 4 936 11/21/2012 - 20:23 Português
Poesia/Paixão Desarme 1 771 11/21/2012 - 19:39 Português
Poesia/Geral Estranho Decorrer 1 977 11/20/2012 - 23:08 Português
Poesia/Amor Meu Amor Imaginário 1 841 04/20/2012 - 19:22 Português
Poesia/Soneto Soneto do Rei Álacre 0 951 01/11/2012 - 17:20 Português
Poesia/Meditação Faz toda a diferença 0 856 01/10/2012 - 16:00 Português
Poesia/Meditação Gosto Daqui... 1 818 12/16/2011 - 03:13 Português
Poesia/Amizade Adenium 0 921 12/15/2011 - 14:36 Português
Poesia/Fantasia O Tédio 0 882 12/09/2011 - 14:33 Português
Poesia/Fantasia Devida Verve 0 852 12/07/2011 - 14:16 Português
Poesia/Tristeza Asfalto 1 1.131 11/28/2011 - 20:47 Português
Poesia/Tristeza Punhais 0 910 11/28/2011 - 17:57 Português
Poesia/Fantasia Idas 0 1.233 11/08/2011 - 21:55 Português