CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Da minha janela

Olho com grande tristeza há alguns dias
Por entre a janela onde outrora
Eu buscava você com os olhos, noite afora
E você, sempre receosa, aparecia.

No quarto sem luz, eu vejo agora
Tudo que imaginava em minha fantasia
E quando penso, em silêncio, minha alma chora
Por estar, outra vez, numa sala vazia.

E por que foi que você mudou tanto?
Por que olho da janela e sinto pesar
De não te ver, e caio em pranto?

Por que foi embora, linda donzela
Se você era a menina do meu olhar
Aquela que via da minha janela!

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

sábado, maio 25, 2019 - 00:32

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 16 horas 8 minutos
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 8061

Comentários

imagem de J. Thamiel

Parabéns. Isto se chama

Parabéns.
Isto se chama literatura.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Intervenção Destruam essa arte 3 96 05/16/2022 - 18:38 Português
Poesia/Desilusão Silenciosa sombra de solidão 3 98 05/16/2022 - 12:38 Português
Poesia/Amor Saber entender, crescer e viver 3 160 05/13/2022 - 19:25 Português
Poesia/Meditação Cantem as canções que não escrevi 3 91 05/12/2022 - 22:56 Português
Poesia/Tristeza Alma em suplício 3 92 05/11/2022 - 23:12 Português
Poesia/Meditação Feliz com sua presença 3 115 05/11/2022 - 18:42 Português
Poesia/Desilusão Insensatez 3 112 05/10/2022 - 18:37 Português
Poesia/Pensamentos Eu navegarei 3 101 05/09/2022 - 23:13 Português
Poesia/Pensamentos Fantasmas de um tempo passado 3 236 05/09/2022 - 13:28 Português
Poesia/Dedicado Mãe, o maior amor que pode existir 3 116 05/08/2022 - 20:33 Português
Poesia/Dedicado Mãe - Eu canto a ti o amor! 3 152 05/06/2022 - 23:57 Português
Poesia/Meditação Dias melhores virão 3 184 05/06/2022 - 19:01 Português
Poesia/Meditação A impossibilidade física da morte na mente de alguém que está vivo 3 132 05/05/2022 - 19:11 Português
Poesia/Meditação O peso do mundo 3 110 05/04/2022 - 23:02 Português
Poesia/Meditação E se não estiver tudo bem? 3 131 05/04/2022 - 18:45 Português
Poesia/Amor Inimaginável 3 109 05/03/2022 - 18:34 Português
Poesia/Tristeza Querida solidão 3 103 05/02/2022 - 18:29 Português
Poesia/Intervenção Não lastimo o próximo perigo 3 168 05/02/2022 - 12:41 Português
Poesia/Pensamentos Palavras apenas não servem 3 114 04/30/2022 - 21:59 Português
Poesia/Fantasia Enquanto dormia 3 147 04/29/2022 - 23:56 Português
Poesia/Meditação Resta um poeta morto! 3 127 04/28/2022 - 20:45 Português
Poesia/Meditação Corra com os cavalos 3 86 04/28/2022 - 18:23 Português
Poesia/Pensamentos Reflexões sobre o mundo 3 183 04/27/2022 - 19:10 Português
Poesia/Amor A canção do Amor Eterno 3 119 04/25/2022 - 11:41 Português
Poesia/Meditação Ponto de apoio 3 362 04/23/2022 - 18:14 Português